Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Participe da 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade

Foto: Gustavo Faria
Foto: Gustavo Faria

De 12 a 15 de junho, no Sesc Sorocaba, acontecerá a 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – o melhor de ambos os mundos – (best of both worlds).

O diferencial desta edição é a reunião de representantes de experiências e iniciativas socioambientais com especialistas e acadêmicos para refletir sobre Modos de Viver Sustentáveis. A temática destaca as maneiras de convívio que congregam as dimensões social e ambiental, considerando as especificidades econômicas, políticas culturais, étnicas, territoriais e as diferentes visões de mundo.

O tema principal desta edição é o resultado do alinhamento da Conferência e o projeto  Ideias e Ações para Um Novo Tempo, do Sesc São Paulo.

Acompanhe em sescsp.org.br/bobw2019 e no Facebook do Sesc Sorocaba.

Tema: Modos de Viver Sustentáveis

Os Modos de Viver Sustentáveis têm como ponto de partida a relação de interdependência entre o ser humano e a natureza, considerando as maneiras de convívio, que congregam as dimensões social e ambiental de forma indissociável, respeitando as especificidades econômicas, políticas, culturais, étnicas, territoriais e as diferentes visões de mundo. Esses modos destacam-se por seu potencial de transformação socioambiental a partir de valores da democracia, na medida em que geram e compartilham conhecimentos e habilidades que contribuem efetivamente para a construção de compreensões do que pode ser a sustentabilidade em diferentes territórios

Abaixo os 3 eixos temáticos da conferência:

Eixo 1- O ESTADO DA TERRA

Entre a terra e o território

A forma e a dimensão das dinâmicas de produção e consumo atualmente em vigência têm provocado impactos ambientais muitas vezes irreversíveis, oferecendo desafios inéditos para a humanidade. Tais mudanças nos ciclos e fluxos naturais, em escala local e global, demandam a realização de diagnósticos confiáveis, fruto de abordagens transversais e capazes de fornecer ferramentas para o desenvolvimento de meios de reparação, contenção e mitigação de seus efeitos, correspondentes à gravidade da situação atual

Temas relacionados: mudanças climáticas; arranjos produtivos; áreas protegidas e conservação da biodiversidade; dinâmicas territoriais; ciclos ecológicos vitais; conflitos e impactos socioambientais; populações vulneráveis; antropoceno; soluções baseadas na natureza (SbN).

Eixo 2 - COMO SER COMUNIDADE?

Práticas de intervenção socioambiental

Ao explorar de maneira desigual os recursos ambientais necessários à manutenção da produção, a sociedade contemporânea distribui, também de forma desigual, os resultados dos danos socioambientais. Não há como dissociar das questões ambientais a discussão acerca das desigualdades nos âmbitos político, material e simbólico. Em contraposição a essa lógica, emergem agentes e grupos sociais que buscam evidenciar 4 a degradação ambiental e enfrentar essas iniquidades, considerando que o acesso aos direitos sociais e à mobilização democrática é indissociável do direito a um ambiente equilibrado.

Temas relacionados: ativismo socioambiental; associativismo e cooperativismo; tecnologias sociais; movimentos sociais; mudanças culturais; ecofeminismo; políticas públicas; apropriação de espaços públicos.

Eixo 3 - FUTURO FORA DO TEMPO

Ética e saberes como caminhos para o bem comum

Pensar em arranjos sociais voltados para o comum pressupõe encontrar caminhos que garantam a relação de interdependência entre cultura e natureza. Prioriza-se neste debate a construção de pactos baseados em compromissos éticos com bens coletivos fundamentais. Essa perspectiva inclui diferentes cosmovisões, a relação do ser humano com a natureza como entidade de direito, assim como as diversas perspectivas da ideia de bem viver.

Temas relacionados: espaços de convívio; conservação da natureza; comunidades tradicionais; diversidade cultural e pluralidade étnica; práticas de governança; arranjos socioeconômicos; marcos regulatórios e desafios legais; direitos de terceira geração; direitos difusos e coletivos; acesso à informação.

