Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Guia Alimentar para a População Brasileira ganha versão pioneira em audiodescrição

O Guia Alimentar para a População Brasileira foi elaborado pelo Ministério da Saúde e tem o objetivo de promover a alimentação saudável com vistas à segurança alimentar e a educação nutricional dos brasileiros.

Escrito com vocabulário claro, objetivo e simples, o Guia é de fácil compreensão e apresenta conteúdos relacionados à ingestão de nutrientes, assim como outros aspectos como cultura, fatores socioeconômicos e sustentabilidade.

Apesar de ser um material gratuito, uma parcela da população não tem acesso a ele, tendo em vista que mais de 500 mil pessoas têm deficiência visual, de acordo com Censo 2010 realizado pelo IBGE.

Neste cenário, a equipe do Programa Mesa Brasil do Sesc Rio Preto desenvolveu um trabalho pioneiro para disseminar este conteúdo às pessoas atendidas pelo Instituto Rio-pretense de Cegos. Assim, a partir de setembro de 2018, o Guia Alimentar ganha uma nova versão, dessa vez áudio reproduzida, com o objetivo de proporcionar acessibilidade às informações contidas no Guia.

A iniciativa surgiu após a equipe do Programa Mesa Brasil do Sesc Rio Preto identificar a dificuldade na realização de ações educativas com deficientes visuais e constatar a ausência de materiais de educação nutricional acessíveis a este público.

De acordo com a coordenadora do Programa Mesa Brasil do Sesc Rio Preto, Denise Andreo, a expectativa é que o material garanta uma disseminação do conteúdo à esta parcela da população. “Espera-se que o material disponibilizado seja uma ferramenta potencial para compartilhar e garantir informações sobre as diretrizes alimentares, contribuindo de forma positiva para suas escolhas e para a promoção da saúde deste público, respeitando assim a cidadania e a inserção social destes indivíduos”, disse a nutricionista.

Criado em São Paulo em 1994 e, desde 2003, presente em todo o país, o programa Mesa Brasil funciona como uma rede de combate à fome, ao desperdício e à má distribuição de alimentos, baseado na parceria entre a sociedade civil, o empresariado e as instituições sociais. Por meio da coleta e da distribuição urbana, a iniciativa doa alimentos que seriam descartados para localidades onde fazem a diferença.

O programa ainda possui uma frente educativa, oferecendo cursos, treinamentos e oficinas aos funcionários das empresas e instituições que participam, seja doando ou recebendo os alimentos. São aulas e palestras que orientam no preparo, armazenamento, aproveitamento integral e diversidade de cardápio — visando, assim, diminuir o desperdício.

No próximo dia 11 de setembro, a coordenadora do Programa visitará o instituto com o objetivo de orientar os alunos a como acessar e usufruir do audiobook.

Outras programações