Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Assombroso: especial circense leva mágica e ilusionismo para o Sesc Sorocaba

Espetáculo
Espetáculo "A Arte do Ilusionismo" (Foto: Mirella Ghiraldi)

Provocar no público uma sensação de assombro, uma mistura de espanto, intriga e maravilhamento, foi o principal propósito do especial Assombroso, destaque da programação do Sesc Sorocaba no mês de setembro. E, de acordo com Gilcemar Borges, técnico responsável pela linguagem de Circo na unidade, o encontro de mágicos atingiu seu objetivo.
 

Espetáculo "Via Mágica". Foto: Lilian Ambar/Sesc


A arte mágica e o ilusionismo encantaram – e levaram à diversos questionamentos – um público formado por mágicos profissionais ou iniciados e apaixonados pelo tema. Durante quatro dias, quem passou pelo Sesc Sorocaba escolheu entre espetáculos, intervenções, oficinas e bate-papos, dentro de uma programação híbrida, desenhada justamente para públicos heterogêneos.


Intervenção "Matcha". Foto: Mirella Ghiraldi/Sesc


Gilcemar destaca que o especial foi pensado para apresentar e discutir novas perspectivas acerca da arte mágica no Brasil e no mundo. “A proposta foi abordar prática, teoria e formação do artista em um universo de conhecimento que até os dias de hoje permanece bastante misterioso”, ressalta.

Para isso, foram convidados diversos profissionais de mágica e ilusionismo do país e o público trilhou dois caminhos: contemplar espetáculos e permanecer com o sentimento de assombro ou aprender técnicas mágicas e compreender os segredos por trás da ilusão.
 

Mágica de proximidade: "O Assombro Visto de Perto". Foto: Mirella Ghiraldi/Sesc


Entre as diversas atrações do especial, o destaque foram os espetáculos que lotaram o teatro e, segundo Gilcemar, isso evidencia que a mágica tem um espaço no gosto popular. “As pessoas gostam de mágica, mas não há tanta oferta, principalmente de espetáculos”, avalia.

"Este encontro representa um grande passo para a arte mágica no país, propondo momentos de discussão entre os profissionais que levantaram questionamentos sobre a execução do ofício e, principalmente, o intercâmbio de ideias sobre números, rotinas e soluções para se perpetuar o assombro nas futuras plateias. Fora os mágicos de Sorocaba e região, vieram profissionais de outros estados do país, como Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. O ponto alto sem dúvida foi o encantamento do público com as atividades do encontro, desde as intervenções, passando pelos espetáculos e incluindo as atividades formativas. A sensação que fica é que estamos no caminho certo para uma formação de público consciente e mais crítico com esta especialidade circense. Que venham os próximos números!”, finaliza Gilcemar.

 

Outras programações