Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Cinetruque II - Férias Nada Frustradas de Verão! - Conjunto de atividades que resgata os efeitos visuais de baixa complexidade para produções audiovisuais saiba mais

1

Série de atividades com os princípios do cinema e da animação apresentados rapidamente de forma lúdica e divertida para as crianças acompanhadas de seus responsáveis.

25/01 - Oficina de Cineminha
Os participantes constroem um pequeno cineminha com um caixinha de papelão. Com o rolo de papel (de máquina registradora) eles irão desenhar e pintar uma pequena história quadro a quadro usando os enquadramentos do cinema; plano fechado, plano aberto, plano de detalhe. Conforme gira-se a pequena manivela feita com um palito de madeira (de churrasco!) as imagens se desenrolam. Singela homenagem aos primórdios do cinema onde as Lanternas Mágicas (inventada no século XVII) também contavam pequenas histórias com imagens estáticas projetadas numa tela para alegria dos espectadores. A criança descobre então que de maneira simples, artesanal e não virtual é possível contar uma pequena história com imagens; um Cineminha!!

01 e 15/02 - Foley ou "como o filme tem som"?
Foley ou designer de som é uma profissão muito importante no cinema, você já imaginou como seria estranho assistir um filme onde só é possível ouvir os diálogos entre os atores e atrizes? sem nenhum outro som? sem o som de abrir porta, de passos, de vento e outros? Pois, esse foi o maior problema enfrentado pelos produtores dos primeiros filmes sonoros, os microfones só captavam as vozes e o filme ficava " vazio de sons" até que Jack Foley teve a ideia de reproduzir sons ao vivo e para isso usava vários objetos que pudessem representar esses sons, como por exemplo casca de coco para fazer o som do galope de cavalos, folha de metal para imitar trovão e outros truques. Em homenagem a ele essa atividade no cinema passou a chamar foley. Diferente do que muita gente imagina mesmo com tanta tecnologia disponível o trabalho do foley é fundamental hoje na produção final de um filme!

08/02 - Stop motion com celular
Os participantes da oficina produzem um curta-metragem de animação
de aproximadamente um minuto, utilizando a técnica de stop motion. Após a
criação do roteiro (storyboard) os participantes confeccionam seus
personagens em massa de modelar que depois de prontos serão animados e
fotografados (quadro a quadro) com um celular. Em seguida aprende técnicas
de edição de imagens e som. No término da oficina serão exibidos os vídeos
produzidos.

Ralph Friedericks é cineasta, fotógrafo e educomunicador. Estudou fotografia e roteiro em Paris (França) e Propaganda & Criação no Mackenzie. Atualmente trabalha na empresa Matiz Filmes e Produções onde escreve histórias, roteiros, realiza trabalhos de foto e vídeo e coordena Oficinas.

Marta Russo é formada em artes visuais e Pós-graduada em Educomunicação: Comunicação, Educação e Mídias pela Escola de Comunicação e Artes da USP. Ministra há 5 anos as oficinas de animação stop motion do Programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som). Coordena oficina de animação Stop motion na Kinofourum (Mostra Internacional de curtas metragens). É professora de cinema e animação na Beacon School.

Distribuição de ingressos no local, 30 min antes da atividade. Vagas limitadas. 

(Foto: Divulgação)

Tecnologias e Artes

Cinetruquinho para a família: Cinema lúdico para crianças com Ralph Friedericks e Marta Russo


Essa atividade aconteceu de 25/01/2020 a 15/02/2020
no Sesc 24 de Maio.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.