Sesc SP

Esta atividade faz parte da

Áfricas no Brasil - A programação destaca expressões da cultura de diferentes países do continente africano e alguns de seus reflexos no Brasil. saiba mais

Africas no Brasil
Paralelo ao processo de luta por independência das nações africanas, que resultou na libertação de 35 países na década de 60, surgem cineastas comprometidos com o ponto de vista africano do mundo. Realizadores pioneiros como o senegalês Ousmane Sembène apontaram caminhos para jovens diretores de nações que lutavam para construir uma cinematografia, ainda que com pouquíssimos recursos e em meio a processos políticos instáveis. Surgem nomes como o malinês Souleymane Cissé (Cinq jours d´une vie), o gabonês Pierre-Marie Dong (Identité), o argelino Mohamed Lakhdar-Hamina (Chronique des années de braise, vencedor da Palma de Ouro em Cannes), o tunisiano Abdelatif Bem Ammar (Une si simple histoire), entre outros. Por meio de trechos de filmes, leituras e discussões, o curso apresentará um panorama histórico das principais cinematografias das nações africanas, seus temas e abordagens, além de traçar relações entre o que se produz NA África PELA África e no mundo sobre a África.

Duração: 4 encontros. 20 vagas. 1º Pavimento.
Cinema e vídeo

Multiplicidades do Cinema Africano Orientação: Heitor Augusto

Classificação etária: Acima de 16 anos

Essa atividade aconteceu de 14/03/2014 a 04/04/2014
no Sesc Belenzinho.

Mas nossa programação não para!
Quer fazer uma nova busca?
Clique em Cursos e fique por dentro de tudo o que está acontecendo nas Unidades do Sesc em São Paulo.