Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Contextos - Atividades relacionadas ao campo da cultura, política pública, diversidade, identidade, economia da cultura e economia criativa. saiba mais

O Livro da vez Calibã e a bruxa

O coletivo Sycorax aborda alguns dos tópicos centrais do livro Calibã e a bruxa: mulheres, corpo e acumulação primitiva, de Silvia Federici: a atualidade da caça às bruxas; acumulação primitiva de capital e trabalho reprodutivo; (des)colonização; violência de Estado e luta pelo comum.

Com Coletivo Sycorax,  sabá de mulheres que conjuram traduções. O nome remete à figura da bruxa da peça A Tempestade, de Shakespeare. Na primeira tradução realizada pelo coletivo, o livro Calibã e a Bruxa, de Silvia Federici, a bruxa – que na Tempestade se encontra confinada a um segundo plano – situa-se no centro da cena, enquanto encarnação de um mundo de sujeitos femininos que o capitalismo destruiu: a herege, a curandeira, a esposa desobediente, a mulher que se encoraja a viver só, a mulher obeah que envenenava a comida do amo e inspirava os escravos a rebelarem-se. Reivindicando esta figura, nas órbitas do ativismo, nos situamos.

Ações para a Cidadania

O Livro da vez Calibã e a bruxa

Classificação etária: Acima de 16 anos

Sesc Centro de Pesquisa e Formação ver no mapa

21/06

SEX
19H ÀS 21H30
  • R$ 4,50
  • R$ 7,50
  • R$ 15,00

*21/6