Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Em Debate: América Latina: transgressões e transformações - Transgressões e transformações na América Latina. saiba mais

Homossexualidade e dissidencia em Cuba (credito Dar

A revolução cubana é um exemplo privilegiado para observar as complexas relações entre o socialismo e a diversidade sexual. Assim, pretende-se analisar as tensões e deslocamentos entre proibição, tolerância e promoção da cidadania LGBT pelo regime cubano.

29/4 -Revolução, literatura e homoerotismo em Cuba

Com Jorge Luiz Ribas, mestre e graduado em História pela Universidade Estadual de Montes Claros. Sua área de interesse envolve Literatura, Memória e expressões políticas na América Latina.

Com Antonio Andrade, professor da UFRJ. Atua no Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas da UFRJ. Sua tese de doutorado pela UFF intitula-se "Por uma comunidade desejante: um estudo sobre Néstor Perlongher e Severo Sarduy".

30/4 -"Fresa y chocolate" e os avanços do movimento LGBT em Cuba

Com Douglas Pinheiro, doutor em Direito pela UnB. Professor da Faculdade de Direito e do Programa de Pós-Graduação em Direito (Mestrado/Doutorado) da UnB.

Com Renan Quinalha, professor de Direito da Unifesp, advogado e ativista no campo dos direitos humanos. Professor visitante na Unicamp (2018). Coorganizou as obras "Ditadura e Homossexualidades: repressão, resistência e a busca da verdade" (EdUFSCar, 2014) e "História do Movimento LGBT no Brasil" (Alameda, 2018).

(Ilustração: Darwine)

Ações para a Cidadania

Homossexualidade e Dissidência em Cuba

Classificação etária: Acima de 16 anos
Essa atividade aconteceu de 29/04/2019 a 30/04/2019
no Sesc Centro de Pesquisa e Formação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.