História da Conferência

A Conferência foi criada pela Universidade da África do Sul – UNISA em 1998 . “Os mundos” em destaque no nome do evento, de acordo com os idealizadores da Conferência, Prof. Callie Loubser e Prof. Johann Dreyer, da UNISA, incluem diversos países, noções de desenvolvimento e de educação ambiental; os contextos rural e urbano; continentes do Norte e do Sul; assim como uma ampla gama de interpretações, sem a pretensão de valorar um aspecto em detrimento de outro, mas sim de estimular o compartilhamento de experiências, vivências, práticas, pesquisas e conhecimentos em educação ambiental. Busca-se, portanto, reforçar o caráter de articulação e complementaridade necessário à reflexão e à prática socioambiental marcado por um contexto de degradação ambiental e de desigualdade social.

Sua segunda edição teve como realizador o Instituto de Pesquisas Florestais da Malásia – FRIM, em 2005, quando foi fortalecida a ideia de levar as discussões que abordavam o “melhor de ambos os mundos” a outros países. As edições subsequentes se intercalaram entre África do Sul (2009 e 2012) e Malásia (2010), até que em 2014 foi realizada a 1ª edição do evento no Brasil, pela Universidade de São Paulo em parceria com Sesc São Paulo. Em 2015 o evento retornou à Malásia, em 2016 foi realizado nos EUA e, em 2017, retornou ao seu país de origem – África do Sul.

Em 2019, a 10ª edição da Conferência voltará ao Brasil, tendo o Sesc SP como realizador e integrante do comitê técnico internacional. Esta realização é resultado do trabalho conjunto desenvolvido em 2014 e da convergência entre as propostas educativas das instituições envolvidas no evento.

Taxas para inscrição

•  Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo e dependentes com cartão de matrícula válido na categoria Credencial plena do Sesc (São Paulo): R$ 20,00

• Trabalhador do comércio, serviços e turismo e dependentes com cartão de matrícula válido do Sesc (em demais estados do Brasil): R$ 20,00

• Pessoas com mais de 60 anos, aposentado, servidor da rede pública de ensino do Brasil, estudante e pessoa com deficiência: R$ 50,00

• Público em geral: R$100,00

As inscrições para participação sem apresentação de trabalhos serão realizadas pelo site sescsp.org.br/bobw2019 ou presencialmente no Sesc Sorocaba, a partir de maio de 2019

Local do Evento:  Sesc Sorocaba

Imagem do Sesc Sorocaba, onde o evento será realizado - foto: Alexandre Nunis

O Sesc – Serviço Social do Comércio – é uma instituição de caráter privado, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. Foi criada em 1946, por iniciativa dos empresários dos setores de comércio de bens, serviços e turismo, que a mantém e administra. Tem como missão colaborar para a melhoria da qualidade de vida do trabalhador desses setores, seus dependentes e a comunidade de seu entorno.

Em São Paulo, são 39 unidades localizadas em diferentes regiões do Estado, além do SescTV, Edições Sesc, Selo Sesc e Sesc Digital, que oferecem uma gama variada de programações, serviços e atividades voltadas para pessoas em suas diferentes faixas-etárias nas áreas de cultura, esporte, lazer, educação, sustentabilidade, saúde, alimentação e turismo social.

O Sesc desenvolve ações de educação não formal e permanente com intuito de valorizar as pessoas ao estimular a autonomia, a interação e o contato com expressões e modos diversos de pensar, agir e sentir. Por meio de seus programas e equipamentos empenha-se em proporcionar aos seus diferentes públicos espaços dedicados ao convívio, à reflexão e à troca de experiências.

O Sesc Sorocaba, um dos centros culturais e desportivos do Sesc SP, possui o selo de edificação sustentável LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) que certifica boas práticas ambientais em sua construção. Uma das grandes inovações implantadas é o tratamento de água de chuva para o reuso, por meio da filtragem que utiliza plantas e peixes em tanques, localizados na laje de cobertura da caixa cênica do teatro.

Os projetos da área de Educação para a Sustentabilidade do Sesc Sorocaba têm como ponto de partida a própria edificação e suas estruturas sustentáveis, a partir das quais temas como água, energia, resíduos e mobilidade urbana são trabalhados em cursos, oficinas, rodas de conversa, vivências, visitas guiadas, passeios ciclísticos etc. A partir do olhar para o prédio, é estimulado um olhar sensível para a casa, o bairro, a escola, a cidade – entendidos aqui na perspectiva de sua permanente relação histórica, simbólica e afetiva com o patrimônio natural e com as pessoas que constantemente os (re)constroem.

