Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

A saúde está na mesa

O modo como a alimentação influencia a nossa saúde é um dos seis principais eixos do Experimenta! – Comida, saúde e cultura, projeto que discute o universo da alimentação em todas as unidades do Sesc, durante o mês de outubro. Saiba mais sobre o tema:

Glúten: pode ou não pode? E a chia, a gojiberry, o óleo de coco? O ovo, afinal, faz bem ou faz mal? - São tantos os mitos e teses em torno da comida que muitas vezes desconsideramos o conhecimento intuitivo, que todos temos, sobre o que é alimentação saudável.  Em vez de testar a dieta da moda ou o suplemento milagroso da vez, que tal olhar para a nossa cultura alimentar? As tradições culinárias são carregadas de saberes ancestrais e trazem combinações ideais de nutrientes acessíveis à maior parte da população, como o nosso arroz e feijão.

Estudos, citados no Guia Alimentar para a População Brasileira, demonstram que a alimentação variada a partir de grãos, hortaliças, carnes, leites e queijos protege contra problemas cardíacos e outros tipos de doença. Apesar de convenientes, ultraprocessados estão carregados de aditivos artificiais além de trazerem sal, açúcar e gorduras em excesso. Em caso de dúvidas se um produto é ultraprocessado, consulte a lista de ingredientes e tenha em vista que comida de verdade, aquela que não tem rótulo, é o melhor alimento que há.


Neste vídeo, Thais Salema, professora do Departamento de Nutrição da UNIRIO, dá dicas sobre como identificar um alimento saudável. Afinal, hambúrguer pode ser saudável? E o pão integral? Assista:


Para aprofundar:

Conheça os 10 passos para uma alimentação adequada e saudável, segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira

Você sabia?

Mais da metade dos brasileiros está acima do peso. Nos últimos dez anos, o número de pessoas obesas aumentou em 60%. Mudanças nas práticas alimentares respondem pelo aumento da obesidade e doenças crônicas como a hipertensão e diabetes.
Fonte: Ministério da Saúde  


Alimentação saudável envolve tudo o que tem a ver com a comida; o quê, com quem, onde a gente come. Compartilhar o alimento é celebrar a vida, algo tão importante quanto os nutrientes - Inês Rugani Ribeiro de Castro, professora do Instituto de Nutrição da UERJ.
 

Outras programações