Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Higiene bucal tem história!

Crianças do Curumim aprenderam a fazer creme dental a base de pó de menta<br>Foto: Vinicius Vieira
Crianças do Curumim aprenderam a fazer creme dental a base de pó de menta
Foto: Vinicius Vieira

É possível reunir, em um mesmo contexto, o personagem fictício Percy Jackson, alguns nomes da Mitologia Grega e os homens das cavernas para, todos juntos, falarem de higiene bucal em uma palestra para crianças? Pois foi com muita interatividade que isso aconteceu em Jundiaí. As crianças participantes do programa Curumim aprenderam sobre a importância da saúde bucal para manter sempre um grande sorriso.

Partindo de um universo familiar para as crianças, citando histórias de Percy Jackson como exemplo, a dentista do Sesc, Fábia Uccelli, levou as crianças para uma viagem pela higiene bucal que remonta aos homens primitivos.

Carinhas de inquietação nos presentes apareceram quando descobriram que os povos pré-históricos já cuidavam da higiene bucal ao fazer uso de galhos e folhas de árvores, com a finalidade de manter os dentes limpos após as refeições. Mas as boquinhas ficaram abertas mesmo com a história do mito de Asclépio, deus da medicina e seu poder de controlar a vida e a morte com um cajado de serpentes. Imagem comum em ambientes médicos - já que é o símbolo da medicina até hoje - Asclépio gerou duas filhas, Higeia e Panaceia. A primeira, conhecida como a deusa da saúde e da limpeza, originou a palavra higiene. Já a segunda é exaltada na cultura grega como a deusa da cura, também mencionada como “remédio para todos os males”.

Olhinhos arregalados e muitos questionamentos surgiram quando souberam que um dos primeiros palitos de dente foi o espinho do porco espinho. O espanto curioso se evidenciou na criançada ao saberem que mãos, dedos, pêlos de animais amarrados em ossos ou bambus eram utilizados para fazer a higiene da boca até a invenção da escova com cerdas de nylon. E foi com a informação de que os povos antigos mascavam ramos e raízes de plantas, além do costume de usar pó de menta, que as crianças passaram para a prática.

Com folhas secas de menta, finamente pulverizadas e sem galhos, as mesmas fizeram de forma artesanal, assim como os gregos, o seu próprio creme dental e puderam escovar seus dentinhos com este tão antigo costume, mas que para eles, foi, com certeza, uma curiosa novidade!

Outras programações