Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Saboroso, vegano, fácil de preparar...

Em junho e julho, o quitute é servido a partir das 17h, na Comedoria do Sesc Pinheiros
Em junho e julho, o quitute é servido a partir das 17h, na Comedoria do Sesc Pinheiros

O cuscuz é um prato originário da África, onde há registros de seu consumo desde dois séculos antes de Cristo. No decorrer da História, o “kuz-kuz” – cujo nome, acredita-se, deriva do som da sêmola chiando durante o cozimento – acabou incorporado à culinária portuguesa, fincando raízes no lado de cá do Atlântico logo no início do período da colonização.

Com variações na receita (pelo Brasil afora, o arroz, a mandioca e o milho revezam-se como ingredientes de base) e nos hábitos de consumo (é popularmente ingerido no café da manhã, entre as refeições ou na ceia da noite), o cuscuz tornou-se um prato importante e identitário da gastronomia nacional, conquistando, inclusive, a atenção de historiadores como Câmara Cascudo (1898-1986).

Atendendo a pedidos, reproduzimos a seguir a receita do cuscuz caipira, um dos quitutes juninos da Comedoria do Sesc Pinheiros. Sucesso de público e crítica, o prato já está garantido também no cardápio oferecido pela unidade durante o mês de julho.

CUSCUZ CAIPIRA
(rendimento: 9 porções)

Ingredientes:

275g de farinha de milho
150g de palmito picado
150g  de cenoura em cubos cozida
150g de tomate picado
60g de milho
500ml de água
10g de cebolinha
30g de cebola
30g de alho picado
30g de salsão
30ml de óleo vegetal
15g de sal

Modo de preparo:

1. Refogue a cebola, alho, alho poró, salsão picados e o óleo vegetal;
2. Acrescente o milho, o tomate, a cenoura e o palmito. Mexa por aproximadamente 5 minutos;
3. Adicione água fervente e a farinha de milho aos poucos, mexendo sempre até desgrudar da panela;
4. Coloque em forminhas individuais para modelar. Depois, deixe esfriar.

Outras programações