Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Perspectivas - Abordagens sobre temas e questões do campo da cultura, em encontros independentes (Foto: SXC) saiba mais

BrLab2018 2018-07-13-16-53-14

No Brasil já podemos dizer que existe um mercado para showrunners? E quais são as qualidades necessárias a um roteirista para se credenciar como um showrunner? Basta escrever os roteiros, ou é preciso ter experiência em outras áreas da produção?

Com Felipe Braga, roteirista e diretor. Criador da série da Netflix "Samantha!" e supervisor criativo da série "Sintonia". Foi indicado duas vezes ao Emmy Internacional (com "Latitudes" e "A Vida Fora dos Campos"). Seus projetos mais recentes incluem o documentário "Primeiro Bailarino" (HBO) e o roteiro de "Marighella".

Com Marcia Vinci, sócia produtora da Coiote Produções. Acumula passagens pela Radar, Mixer, Canal GNT/Globosat e O2 Filmes. Atuou nas séries "Felizes para Sempre?", "Psi", "Lili a ex", "A verdade de cada um", "A vaga" e nos longas "Pescadores de pérola" e "Gretchen - Filme Estrada".

Com Carolina Jabor, diretora de cena, produtora e sócia da Conspiração. Diretora de "Aos teus olhos" (2018) e "Boa sorte" (2014). Codirigiu em 2008, com Lula Buarque de Hollanda, "O Mistério do Samba". Na TV, dirigiu episódios da série "Magnífica 70" (HBO). Produziu e dirigiu episódios da série "A Mulher Invisível" (Globo).

Mediação Giuliano Cedroni, jornalista e redator. Escreveu, coordenou salas de roteiros e/ou produziu "Oscar Freire_279" (Multishow), "Passionais" (GSAT +), "FDP" (HBO), entre outros. Para o cinema, escreveu os documentários "Coração vagabundo", "Trinta" e "Motoboys-vida loca".

(Arte: BrLab)

Cinema e vídeo

BrPlot: O Que Faz um Showrunner?

Classificação etária: Acima de 16 anos
Essa atividade aconteceu em 11/08/2018 no Sesc Centro de Pesquisa e Formação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.