Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Cursos reúnem 'curiosos' de todas as idades no Sesc Prudente

Aos 90 anos, José Francisco aproveita para tirar todas as dúvidas sobre uso do notebook
Aos 90 anos, José Francisco aproveita para tirar todas as dúvidas sobre uso do notebook

Processo de transformação social e cidadania, o espírito de formação está em todas as ações do Sesc. Um dos exemplos práticos disto ocorre no ETA – Espaço de Tecnologias e Artes do Sesc Thermas de Presidente Prudente, que oferece, ao longo do ano, diversos cursos livres com inscrições gratuitas visando promover a experimentação de diferentes linguagens artísticas e tecnológicas, além de estimular o potencial criativo e inventivo dos participantes.

A cada abertura de um curso surgem novos personagens de diferentes idades, com histórias cativantes e relatos inspiradores, como José Francisco da Silva, policial militar aposentado e morador de Presidente Prudente. Aos 90 anos e empolgado para aprender a usar as atuais ferramentas tecnológicas, ele participa de seu segundo curso no ETA: o de Introdução ao Uso de Notebooks e Computadores.

O primeiro curso que fiz aqui foi para aprender a mexer no celular. Gosto de fazer cursos para acompanhar a evolução. As coisas mudam com o tempo. Em casa tenho televisão 3D, computador e notebook. Adoro a tecnologia, por isso tenho essa curiosidade e necessidade de aprender”, explica.

José ressalta outros fatores que o atraíram para a atividade, como a gratuidade. “A vantagem aqui é que não se paga pelo curso e a explicação do professor é ótima, com paciência de entender a limitação da minha idade”, destaca.

Oito décadas mais jovem e não menos curioso em aprender, Rodolfo Augusto Arcanjo, de 10 anos, vê no curso de Programação com Scratch e Raspberry Pi uma oportunidade de se preparar para a área que deseja trabalhar no futuro, o campo da robótica. Com pouca idade, mas muita segurança do que quer, o garoto já começou as aulas do curso no final de setembro.

Eu quero muito fazer robótica e para isso tenho que aprender programação. É por isso que estou fazendo esse curso de Programação com Scratch e Raspberry Pi. Deve ser fácil, aprendi bastante coisa no curso de desenho gráfico e acho que vai me ajudar”, acredita.

Projetado para estimular a inventividade e formação, o Espaço de Tecnologias e Artes dispõe de educadores especializados encarregados de propor conteúdos, dinâmicas e atividades, bem como de dar soluções às dúvidas rotineiras ou às demandas específicas de cada usuário.

"O Sesc busca oferecer atividades que atraiam diversos públicos, sempre com novidades. Não são cursos voltados para nichos específicos, pois as tecnologias fazem parte da vida de todos, de crianças a idosos. Atualmente, estamos com cursos de maior duração, com grande procura. Buscamos consolidar o espaço para a formação livre e alfabetização digital", destaca o animador cultural do Sesc Thermas, Nilo Mortara.

"É interessante que nossa unidade tem bastante público idoso, e eles se interessam muito pelo mundo digital. Por isso, aproveitamos esse espaço do ETA para também forma-los no uso de tecnologias e manipulação das ferramentas disponíveis, como notebook e smartphones", complementa ele.

As ações do ETA também abrangem a área artística, como o curso Figurino – Costurando Personagens, que teve seu último encontro no dia 20 de setembro, após quase 3 meses de atividades, e focou na construção do processo criativo e execução de um figurino, desde a leitura do roteiro, concepção do conceito, desenvolvimento do projeto até a apresentação do traje.

A advogada aposentada Helena dos Reis Baba, de 64 anos, teve curiosidade em participar da atividade por nunca ter se envolvido na área. “Aprendi muita coisa, com atividades ao ar livre, o que achei bem interessante. Tive dificuldade de desenhar o figurino, que é um pouquinho difícil, mas com as técnicas passadas em aula consegui fazer. Durante o curso, tivemos várias atividades em que aprendemos habilidades como pintura, por exemplo”, esclarece.

Com vagas abertas
Ainda há vagas para o curso de Criação de Filmes e Vídeos, ministrado pelo repórter cinematográfico, diretor, operador de câmera e editor de vídeo André Aoki, de Presidente Prudente. A atividade começou na última quarta-feira, 27 de setembro, e os encontros abordam conceitos e técnicas de captação e edição de curtas-metragens e vídeos para internet com a utilização de celulares e câmeras fotográficas.

Destinado a jovens de 13 a 18 anos, o objetivo é instruir os participantes a compreenderem o processo de criação de um conteúdo audiovisual, da ideia à finalização, considerando que o diferencial nem sempre está relacionado com o melhor equipamento, mas em utilizar de forma adequada o material disponível.

As inscrições ainda podem ser feitas gratuitamente na Central de Atendimento do Sesc. Mais informações pelo (18) 3226-0400.

Mais sobre o ETA
Nos Espaços de Tecnologias e Artes do Sesc são realizadas atividades como oficinas, cursos, exposições, instalações, espetáculos, performances, palestras e envolvendo as mais diversas práticas, que são entendidas como tecnologias, com o objetivo de desenvolver as linguagens artísticas e criar. Além disso, são oferecidos horários específicos destinados ao acesso mediado à internet e cursos de inclusão digital.

Presentes em 29 unidades do Estado, os Espaços de Tecnologias e Artes tiveram como gênese o programa Internet Livre do Sesc São Paulo, criado em 2001. Projeto pioneiro no campo da inclusão digital, o programa teve como mote inicial dar acesso para o público aos equipamentos conectados à internet. Dele, deu-se o atual ETA.

Para consultar as programações de Tecnologias e Artes das Unidades do Sesc, clique aqui.

Texto e fotos:
Marcelo Teixeira
Rogério Mative

--

Sesc ao pé do ouvido:


 

Outras programações