Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Em debate: Bauhaus - Em Debate dos meses de setembro e outubro saiba mais

Dois Olhares que Conversam- Bauhaus Staatli

A edição de outubro da série "Dois olhares que conversam" aborda a escola de arte vanguardista Bauhaus sob o olhar do arquiteto Guilherme Wisnik e da curadora independente Luiza Proença.

Mediação de Tânia Rivitti.

Com Guilherme Wisnik, professor na FAU/USP. Publicou livros como Espaço em obra: cidade, arte, arquitetura (Edições Sesc SP, 2018, com Julio Mariutti), e outros. Foi curador das exposições Pedra no céu: arte e a arquitetura de Paulo Mendes da Rocha (Mube, 2017, com Cauê Alves), entre outras. Foi o Curador Geral da 10ª Bienal de Arquitetura de São Paulo (IAB, 2013).

Com Luiza Proença, crítica de arte e curadora independente. Foi pesquisadora curatorial do projeto Bauhaus Imaginista (Haus der Kulturen der Welt, Berlim, e Sesc Pompeia, São Paulo). Foi curadora de Mediação e Programas Públicos do MASP e curadora associada da 31ª Bienal de São Paulo "Como (...) coisas que não existem".

Com Tania Rivitti, educadora. Trabalhou nas Bienais de 1996 e 1998 no setor educativo; no MASP (1997 - 1999) e no Centro Universitário Maria Antonia-USP (2001 - 2016) como coordenadora de cursos de extensão. Atualmente, faz curadoria de ciclos de palestras em diferentes instituições, como Sesc, museus e espaços independentes.

(Foto: Divulgação)

Artes Visuais

Dois Olhares que Conversam: Bauhaus

Classificação etária: Acima de 16 anos

Essa atividade aconteceu em 24/10/2019 no Sesc Centro de Pesquisa e Formação.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.