Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

A revista do Sesc completa 23 anos

 

A Revista E completa, em julho, 23 anos de existência. A publicação do Sesc em São Paulo nasceu em 1994 e, desde sua primeira edição, já trazia a programação das unidades do Sesc e também reportagens sobre diversos temas da atualidade. Com distribuição gratuita, a Revista E está disponível nas unidades do Sesc e nas plataformas online, com uma nova edição a cada mês.

A primeira capa da Revista E trouxe uma foto da atriz Rosi Campos, que participava da V Jornada Sesc de Teatro, realizada no Teatro Sesc Anchieta. “Comecei minha carreira em 1976 com o Sofredini no projeto Dom Quixote no Teatro Anchieta. Foi o primeiro palco profissional que eu pisei. Hoje, o que me impulsiona a participar da Jornada é a energia dos novos grupos. Ali, tudo acontece”, contava Rosi Campos, na reportagem que inaugurava a Revista E.

Ao longo de sua história, passaram pela revista personalidades de diferentes áreas de atuação, que contaram suas trajetórias, apresentaram seus pontos de vista e deram sua contribuição para pensar a sociedade contemporânea. Dentre os nomes que foram entrevistados ou que deram depoimento para a publicação estão: as escritoras Nélida Piñon e Lygia Fagundes Teles; o pensador francês Edgar Morin; a médica pediatra Zilda Arns; o fotógrafo Sebastião Salgado; os atores Raul Cortez, Gianfrancesco Guarnieri e Paulo Autran; os músicos Chico Buarque e Paulinho da Viola, entre tantos outros.

A Revista E sempre reafirmou o compromisso de informar e de realizar mediação cultural, por meio da promoção do diálogo, da reflexão e da ampliação de repertório do seu leitor. Para isso, gera seu conteúdo pautada na busca pela pluralidade, passando pelas diversas áreas de atuação do Sesc.

Quer conhecer um pouco dessa história? Veja todas as capas de julho da Revista E, ao longo desses 23 anos.

 

:: @sescrevistae | facebook, twitter, instagram

Fotos relacionadas

Outras programações