Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Sai a lista de artistas da 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil

A Associação Cultural Videobrasil e o Sesc São Paulo anunciam a lista de 55 artistas e coletivos participantes da 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Comunidades imaginadas, exposição e programa público de eventos dedicados à produção do Sul Global, que acontece entre 9 de outubro de 2019 e 2 de fevereiro de 2020 no Sesc 24 de Maio, em São Paulo.

Ao todo, 2.280 artistas de 105 países inscreveram obras na convocatória da 21ª Bienal. Formada pela diretora artística Solange Farkas e pelo trio de curadores Gabriel Bogossian, Luisa Duarte e Miguel López, a equipe curatorial foi responsável pela seleção, bem como pela escolha dos artistas convidados. Participaram ainda do júri de seleção os curadores Alejandra Hernández Muñoz, Juliana Gontijo e Raphael Fonseca.

 

Veja a lista de participantes da 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil:

Adrian Balseca, Equador

Ahmad Ghossein, Líbano

Alberto Guarani, Brasil

Alto Amazonas Audiovisual, Brasil

Ana Carvalho, Ariel Kuaray Ortega, Fernando Ancil, Patrícia Ferreira Para Yxapy, Brasil

Andrea Tonacci, Itália/Brasil

André Griffo, Brasil

Aykan Safoglu, Turquia/Alemanha

Brett Graham, Nova Zelândia

chameckilerner, Brasil/Estados Unidos

Clara Ianni, Brasil

Claudia Martínez Garay, Peru/Países Baixos

Dana Awartani, Arábia Saudita

Ellie Kyungran Heo, Coreia do Sul/Reino Unido

Emo de Medeiros, França/Benin

Erin Coates, Austrália

Ezra Wube, Etiópia/Estados Unidos

Federico Lamas, Argentina

Gabriela Golder, Argentina

George Drivas, Grécia

Georges SENGA, República Democrática do Congo

Hiwa K, Iraque/Alemanha

Hrair Sarkissian, Síria/Reino Unido

Jim Denomie, Estados Unidos

Jonathas de Andrade, Brasil

Julia Mensch, Argentina

Köken Ergun, Turquia

Luiz de Abreu, Brasil

Marilá Dardot, Brasil

Marton Robinson Palmer, Costa Rica

Maya Shurbaji, Síria

Megan-Leigh Heilig, África do Sul/Bélgica

Mohau Modisakeng, África do Sul

Mônica Nador, Brasil

Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas, Brasil

Natalia Skobeeva, Rússia/Reino Unido

Nelson Makengo, República Democrática do Congo

Nidhal Chamekh, Tunísia/França

Nilbar Güres, Turquia/Estados Unidos

No Martins, Brasil

Noé Martínez, México

Omar Mismar, Líbano

Paul Rosero Contreras, Equador

Paulo Mendel e Vitor Grunvald, Brasil

Roney Freitas e Isael Maxacali, Brasil

Rosana Paulino, Brasil

Sadik Afraji, Iraque/Países Baixos

Tang Kwok Hin, China

Teresa Margolles, México

Thanh Hoang, Vietnã

Thiérry Oussou, Benin/Países Baixos

Tiécoura N'Daou, Mali

Tomaz Klotzel, Brasil

VoteLGBT, Brasil

Ximena Garrido-Lecca, Peru

 

Os participantes concorrem a sete prêmios, concedidos por um júri internacional.

Saiba mais em bienalsescvideobrasil.org.br

 

A 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil é uma realização da Associação Cultural Videobrasil e do Sesc São Paulo. Criado em 1983 por Solange Farkas e realizado em parceria com o Sesc desde 1992, o tradicional Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, assume seu posicionamento no cenário global das artes e carrega agora no nome a periodicidade bienal que adotou desde o início dos anos 90.

Comunidades imaginadas é o título desta 21ª edição, que se dará em três plataformas: exposição+programa de filmes, programas públicos e publicação. A equipe curatorial, formada por Gabriel Bogossian, Luisa Duarte, Miguel López e Solange Farkas, emprestou o título do clássico texto de Benedict Anderson (1936-2015) sobre a origem e a difusão do nacionalismo para, conforme o partido curatorial, propor a investigação de "como poéticas oriundas do Sul vêm elaborando o fenômeno [do nacionalismo]", considerando também "outras comunidades, criadas por imaginações distintas daquelas que fundaram os Estados nacionais".

Clique aqui para assistir a um vídeo sobre a edição anterior da bienal e aqui para revisitar outras edições.

A 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil | Comunidades imaginadas acontece de 9 de outubro de 2019 a 2 de fevereiro de 2020 no Sesc 24 de Maio.

Outras programações