Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Nos trilhos da história

Maria Fumaça com sua locomotiva construída em 1910<br>Foto: Aline de Castro
Maria Fumaça com sua locomotiva construída em 1910
Foto: Aline de Castro

Locomotivas de quase um século, telefones e móveis antigos, carros de madeira e fazendas centenárias de café. Estes são apenas alguns elementos do cenário no roteiro "Nos trilhos da história - um passeio de Maria Fumaça".

Esta verdadeira viagem no tempo acontece nos trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, no trecho entre Campinas e Jaguariúna, a bordo de uma locomotiva à vapor construída em 1910 e conservada pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF).

Um forte apito e a fumaça começa a desenha pequenas nuvens que anunciam a partida do trem. O som das rodas nos trilhos aumentam até atingirem um ritmo constante. A paisagem da cidade se afasta lentamente e logo as chácaras e fazendas ocupam o horizonte. O sorveteiro passa anunciando a alegria da criançada e, em seguida, o som do trem se mistura com a sanfona e o tambor do "Trio Maria Fumaça", que surge para animar os vagões com os clássicos da música brasileira.

O trem prossegue balançando nos trilhos e embalando a imaginação para um tempo onde este era o principal transporte pelas cidades brasileiras. Os 24 quilômetros percorridos são remanescentes da antiga ferrovia que ligava os estados de São Paulo e Minas Gerais entre os anos de 1872 e 1971. Este pequeno trecho preservado, onde ocorrem os passeios turísticos, é tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas (Condepacc). No caminho há fazendas de café centenárias e as antigas estações de Anhumas, Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado, Carlos Gomes e Jaguariúna.

No charmoso prédio restaurado da Estação de Jaguariúna, de onde partiam os trens para o ramal de Pedreira, hoje há um Museu Ferroviário, uma feira de artesanato e alguns pequenos bares e restaurantes para atender aos visitantes. O local, que já serviu inúmeras vezes de cenário para novelas e filmes de época, é apresentado de forma lúdica por personagens devidamente trajados à rigor.

Acompanhamos este passeio realizado tradicionalmente pelo Sesc Ribeirão Preto para registrar um pouco desta experiência. A trilha sonora ficou por conta da música Trenzinho do Caipira de João Parahyba, disponível no Selo Sesc

Câmera e edição: Aline de Castro / Sesc Ribeirão Preto

Ficou com vontade de embarcar neste trem para viver a emoção de andar em uma Maria Fumaça? Que tal levar as crianças para conhecer um pouco da história das antigas ferrovias brasileiras acompanhados de muita diversão, música e belas paisagens? 

Em julho este passeio acontece novamente na programação especial para as crianças do “Oba! Férias!”, mas já está esgotado. Fique de olho na programação para saber das próximas saídas.

 

Outras programações