Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

O cinema paulista mais perto do público

A segunda edição da Mostra Sesc de Cinema Paulista começa no dia 18 de julho e fica durante toda a semana no CineSesc. As sessões são gratuitas e contemplam 43 produções independentes – longas e curtas-metragens – realizadas no estado de São Paulo. Os ingressos deverão ser retirados a partir de uma hora antes das sessões.

A mostra é um reflexo do interesse do Sesc em promover a difusão da produção cinematográfica que não chega ao circuito comercial de exibição. Com essa iniciativa, a instituição pretende contribuir para o campo audiovisual como um espaço de lançamento e promoção de artistas brasileiros. Foram mais de 170 filmes inscritos, e a comissão curatorial formada por Cecília de Nichille, Renata Martins e Rodrigo Gerace fez sua seleção levando em conta aspectos que a linguagem audiovisual trazia para discussão de temas relevantes.

Divulgação: Lugar invisível, de Lola Ramos
Lugar invisível, de Lola Ramos | Foto: divulgação: 

O público vai poder conferir nesta 2ª Mostra Sesc de Cinema Paulista filmes com narrativas sobre corpos dissidentes, as tradições orais e simbólicas, as diferentes manifestações culturais, a identidade de gênero e a pluralidade sexual, a transição geracional, os silenciamentos históricos de falas e vozes abjuradas, a visibilidade de protagonismos na discussão do lugar de fala e de escuta, e as resistências políticas frente às opressões socioeconômicas.

Como disse Talita Rebizzi na época da primeira edição da Mostra Sesc de Cinema Paulista em 2017: “É urgente derrubar os muros e fazer circular!”. Um dos muros que a mostra derruba é a do acesso a produções recentes do cinema independente do estado; outro é o do público com os produtores do audiovisual: diariamente haverá conversa na sala do CineSesc com o pessoal que construiu os filmes em exibição. 


Os caubóis do apocalipse, de Diego Costa | Foto: divulgação

A abertura oficial da Mostra será dia 18 de julho às 20h30 no CineSesc. Na ocasião, após cerimonial, serão exibidos os curtas-metragens Peripatético (2017), de Jessica Queiroz; Entremundo (2015), de Thiago B. Mendonça e Renata Jardim; A Gis (2016), de Thiago Carvalhaes; Osiba Kangamuke - Vamos Lá, Criançada (2016), de Haya Kalapalo, Tawana Kalapalo, Thomaz Pedro e Veronica Monachini de Carvalho; e Torre (2017), de Nádia Mangolini.

>> Para acessar a programação completa clique aqui.

Outras programações