Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Abril Indígena Guarani: Kaiowá, Ñandeva e Mbya

Saberes de mulheres guarani | Foto: Acervo RAJ
Saberes de mulheres guarani | Foto: Acervo RAJ

Oficinas, bate-papo e exibição de documentário: o Sesc Avenida Paulista recebe neste mês a ação em rede Abril Indígena, com programação livre e gratuita. As atividades que acontecem entre os dias 5 e 7, sexta a domingo, reúnem representantes mulheres das etnias Guarani Kaiowá, Ñandeva e Mbya, do Mato Grosso do Sul e São Paulo, debatendo sobre a importância das trocas culturais indígenas, dos cuidados sobre a terra, convívios e corpo.

Dia 5, às 14h, o projeto abre com a oficina Corpo e Terra: Saberes de Mulheres Guarani. Dia 6, às 14h, Agrobiodiversidade e Medicina Guarani o tema é sobre os remédios e alimentos, enfocando a agrobiodiversidade e a medicina guarani. Dia 7, às 11h, o debate é a respeito da Educação sob a Perspectiva Guarani: As Crianças e o Cuidado com o Corpo. Na mesma data, às 15h, as atividades se encerram com a exibição do minidocumentário “Kuña Reko: Mulheres Kaiowa e Guarani”, seguida de bate-papo com equipe idealizadora e lideranças indígenas.

São mais de 305 etnias indígenas em território brasileiro que estabeleceram modos de ser e de bem-viver por meio de suas relações culturais e sociopolíticas. Nesse aspecto, a proposta do projeto é abordar o engajamento político e cultural das diversas etnias, assim como evidenciar o protagonismo indígena no exercício ativo da cidadania e na defesa de direitos que visam à construção de uma sociedade mais equitativa e democrática.

Abaixo, confira a programação completa:

Corpo e Terra: Saberes de Mulheres Guarani

A oficina que acontece dia 5, sexta, reúne mulheres Guarani Kaiowá, Ñandeva e Mbya, das regiões de São Paulo e Mato Grosso do Sul sobre diferentes saberes que envolvem as questões do corpo e da terra, desde as roças e a agrobiodiversidade até os alimentos verdadeiros, remédios, resguardos, partos e cuidados com os filhos.

Participam Janete Alegre, Kaiowa Guarani, da Reserva Indígena de Amambai e Retomada Kurusu Amba, Liderança do Kuñangue Aty Guasu (Grande Assembleia das Mulheres Kaiowa e Guarani) do Mato Grosso do Sul.

Leila Rocha, Guarani Ñandeva, da Retomada Yvy Katu, Liderança do Kuñangue Aty Guasu (Grande Assembleia das Mulheres Kaiowa e Guarani) em Mato Grosso do Sul.

Jera Poty Miri, Guarani Mbya, liderança na retomada Kalipety em São Paulo.

E Lauriene Seraguza, antropóloga, doutoranda no PPGAS USP – Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de São Paulo –, com experiência de trabalho com os povos Guarani e Kaiowa, e ênfase nas mulheres.

Quando: Dia 5/4. Sexta, 14h.

Local: 4º andar – Tecnologias e artes

Ingressos: Gratuito. Entrega de ingressos no local com 30 min. de antecedência.

 

Agrobiodiversidade e Medicina Guarani

É a oficina do dia 6, sábado, com a presença de representantes Guarani Ñandeva que vivem em Mato Grosso do Sul, sobre a medicina e a agrobiodiversidade Guarani.

Jacy Duarte Vera, da Terra Indígena Yvykuarusu/Takuarty, é professora licenciada em Ciências da Natureza na Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal da Grande Dourados, professora da escola indígena Pancho Romero, no município de Paranhos, em Mato Grosso do Sul.

Holanda Vera, da Retomada Ypo´i, é professora licenciada em Ciências Humanas na Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal da Grande Dourados, professora da escola indígena em Ypo´i, no município de Paranhos, em Mato Grosso do Sul.

 

Quando: Dia 6/4. Sábado, 14h.

Local: 4º andar – Tecnologias e artes

Ingressos: Gratuito. Entrega de ingressos no local com 30 min. de antecedência.

 

Educação sob a Perspectiva Guarani: As Crianças e o Cuidado com o Corpo

Com Jacy Duarte Vera e Holanda Vera, dia 7, domingo, acontece a oficina sobre educação com as crianças e o cuidado com os corpos, desde a gestação, com rezas e usos de remédios tradicionais, para garantir a integridade dos corpos das crianças e mulheres.

Quando: Dia 7/4. Domingo, 11h.

Local: 4º andar – Tecnologias e artes

Ingressos: Gratuito. Entrega de ingressos no local com 30 min. de antecedência.

 

 

“Kuña Reko: Mulheres Kaiowa e Guarani” (BRA, 2018)

Ainda no dia 7, domingo, há a exibição do minidocumentário “Kuña Reko: Mulheres Kaiowa e Guarani” seguido de bate-papo com direção – Ruy Sposati e Célia Foster; Lauriene Seraguza (mediação) – e lideranças indígenas – Janete Alegre e Leila Rocha.

O trabalho é resultado de uma pesquisa sobre a mulher indígena Guarani e Kaiowá da região do Mato Grosso do Sul. Sobre a luta por direitos, das mulheres parteiras, rezadoras, estudantes, pesquisadoras e lideranças, nas falas sobre o passado, o presente, a relação com os homens e com o mundo não indígena.

Direção: Célia Foster, Lauriene Seraguza e Ruy Sposati.

Duração: 16 min.

Ruy Sposati é jornalista com ampla experiência de trabalho com os povos Guarani e Kaiowa, realizador e diretor do filme.

Célia Foster Silvestre é socióloga, com ampla experiência de trabalho com os povos Guarani e Kaiowa, professora da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, realizadora e financiadora do filme a partir do projeto de extensão Ojapo Tape Oguata Hina (Proext/MEC/UEMS 2015).

Quando: Dia 7/4. Domingo, 15h.

Local: 13º andar – Arte II

Ingressos: Gratuito. Entrega de ingressos no local com 30 min. de antecedência.

Outras programações

Ações para a Cidadania

Conversas com Educadores - A Poética do Encontro e a Jardinagem dos Afetos

Conversas com Educadores - A Poética do Encontro e a Jardinagem dos Afetos

SESC Avenida Paulista

Saiba mais

Tecnologias e Artes

Orientação de Projetos em Fabricação Digital

Orientação de Projetos em Fabricação Digital

SESC Avenida Paulista

Saiba mais