Itinerância da 34ª Bienal de São Paulo | Faz Escuro mas Eu Canto

22/04/2022

Compartilhe:

Maio chegando e o Sesc Campinas, em parceria com a Fundação Bienal de São Paulo, recebe mais uma importante exposição: a “Itinerância da 34ª Bienal de São Paulo – Faz Escuro mas Eu Canto”, e na terça-feira, 26/4, às 19h30, acontece a Abertura Oficial no Galpão do Sesc Campinas. A Mostra segue para visitação entre os dias 27/4 até 31/7, de terça a sexta, das 9h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. A entrada é gratuita e aberta para todas as idades. Não é necessário agendamento e o uso da máscara é recomendado. Para acesso ao Sesc, é obrigatório a apresentação do comprovante de vacina contra a Covid-19. Para crianças de 5 até 11 anos, apresentação da 1ª dose. Para pessoas com ou acima de 12 anos, comprovante evidenciando DUAS doses ou dose única, dependendo da imunização recebida.  

Durante este período uma seleção especial de obras pensadas pela equipe curatorial da Bienal para o contexto de Campinas. Nesta edição, a concepção curatorial também trouxe elementos – enunciados – que não são obras de arte, mas que possuem histórias marcantes, capazes de sugerir leituras às obras dispostas ao seu redor. 

A curadoria recorreu a esses itens para alcançar uma linguagem capaz de delinear os campos de força criados pelo encontro de obras produzidas e, também, convidar os visitantes a pensarem a respeito desses temas que perpassam a colonização, o racismo e as questões indígenas. 

Em Campinas, por exemplo, o tema do enunciado é “Cantos Tikmũ’ũn”. Os tikmũ’ũn, também conhecidos como maxakali, são um povo indígena originário de uma região localizada entre os atuais estados de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo. Após inúmeros episódios de violência e abusos, eles foram forçados a abandonar as suas terras ancestrais. Seus cantos organizam a vida nas aldeias, representando os elementos de seu cotidiano: plantas, animais, lugares, objetos e saberes. A exposição concebida ao redor deste enunciado traz à tona o poder do canto, tanto no sentido literal, quanto metafórico, e o exemplo dos tikmũ’ũn como comunidade.   

Abel Rodríguez (Colômbia), Adrián Balseca (Equador), Alice Shintani (Brasil), E.B. Itso (Dinamarca), Frida Orupabo (Noruega), Gala Porras-Kim (Colômbia), Gustavo Caboco (Brasil), Hanni Kamaly (Noruega), Jaider Esbell (Brasil), Sebastián Calfuqueo, (Chile), Sung Tieu (Vietnã) e Victor Anicet (Martinica) são os artistas que terão as suas obras expostas no Galpão Multiuso do Sesc Campinas. 

 
SERVIÇO 

Artes Visuais :: ITINERÂNCIA DA 34ª BIENAL DE SÃO PAULO – FAZ ESCURO MAS EU CANTO  
 
Abertura Oficial 
Data: 26/4, terça-feira.  
Horário: às 19h30.  
Entrada Gratuita. 

Horários para Visitação 

Data: de 27/4 até 31/7, de terça a sexta, das 9h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. 

Galpão Multiuso. Grátis. Livre. 

Para agendamento de grupos escolares  

O e-mail para agendar, a partir de 26/4, para visitação de escolares e instituições é agendamentobienal.campinas@sescsp.org.br

Artistas com obras expostas no Sesc Campinas 

Abel Rodríguez (Colômbia) 

Adrián Balseca (Equador) 

Alice Shintani (Brasil) 

E.B. Itso (Dinamarca) 

Frida Orupabo (Noruega) 

Gala Porras-Kim (Colômbia) 

Gustavo Caboco (Brasil) 

Hanni Kamaly (Noruega) 

Jaider Esbell (Brasil) 

Sebastián Calfuqueo (Chile) 

Sung Tieu (Vietnã) 

Victor Anicet (Martinica) 

SOBRE A FUNDAÇÃO BIENAL DE SÃO PAULO 

A Fundação Bienal de São Paulo é uma instituição pulsante que idealiza e coloca em prática iniciativas artísticas, educativas e sociais. Além de realizar o evento que movimenta o mundo da arte a cada dois anos, suas atividades se estendem de janeiro a janeiro em um pavilhão emblemático da arquitetura moderna brasileira e em ações dentro e fora do país. Sem vinculações político-partidárias ou religiosas, é uma instituição privada sem fins lucrativos que quer trazer o novo, provocar o debate, educar o olhar com inquietações, propostas e perguntas sempre renovadas. 

SOBRE O SESC SÃO PAULO 

Com 75 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio – conta com uma rede de 45 Unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas Unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas. Mais informações em www.sescsp.org.br/sobreosesc 

Utilizamos cookies essenciais, de acordo com a nossa Política de Privacidade, para personalizar e aprimorar sua experiência neste site. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.