Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Experiências Estéticas - Apreciações de linguagens artísticas com reflexões teóricas, proporcionando diálogos entre a obra de arte e o público saiba mais

O violão desembarca nas Américas junto com os espanhóis e acompanhou o processo de criação da nova cultura. As tradições da percussão africana serviram de base para a formação dos novos ritmos. O violão esteve sempre ao lado dos tambores no movimento da música que estava nascendo. Daí surge à fantástica técnica do "rasgueio", ou ato de arranhar o violão de um jeito percussivo. Na música Latina encontramos uma relação muito intima entre as levadas da percussão e as batidas do violão. Esta fartura de expressões e ritmos pode se agrupar em quatro regiões geográficas e culturais bem definidas: Caribe, Andes, Brasil e Rio de La Plata.

Com Sergio Abalos, violonista e compositor. É pesquisador e divulgador de música da América latina. Tocou com Naná Vasconcellos, Sebastião Tapajós, Ney Conceição, Lô Borges, Renato Braz, Trio Manarí. Em 2011 grava em duo o Cd "Conversa de violões" junto ao mestre Tapajós no qual gravam Piazzolla e composições próprias.

(Ilustração:"Guitarra en Mano" de Orgus Rojo. Foto:Felipe Olmos).
Música

O violão na América Latina, ritmos latinos aplicados

Classificação etária: Acima de 16 anos
Essa atividade aconteceu em 25/03/2017 no Sesc Centro de Pesquisa e Formação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.