Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Olhar ao redor: A natureza do Sesc Campo Limpo

Árvore na entrada do Sesc Campo Limpo com orquídeas fixadas no tronco. Foto: Ronaldo Domingues
Árvore na entrada do Sesc Campo Limpo com orquídeas fixadas no tronco. Foto: Ronaldo Domingues

Quando entro no Sesc Campo Limpo, meus olhos se perdem diante da variedade de pessoas realizando as diversas atividades que, muitas vezes, opto por seguir pelos mesmos caminhos, sem prestar muita atenção ao que está ao redor. Acho que todo mundo é um pouco assim: quando focamos numa atividade - e até numa rotina - deixamos de perceber outras mil coisas que estão bem ali ao nosso lado. É fato que, olhando de fora para a área onde estão as quadras, num dia de sol, a impressão que se pode ter é de que estamos num grande deserto, mas tudo é relativo. Sabendo direcionar o olhar descobri um novo mundo dentro desse quintal.

O projeto Ideias e Ações para um Novo Tempo deste ano, realizado pelo Sesc SP, trouxe o tema “Criança e Natureza”. Nós, os editores, junto com técnicos e instrutores de todas as unidades do Sesc SP ficamos de um lado pro outro de olho nas crianças e em sua participação nas ações ambientais, falamos tanto delas, que esquecemos que, um dia, nós também fomos crianças...E talvez tenha sido o pedido dessa ‘criança interior’ - daquele garoto que subia no abacateiro que tinha no quintal de casa e observava a vida seguindo lá embaixo - que me estimulou a fazer estes registros. Foi com o olhar fotográfico desse adulto ( não sou fotógrafo, falo apenas da forma de olhar), misturado com a curiosidade daquela criança, que tirei um dia para identificar essas belezas naturais do Sesc Campo Limpo, que divido aqui com vocês.

1. A rainha da portaria
Logo na entrada da unidade, me deparei com esta árvore que fica atrás do ponto de ônibus. É uma Paineira que quebrou durante uma chuva forte, precisou ser cortada mas rebrotou. Resistente, segue crescendo como a rainha da portaria, além de ser abrigo para belas orquídeas.

2. Mais de cem árvores!
A afirmação de que o Sesc Campo Limpo tem poucas árvores pode ir por água abaixo. Dentro e no entorno, nas calçadas, existem 137 árvores catalogadas, entre elas paineiras, jerivás, ficus, pau-formiga, araçá amarelo, jacarandás, pata de vaca, oiti e goiabeira.
Pesquisando fotos antigas, dá para perceber o quanto elas cresceram. Olha essa imagem de 2015: Em apenas três anos, a mesma área já está bem mais sombreada.

*A localização das árvores que refrescam a unidade é discutível, mas tem uma boa explicação: como as instalações da unidade ainda são provisórias, o plantio foi feito nessas áreas para não prejudicar o projeto arquitetônico definitivo, nem gerar problemas tendo que remover as árvores posteriormente, mas assim que o projeto estiver finalizado, outras áreas verdes do terreno vão receber espécies arbóreas.

3. Uma horta comunitária
Sim, bem no fundo do Sesc, perto da quadra de areia existe uma horta que pode ser utilizada e frequentada por todos!  Lá tem taioba, beterraba, tem esse cabeludo aí (milho), capuchinha...E foi lá que também encontrei uma bela flor amarela: tagetes. O ambiente é muito agradável. Dá pra ficar horas ali só observando...

4. O Charme das lavandas
Até as lavandas despontam suas flores roxas por aqui, trazendo relaxamento e equilíbrio, além do seu aroma agradável. Elas estão na horta, sim, mas estas, que fotografei, encontrei bem perto da área de skate.

5. Dente-de-leão: que tal visto de outro ângulo?
Às vezes, passamos despercebidos e nem observamos as pequenas coisas. Quem nunca pegou um desses dentes-de-leão e assoprou após fazer um pedido? E se mudarmos a posição do olhar... Ele é bonito de todos os ângulos!

6. Ah! O contraste das cores!
Esse arranjo de dracenas me chamou a atenção pela sua cor imponente contrastando com verde do gramado. É uma verdadeira pintura no meio da praça. E olha o efeito que dá quando a gente observa de cima!

7. Casa de João-de-Barro
Essa eu não vou falar onde encontrei (quem sabe isso instiga você a procurar quando estiver por aqui?), mas, como dá pra perceber, precisei olhar pra cima. É incrível a habilidade desse pássaro na construção dos seus ninhos. Este aqui atualmente está desocupado. Lindo trabalho, não é?

8. E essa bela flor de Estrelítzia?
Não pensem que eu sabia o nome desta planta. O Google me ajudou (risos).
Quem joga basquete ou pratica skate aqui já deve tê-la visto porque ela mora ali, na Praça das Corujas.

9. Parede verde
Essa tá fácil. É só caminhar pela rua principal ou se sentar nos bancos logo na entrada da unidade que a atmosfera é diferente: um ambiente cheio de samambaias e peperômias fica muito mais fresco.

10. Grande quintal
Além destas imagens que escolhi para ilustrar esta matéria, há muitos outros registros feitos por fotógrafos que por aqui estiveram.

Sabe a Praça das Corujas? Não é à toa que deram esse nome para este espaço. Vira e mexe, o Sesc Campo Limpo recebe a visita dessa bela ave, como foi o caso deste flagrante feito por Zé Carlos Barretta.

E essa família de Quero-queros que escolheu o Sesc Campo Limpo para ter suas crias, como revela a foto de Tiago Lima. Tem muita gente que tem medo dessa ave, por seus “ataques” costumeiros, mas na verdade quando elas tentam nos assustar é porque estão protegendo seus ovos ou filhotes. Mantenha distância que tudo ficará bem (risos).

Estes são só alguns achados do grande quintal que é o Sesc Campo Limpo. Então, na próxima vez que você vier pra cá ou mesmo quando estiver andando na rua, que tal dar uma olhada mais atenta ao redor e observar a natureza que existe?

*Por Ronaldo Domingues, editor web do Sesc Campo Limpo

Outras programações