Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Diversidade Sexual: Pluralidade no Diálogo

Flip Couto, Toni Reis, Cida Baptista e Spartakus Santiago falam sobre diversidade
Flip Couto, Toni Reis, Cida Baptista e Spartakus Santiago falam sobre diversidade

A programação do Sesc Rio Preto intenta mensalmente oferecer opções de cultura e lazer que perpassam pelo exercício da reflexão e abertura a novas possibilidades de conhecimento, busca e escolha.

Em novembro, cinco bate-papos, abarcados nas frentes juventude e diversidade cultural, promovem a discussão sobre a diversidade sexual. Na pauta, questões relacionadas ao universo do diverso que penetram temas como discussão sobre políticas de inclusão, preconceitos, lgbtifobia, acolhimento familiar, o cenário homoafetivo na cultura hip hop e o combate à ignorância. Para fomentar e mediar as conversas, foram convidados artistas, educadores e ativistas.

O bate-papo com o dançarino Flip Couto dá inicio à programação no dia 10, sábado. No encontro, que integra o especial Rip Rop Rio pReto, Filipi conversa com o público sobre a homoafetividade inserida na cultura hip hop.

Na semana seguinte, o professor e ativista pelos direitos humanos Toni Reis conduz dois bate-papos. O primeiro, realizado no dia 13, terça, tem como tema a comunicação LGBTI. Serão abordados conceitos e termos que orientam sobre como construir ambientes acolhedores, pautados em políticas de inclusão e no respeito à diversidade. Já na quarta, dia 14, o também diretor executivo da Organização Brasileira LGBT fala sobre a LGBTIfobia nas escolas, colocando questões sobre preconceito e violência que muitos jovens sofrem, desde cedo, nos ambientes doméstico e escolar.

Para conversar sobre a diversidade sexual na família, o Sesc convidou a artista plástica Cida Baptista, integrante da ONG Mães pela Diversidade e do coletivo A Revolta da Lâmpada. Também destinada ao público jovem, a atividade é dirigida a pais, responsáveis, educadores e demais interessados. O encontro acontece dia 17, sábado. Já no dia 22, quinta, o youtuber Spartakus Santiago aborda preconceitos, o combate à ignorância e o incentivo ao diálogo, como forma de contribuir para que o papel da mídia vá além do entretenimento. Ambas as atividades integram a programação do projeto juventudes do Sesc Rio Preto.

Outras programações

Literatura

Diálogos do Feminismo Negro: Brasil e Caribe nas obras de Ana Maria Gonçalves e Maryse Condé

Diálogos do Feminismo Negro: Brasil e Caribe nas obras de Ana Maria Gonçalves e Maryse Condé

SESC Avenida Paulista

Saiba mais

Literatura

Contrastes: Giovanna Madalosso, Reinaldo Moraes e a Melhor Safadeza

Contrastes: Giovanna Madalosso, Reinaldo Moraes e a Melhor Safadeza

SESC Avenida Paulista

Saiba mais