Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Perspectivas - Abordagens sobre temas e questões do campo da cultura, em encontros independentes (Foto: SXC) saiba mais

Historias da Arte Nao Europeia  Metodos

O ciclo apresenta um panorama das novas abordagens que pautam os debates no campo da história da arte, com um foco em quatro eixos temáticos: arte africana, arte japonesa, arte ameríndia e teoria da arte. Resultado de uma colaboração com a linha de pesquisa em Questões de arte não europeia, desenvolvida pelo IFCH-UNICAMP.

18/9 - Geografias, teorias e as novas perspectivas para uma história da arte inclusiva
Com Claudia Mattos, possui doutorado em História da Arte pela Universidade Livre de Berlim e pelo Courtauld Institute de Londres. É professora livre-docente no Instituo de Artes no PPG em História da UNICAMP.

25/9 - A arte das independências: arte e política na constituição de uma narrativa sobre os modernismos africanos
Com Sandra Salles, doutoranda em História da Arte na UNICAMP. Realizou estágio de pesquisa no Departamento de História da Arte da Universidade de Chicago.

2/10 - O trançado Tupinambá contemporâneo: História da Arte em expansão. 
Com Virginia Abreu Borges, mestranda no Instituto de Artes da UNICAMP, em colaboração com Universidade Paris Nanterre.

9/10 - Objetos em movimento: Itinerários, usos e ressignificações.
Com Daniel Grecco Pacheco, doutorando em Arqueologia pela UFMG. É pesquisador associado do CEMA-USP.

16/10 - Bravos citadinos - Kabuki, gravura e tatuagem na arte japonesa
Com Juliana Maués, doutoranda em História pela Unicamp e mestre em Multimeios pela mesma instituição.

23/10 - História da Arte na Mesoamérica: Panorama geral, conceitos e metodologias
Com Fernando Pesce, mestre em História da Arte pela UNICAMP. É pesquisador associado do CEMA-USP.

30/10 - Arte africana contemporânea: das margens ao centro da globalização
Com Sabrina Moura, doutoranda em História pela Unicamp e mestre em Estética e História das Artes Plásticas pela Universidade Paris VIII.

6/11 - Qual lugar o Brasil pode ocupar nos estudos de arte não-europeia?
Com Juliana Bevilacqua, atuou como pesquisadora no Museu Afro Brasil. É professora colaboradora do PPG em História da Unicamp.
 

(Ilustração: 2004 Jacob Rus. Contrast enhanced using Photoshop April 2007 - Photo by User Jacobolus Jacob Rus CC BY-SA 2.0)

Artes Visuais

Histórias da Arte Não Europeia: Métodos, Abordagens e Perspectivas

Classificação etária: Acima de 16 anos

Essa atividade aconteceu de 18/09/2018 a 06/11/2018
no Sesc Centro de Pesquisa e Formação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.