A Unidade também foi concebida com parâmetros de acessibilidade universal e conta com teatro com 275 assentos, anfiteatro ao ar livre, área de exposições, espaço de tecnologias e artes, conjunto aquático, ginásio poliesportivo, quadra, clínica odontológica, biblioteca, espaço de brincar, área de convivência, comedoria, central de atendimento, estacionamento e paraciclos.

Mais informações sobre o Sesc Sorocaba e sua programação estão disponíveis no site: http://www.sescsp.org.br/sorocaba

A cidade de Sorocaba (São Paulo – Brasil)

O município de Sorocaba está situado na região sudeste do Estado de São Paulo, a 100 km da capital paulista e possui uma população de 671.186 habitantes. Sede da Região Metropolitana de Sorocaba composta por 27 municípios, a cidade teve um papel importante nos principais ciclos econômicos no Estado de São Paulo a partir da criação da Estrada de Ferro Sorocabana.

Atualmente, o município possui uma infraestrutura urbana que conta com praças, parques, museus, ciclovias, escolas, creches e unidades de saúde e suas principais atividades econômicas são as indústrias de máquinas, automobilística, siderúrgica, metalúrgica pesada, autopeças e mecânicas.

A rodoviária da cidade conta com rotas municipais, intermunicipais e estaduais, atendendo mais de 250 cidades do Brasil e os principais trechos são: Sorocaba - São Paulo; Sorocaba - Santos; Sorocaba - Rio de Janeiro; Sorocaba - Guarulhos e Sorocaba - Belo Horizonte.

Hospedagem e Alimentação

Os custos de deslocamento, hospedagem e alimentação durante o período do evento serão de responsabilidade dos participantes.

A cidade conta com diversas opções de hospedagem. Abaixo compartilhamos lista dos principais hotéis:

Novotel Sorocaba

Av Profª Izoraida Marques Peres, 770 - Parque Campolim, Sorocaba / (19) 4560-0490 / https://www.accorhotels.com/gb/hotel-9456-novotel-sorocaba/index.shtml

All Inn Sorocaba

Avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3541 | Além da Ponte, Sorocaba

Grand Hotel Royal

Rua Dr. Alvaro Soares 451 | Centro, Sorocaba / (15) 2102-8900 / www.grandhotelroyal.com.br

Ibis Budget Sorocaba

Av. Prof.ª Izoraida Marques Peres 770 | Parque Campolim, Sorocaba, Estado de São Paulo 18048-110, Brasil / (11) 3957-9160 / www.accorhotels.com/pt-br/hotel-9450-ibis-budget-sorocaba

Nacional Inn Sorocaba

Rod. Sen. Jose Ermirio de Moraes km 2,6 | Rod. Castelinho km 2,6, Sorocaba / www.nacionalinn.com.br/hotel-sorocaba/nacional-inn

Dan Inn Sorocaba

Av. Afonso Vergueiro, 1850, Sorocaba / (15) 3412-5100 

https://pt-br.facebook.com/pg/HotelDanInnSorocaba/

Transamerica Executive Sorocaba

Av. Prof.ª Izoraida Marques Peres, 193, Sorocaba / (15) 3224-7500 reservas.sorocaba@transamerica.com.br

Sorocaba Park Hotel

Rua Professor Joaquim Silva 205 | Bairro Alto da Boa Vista, Sorocaba / (15) 3042-0097 / Central de Reservas: (15) 2101-2822 / reservas@parkhotel.com.br / http://sorocabaparkhotel.com.br/

Ibis Sorocaba

Rua Senhora Maria Aparecida Pessoti Milego, 290 | Parque Campo Limpo, Sorocaba

(15) 2101.6300 / H2907-RE@accor.com.br

+ informações: bobw2019@sescsp.org.br

Outras programações

Meio Ambiente

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

SESC Sorocaba

Saiba mais

Meio Ambiente

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

SESC Sorocaba

Saiba mais

Meio Ambiente

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

SESC Sorocaba

Saiba mais

Meio Ambiente

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

Corpos, Territórios e Saberes: modos de agir e pensar nos ambientes

SESC Sorocaba

Saiba mais