Sesc SP

Paulo Emílio Sales Gomes

De Paulo Emílio a Glauber Rocha, do Cinema Novo a Eduardo Coutinho, a reflexão e a criação de cinema no Brasil foi a busca de uma formação, de um país em expansão rumo à própria autonomia, e de uma relação produtiva entre forma estética e forma social. Este grande projeto de criação de imagem própria, constitutiva da nação incompleta, entrou em crise com o avanço da indústria cultural durante a ditadura dos anos 1970, a multiplicação das imagens universais e dos vários circuitos de realidade e política contemporâneos, além do recesso mundial das cinefilias articuladas aos projetos críticos nacionais. Onde está a leitura social, e sua forma, do Brasil contemporâneo e seu cinema? Uma atualização da questão central da modernidade cinematográfica brasileira.

Com o cineasta e psicanalista Tales Ab’Saber.

Dias: 22, 23 e 25/05. Das 19h às 21h30.

Inscrições: Credencial Plena a partir de 08/5. Demais categorias a partir de 15/5. Na Central de Atendimento do CineSesc.

Vagas: 30

Cinema e vídeo

A Forma Social e a Forma no Cinema Brasileiro

Classificação etária: Acima de 16 anos
Essa atividade aconteceu de 22/05/2018 a 25/05/2018
no Sesc CineSesc.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.