Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Veja as técnicas que você pode aprender no FestA! no Sesc 24 de Maio

Gravura em metal com ponta seca (Foto: Ateliê Piratininga)
Gravura em metal com ponta seca (Foto: Ateliê Piratininga)

Em março acontece a segunda edição do FestA! – Festival de Aprender, trazendo muitas atividades para você aprender, testar e aprofundar técnicas e linguagens artísticas!

O festival acontece em todas as unidades do Sesc e aqui no Sesc 24 de Maio o tema principal são as técnicas de impressão e gravura.

Quando falamos em impressão o que vem à sua mente? Aquela impressora de casa ligada ao computador? Mas você sabia que dá para imprimir textos e imagens usando madeira, metal e borracha, por exemplo? Dá uma olhada nas diversas técnicas que você vai poder aprender nesses 3 dias de FestA!

MADEIRA

O uso da madeira como matriz de impressão é muito antigo!

A xilogravura é a técnica de impressão em que um bloco de madeira é entalhado com o desenho a ser reproduzido, que depois recebe tinta e ao fazer pressão com o papel, “imprime o desenho”. Essa técnica surgiu na China e era muito usada desde o século 6 e chegou na Europa no século 13, se tornando muito popular durante a Idade Média.  No Brasil,  a técnica foi trazida pelos portugueses e ganhou identidade própria, sendo muito utilizada até hoje no Nordeste, principalmente na produção de ilustrações para literatura de cordel.
 

Foto: Ateliê Xilomóvel

O Xilomóvel vai estar na unidade contando mais sobre essa técnica e ensinando a gravar a própria matriz e fazer a impressão em diferentes papéis no seu Ateliê itinerante

Mas a madeira também serve para imprimir textos, utilizando os tipos móveis. Blocos de madeira, cada um com uma letra entalhada, podem ser unidos para escrever qualquer frase, seja manualmente, como carimbo, ou usando uma impressora tipográfica.

Foto: Ateliê Nômade

O Ateliê Nômade vai trazer várias opções de tipos móveis para você fazer seu próprio cartaz.

 

METAL

Cobre, alumínio, aço, ferro e latão são alguns dos metais utilizados para impressão.  O desenho é gravado na chapa, que recebe tinta e é impressa no papel. Mas diferente da xilogravura, onde a tinta fica na superfície e no relevo da madeira, no metal a tinta fica nos sulcos, ou seja, no vão cavado no metal. Também foi uma técnica muito popular usada desde o século 15.

O Rafael Kenji, do Ateliê Piratininga, vai mostrar diferentes técnicas diretas de gravura em metal, usando placas de cobre.

Foto: Natalia Gregorini

Já a Natália Gregorini vai mostrar como usar a mesma técnica em embalagens cartonadas com base laminada de alumínio, produzindo um resultado único.

O Ateliê Piratininga também traz a técnica da fotogravura, em que a foto é transferida para a placa de metal usando o método xerox. É um processo bem experimental.

 

BORRACHA

A borracha é usada para produzir os já bem conhecidos carimbos! O mais legal dessa técnica é que é muito fácil produzir um carimbo com o desenho que você quiser e depois criar padrões através da repetição deles.


Foto: Isadora Ferraz

É exatamente isso que a Isadora Ferraz vai ensinar aqui e cada participante vai poder criar uma capa de caderno com essa técnica.

Já a Libélula vai trazer carimbos-clichês com várias imagens para serem usados em prensas manuais e imprimir mini livros. A grafiqueta é um ateliê para toda a família criar junta!

 

SERIGRAFIA

A serigrafia é um outro método de impressão, que usa uma tela de poliéster ou nylon para reproduzir os desenhos. Essa tela recebe um líquido que deixa partes dela impermeável. A tinta é colocada na tela em cima da superfície que vai receber o desenho, e ela só passa pelas partes vazadas. O diferencial dessa técnica é que ela é muito versátil, podendo imprimir em papel, madeira, vidro, tecido, plástico, etc.


Foto: 45 jujubas

O estúdio 45JJ vai ensinar a técnica e os participantes vão poder criar suas próprias ilustrações e imprimir em papeis e adesivos, levando para casa a produção final.

As crianças também podem testar a técnica da serigrafia e do estêncil na atividade que o Augusto Sampaio vai trazer, criando cartazes a partir de recortes de papel.

 

TÉCNICAS POUCO CONHECIDAS

Para quem quer aprender jeitos mais diferentes ainda de impressão e gravura, olha só quanta opção tem por aqui:

O Ateliê Piratininga vai ensinar a monotipia, técnica de impressão que junta elementos da gravura e da pintura e forma imagens únicas e imprevisíveis.

A Helena Freddi mostra a técnica japonesa mokulito, baseada nos princípios da litografia, mas ao invés de pedra, utiliza uma prancha de madeira compensada para matriz, ao invés da pedra.

Foto: + UM coletivo

A cianotipia é um processo de impressão fotográfica de baixo custo, que usa produtos químicos que reagem à luz ultravioleta e transfere as imagens, que ficam em tons de azul. Quem vai ensinar essa técnica é o +UM Coletivo.

Foto: Meli-Melo

A Meli-Melo Press e o Mateus Acioli vão ensinar a risografia, técnica de impressão que usa uma impressora japonesa criada nos anos 80 e é um misto de fotocópia e serigrafia. Por não ter um registro perfeito, existe um desalinhamento de cores e cada peça acaba sendo única, o que é parte do charme. Cada aluno sai com uma pequena tiragem da sua produção.

 

TECNOLOGIAS E ARTES

Foto: Thiago Juca

Que tal usar uma impressora 3-D para criar seu carimbo personalizado? Aqui você consegue fazer e depois levar para casa o próprio carimbo, além de ajudar a criar um painel coletivo.

E uma “impressão” usando luzes? Nesta oficina, vão ser criadas luminárias que servirão para contar diversas narrativas com luz e sombra.

Ainda usando luzes, essa outra oficina ensina a fazer um projeto portátil para você fazer sua intervenção poética ou política onde quiser.

 

PAULO BRUSCKY E A PERFORMANCE

Foto: Divulgação

O artista recifense Paulo Bruscky também participa do FestA! e vale ter uma categoria especial para ele. Usando técnicas como carimbo, fax e xerox, tem uma vasta produção, senso considerado um dos maiores artistas conceituais na arte brasileira. Aqui ele participa de três atividades:

Demonstração de método – universo perfomático

Processo aberto: performances seletas

Experimentação performática com xerografia

 
PRINTA-FEIRA – FEIRA DE EDITORAS E PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES

Foto: João Varella

Ainda no FestA!, juntando todos esses conhecimentos, acontece a Printa-Feira, feira de arte impressa autoral e de publicações independentes. Com 60 editoras e artistas participantes, é a chance de ver todas essas técnicas de gravura e impressão aplicadas, tirar dúvidas e aprender sobre processos de produção de diferentes publicações. E ainda dá para adquirir as suas preferidas diretamente de quem faz.

--

Sesc ao pé do ouvido
Playlists criadas especialmente por artistas convidados e outras inspirações estão no perfil do Sesc SP.
Bom para acompanhar você quando estiver correndo, com saudade do Angeli e do Laerte dos anos 80 e outras cositas más. Escolha sua plataforma e chega mais!

  

Outras programações

Tecnologias e Artes

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

SESC Vila Mariana

Saiba mais

Tecnologias e Artes

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

SESC Vila Mariana

Saiba mais

Tecnologias e Artes

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

LABLivre no ETA: criação e desenvolvimento artístico e tecnológico

SESC Vila Mariana

Saiba mais