Sesc SP

Matérias da edição

Postado em

Notas da Programação

CONVITE À REFLEXÃO

Edições Sesc lançam livro inédito do autor italiano Mauro Maldonato

Foto: Divulgação

Em julho, as Edições Sesc São Paulo lançam Na Base do Farol Não Há Luz: Cultura, Educação e Liberdade, livro inédito do escritor e psiquiatra italiano Mauro Maldonato. A obra, que traz também considerações do sociólogo e diretor regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda, examina temas como política, cultura, educação, ética, liberdade e alteridade. A orelha do livro foi redigida pelo professor de Ética e Filosofia Política Renato Janine Ribeiro, na qual afirma que “Na defesa do que chamamos humanidades, Maldonato vê uma forte possibilidade de enfrentar o achatamento das diferenças, a destruição das riquezas singulares, que é o grande risco da sociedade atual”. Nos eventos de lançamento, no dia 2 de julho em Paraty (RJ), durante a 14ª Flip, e dia 5 de julho em São Paulo, no Sesc Consolação, os dois autores conversam com o público sobre o livro.

Na Base do Farol Não Há Luz propõe um debate sobre a fragmentação do sujeito no mundo e a necessidade de construção de novos valores para a convivência com as diferenças. “Com um pensamento transversal, Maldonato convida o leitor a indignar-se contra a desumanização. Daí seu fértil diálogo com Danilo Santos de Miranda em favor da cultura, da educação e da liberdade como alicerces da sociedade contemporânea”, afirma a coordenadora editorial das Edições Sesc, Cristianne Lameirinha.

Ao longo do texto, Maldonato discorre sobre conceitos como a compreensão do tempo histórico, as relações entre filosofia e política, a discussão sobre o que é ser livre na sociedade moderna, a reflexão sobre a questão do estrangeiro como condição que marca toda a história humana, a defesa da ideia de educação ligada ao desenvolvimento da sociedade e a abordagem da razão e da sensibilidade como partes essenciais da natureza humana.

Já o sociólogo Danilo Santos de Miranda examina essas questões do ponto de vista da sociedade e história brasileiras. Miranda aborda a formação social do Brasil, a relação entre racional e humano, as bases sobre as quais se funda a ideia de alteridade, a educação e a ideia de liberdade ao longo do século 20.
 

“Na defesa do que chamamos humanidades, Maldonato vê uma forte possibilidade de enfrentar o achatamento das diferenças, a destruição das riquezas singulares, que é o grande risco da sociedade atual”

Renato Janine Ribeiro, professor de Ética e Filosofia Política
 

Clique aqui para mais informações sobre a publicação das Edições Sesc.
 

PREMIAÇÃO MUSICAL

                                                                                                                        Foto: Divulgação

Dois discos do Selo Sesc foram premiados no 27° Prêmio da Música Brasileira, em 22 de junho. O violonista Guinga foi eleito o melhor arranjador pelo CD Porto da Madama. Café no Bule, que apresenta Zeca Baleiro, Naná Vasconcelos e Paulo Lepetit, foi agraciado com o prêmio de melhor Projeto Especial.

Conheça o disco Porto da Madana no portal Sesc São Paulo.

Conheça o disco Café no Bule no portal Sesc São Paulo.
 

HABITAT DE DANÇA

Foto: Divulgação

Ao longo do mês de julho, o Sesc Santo Amaro recebe atividades de residência, workshop, espetáculos e bate-papos como parte do projeto Habitat de Dança. A programação propõe residências em que artistas convidados desenvolvem pesquisas e compartilham seus processos com outros artistas, pesquisadores e com o público. Entre os espetáculos apresentados, está Not Knowing (16 de julho, às 20h), no qual dois solos acontecem simultaneamente, em que o dançarino e coreógrafo japonês Kota Yamazaki convida a diretora e dançarina brasileira Key Sawao, da Key Zetta e Cia., para atuar na performance.

Saiba mais no portal Sesc São Paulo.
 

PREMIAÇÃO

Foto: Matheus Jose Maria

No dia 31 de maio, em cerimônia no Sesc Vila Mariana, a Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) entregou ao diretor regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda, o Prêmio Ciccilo Matarazzo 2015, como personalidade do meio artístico. A ABCA destaca, em sua premiação anual, personalidades que apoiam as artes, exposições, publicações e instituições atuantes no cenário nacional. Formado em filosofia e ciências sociais, Danilo Santos de Miranda começou a trabalhar no Sesc São Paulo em 1963 e, desde 1984, exerce a função de diretor regional da instituição.
 

SHOW COMEMORATIVO

Foto: Daryan Donrneles

Entre os dias 10 e 12 de junho, o Sesc Vila Mariana recebeu o show comemorativo dos 80 anos do baterista, cantor e compositor Wilson das Neves. Na apresentação, que perpassou os grandes sucessos de sua carreira, Wilson se apresentou ao lado de Elza Soares e Luiz Melodia (dia 10), Paulo César Pinheiro e Maíra Freitas (dia 11), Emicida e Cláudio Jorge (dia 12).
 

FUNDO DO MAR

Foto: Grupo Teatral XPTO

Até o dia 31 de julho, o Sesc Interlagos recebe a encenação Oceano, mais recente trabalho do grupo paulistano XPTO, que tem como principal característica o apelo visual e musical de montagens feitas com base na manipulação de bonecos e objetos de grandes dimensões. Em Oceano, seres marinhos ganham vida a partir da ação dos atores-manipuladores que também interagem como mergulhadores explorando o universo submarino: nadam entre anêmonas e corais desde os mais conhecidos tubarão-martelo, atum e peixe-espada até os exóticos e luminescentes habitantes das águas mais profundas.

Conheça a programação no Portal Sesc São Paulo.
 

VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS

Foto: Divulgação

De 15 a 22 de junho, diversas unidades do Sesc receberam atividades da Campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa 2016. Com o objetivo de refletir sobre o envelhecimento e a longevidade, a edição deste ano teve como foco a discussão sobre como as relações entre diferentes indivíduos e suas singularidades podem tornar a cidade mais humana. Tendo em vista o acelerado envelhecimento da população brasileira, a campanha procurou provocar reflexões sobre qual cidade que pessoas querem para si e como cada cidadão pode contribuir hoje com a construção da sociedade em que se deseja viver.

Saiba mais sobre a campanha em sescsp.org.br.

 

“Sempre é necessário se reinventar. Acho que o fato de buscar novas linguagens para o seu trabalho é instigante e inspirador”

Gal Costa, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo. A cantora apresentou o show Estratosférica no Sesc Pinheiros entre 2 e 5 de junho.


::

Outras programações

Música

Copacabana: Um mergulho nos amores fracassados

Copacabana: Um mergulho nos amores fracassados

SESC Bom Retiro

à venda na unidade a partir de
12/02

Saiba mais

Música

Copacabana: Um mergulho nos amores fracassados

Copacabana: Um mergulho nos amores fracassados

SESC Bom Retiro

à venda na unidade a partir de
12/02

Saiba mais