Sesc SP

Esta atividade faz parte da

De|Generadas³: feminismos em pauta - Um mosaico abrangente da atual produção cultural feminista que reflete a complexa experiência de ser mulher saiba mais

Corpo Torto colagem julia pombo portal

Com Julia Pombo.

A pesquisa corpo torto, da artista Julia Pombo, foi iniciada em 2015. Através da apresentação de obras de diversos artistas, em cruzamento com referências teóricas de diferentes campos do conhecimento (arte, filosofia, sociologia, antropologia, etc.), formula-se o conteúdo de investigação a cerca desse corpo torto. A pesquisa tem como método a abordagem ao assunto a partir de seis módulos: banal bruto; gosto excêntrico; potências da vulnerabilidade exposta; movimento (que jamais limita); matéria sugestiva; inversões do visível / visibilidade do invisível.

Associando obras e vidas, procuramos reconhecer procedimentos de desvio em relação à sistemas que homogenizam. Fazer-se torto seria um mecanismo de potência política. Para a programação do Sesc Santana - SP, o conteúdo do curso terá foco em experiências que atravessam (ou são atravessadas) por questões de gênero e sexualidade, através de perspectivas feministas, queer e descoloniais. De que forma os corpos marcados pela subjetivação do gênero feminino se entortam para resistir a opressões de sistemas patriarcais? Como viver a sexualidade a partir da liberdade de cada corpo, traçando linhas de desvio à normatividades compulsórias? - são perguntas que mobilizam a pesquisa.

Abordaremos experiências que se relacionam diretamente ou indiretamente com essas questões, sejam pelos trabalhos desenvolvidos, seja pela trajetória de vida, tais como: Letícia Parente, a dupla Claude Cahun e Marcel Moore, Márcia X., Suely Rolnik, Michel Foucault, Félix Guattari, Nise da Silveira, Ana Mendieta, Rebecca Horn, Glória Anzaldúa, Paul B. Preciado, Lygia Clark, Kuniichi Uno e Audre Lorde.  

Com material áudio visual, serão expostas imagens e textos históricas e contemporâneas, a partir de entrelaçamentos que, respeitando as diferenças temporais, históricas e sociais, trazem aproximações por afetação. O curso também conta com atividades práticas feitas e/ou apresentadas em aula. 

Público-alvo: jovens e adultos interessados em arte e em estudos culturais de um modo geral, estudantes de arte de graduação e pós-graduação, artistas, curadores e historiadores. 

Programa do curso:

:: Aula 1
   - Exposição geral do curso - conteúdo e formato das aulas.
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo banal bruto.

:: Aula 2:  
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo gosto excêntrico.

:: Aula 3:  
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo potencias da vulnerabilidade exposta.
   - Proposta de exercício prático: apresentar na aula 5 alguma manifestação de corpo torto associada aos três módulos já estudados        em aula. Trazer em formato de imagem para ser projetada, objeto ou ação mostrada em sala.

:: Aula 4
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo matéria sugestiva.  

:: Aula 5:
   - Apresentação dos materiais trazidos pelxs alunxs em resposta ao exercício prático proposto na aula 3.

:: Aula 6:
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo movimento (que jamais limita).

:: Aula 7:
   - Apresentação teórica com projeção de imagens e textos com foco no módulo inversões do visível / visibilidade do invisível.
   - Proposta de exercício prático: pensar para a aula seguinte em como formar um corpo torto coletivamente, e levar algo que                  materialize essa ideia, de maneira a experimentarmos as propostas como a construção de uma constelação.

:: Aula 8:  
   - Exercício coletivo de corpos tortos: reunir as propostas levadas pelos alunos, tentando construir uma constelação, ou seja, colocar      as diferentes manifestações em rede, em contato.
   - Encerramento com conversa informal sobre o curso.


Julia Pombo é mestre em Linguagens Visuais pelo PPGAV da EBA/UFRJ, graduada em pintura pela mesma instituição. Integrou o Práticas de Artísticas Contemporâneas da EAV, Parque Lage, em 2015. Cursou fotografia no Ateliê da Imagem. Fez aulas e oficinas de Contato-Improvisação, Butô e Conscientização do Movimento. 

Pesquisa processos de subjetivação que atravessam o corpo e os possíveis diálogos com práticas criativas, utilizando de meios e técnicas que melhor materializem esses diálogos - imagem, objeto, dança, ação, escrita, som, costura, etc.

Foi artista residente na Nuvem - estação rual de arte e tecnologia, RJ, 2015; interacciones urbano_rural, Centro Rural de Arte, AR, 2012; V::E::R ­encontro de arte viva, Terra Una, MG, 2011. Realizou a ocupação INA - cômodo, 2016, e a exposição dispersão com método, 2012, na casamata. Ministrou o curso corpo torto, Sesc Consolação, 2016. Principais coletivas: Atos de Fala, Oi Futuro, 2016; Quarta-feira de cinzas, Parque Lage, 2015; Vias da dúvida, CMAHO, 2012; Abre Alas 7, A Gentil Carioca, 2011.
Entre 2010 e 2012 organizou o neblinaº, eventos de arte realizados em sua casa/ateliê.  


Vagas limitadas. Inscrições na Central de Atendimento



Sala de Múltiplo Uso III




(Foto: Julia Pombo) 



Artes Visuais

Corpo Torto

Classificação etária: Acima de 14 anos

Sesc Santana ver no mapa

20/06 A 13/07

TER, QUI
19H ÀS 22H
  • Grátis