Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Convocatória para artistas | 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

De 6 de julho a 10 de agosto de 2018, estão abertas as inscrições online de obras em qualquer formato e linguagem para a 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, que acontecerá de 9 de outubro de 2019 a 2 de fevereiro de 2020, no Sesc 24 de Maio e no Galpão VB. Os artistas devem ser nascidos ou radicados há mais de 5 anos nos países do Sul Global, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e/ou serem integrantes dos povos originários de qualquer país.

Confira o edital, detalhes e a ficha de inscrição no site bienalsescvideobrasil.org.br

A 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil é uma realização da Associação Cultural Videobrasil e do Sesc São Paulo. Criado em 1983 por Solange Farkas e realizado em parceria com o Sesc desde 1992, o tradicional Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, assume seu posicionamento no cenário global das artes e carrega agora no nome a periodicidade bienal que adotou desde o início dos anos 90.

Comunidades imaginadas é o título desta 21ª edição, que se dará em três plataformas: exposição+programa de filmes, programas públicos e publicação. Pela primeira vez, um partido curatorial acompanha a convocatória. Ele orientará o trabalho dos curadores na seleção dos artistas e na elaboração dos programas. A equipe curatorial, formada por Gabriel Bogossian, Luisa Duarte, Miguel López e Solange Farkas, emprestou o título do clássico texto de Benedict Anderson (1936-2015) sobre a origem e a difusão do nacionalismo para, conforme o partido curatorial, propor a investigação de "como poéticas oriundas do Sul vêm elaborando o fenômeno [do nacionalismo]", considerando também "outras comunidades, criadas por imaginações distintas daquelas que fundaram os Estados nacionais".

Os artistas selecionados pela convocatória serão acompanhados por artistas convidados pela equipe de curadores. Também oriundos do Sul, esses artistas poderão estabelecer pontos de diálogo com a investigação curatorial proposta. Todos os artistas poderão participar de uma ou mais plataformas curatoriais da edição, sem restrições.

Clique aqui para assistir a um vídeo sobre a edição anterior da bienal e aqui para revisitar outras edições.

Outras programações