Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Sesc na Longevidade Expo + Fórum

Estande do Sesc, na Longevidade Expo + Fórum, apresentação de karatê | Foto: Alexandre Nunis
Estande do Sesc, na Longevidade Expo + Fórum, apresentação de karatê | Foto: Alexandre Nunis

De 29 de setembro ao dia 1 de outubro o Sesc São Paulo marcou presença na Longevidade Expo + Fórum, um evento profissional sobre qualidade de vida e longevidade, dirigido a pessoas com mais de 50 anos.

A população brasileira está envelhecendo e a expectativa de vida crescendo. Atualmente são 51 milhões de brasileiros com 50 anos de idade ou mais, e em apenas 12 anos serão 72 milhões. 

Novas necessidades e diferentes hábitos de consumo vêm se formando. Este público tem ficado cada vez mais exigente em suas escolhas, muitos adotam experiências mais racionais de consumo, além de buscarem estar conectados ao mundo tecnológico e cada dia mais digital.

Diante deste cenário, as pessoas idosas são vistas como público em potencial para os mais diversos segmentos. Além das oportunidades que vêm se formando no mercado, tendências e ofertas de produtos, é sempre importante pensar em serviços que proporcionem bem-estar e qualidade de vida.

Baseado nas ações que acontecem diariamente em suas unidades, dentro do Programa Trabalho Social com Idosos, que oferece atividades artísticas, físicas e sociais, para refletir sobre o envelhecimento, desenvolver novas habilidades e estimular a integração com as demais gerações, por meio dos eixos de arte e expressão, corpo e movimento e sociedade e cidadania, o Sesc São Paulo participou da Longevidade Expo + Fórum, que aconteceu de 29 de setembro ao dia 1º de outubro no Expo Center Norte.

Além do estande interativo onde aconteceram várias ações ao mesmo tempo, proporcionou uma extensa programação com literatura, bate-papos, vivências esportivas, intervenções artísticas e de turismo social, apresentações de música, dança e circo.

Durante os três dias, os idosos frequentadores de unidades do Sesc se apresentaram em saraus, corais, ginásticas e capoeiras, performances de karatê e convidaram o público a dançarem flamenco.

Além disso, refletindo sobre o papel da sociedade na sustentabilidade do planeta, Thiago Rezende ministrou a oficina de crochê Homem na Agulha. Utilizando materiais e objetos descartados, João Sobral construiu instrumentos inusitados e fez uma apresentação musical. Todos dançaram no Baile Silencioso com a DJ Simoníssima. E na intervenção Empresta o Teu Sorriso? O fotógrafo Thiago Bugallo ganhou diversos sorrisos e construiu um painel com todos eles.

Para complementar houve um bate-papo com o jornalista Paulo Markun, que participou da direção da série Envelhecer, produzida pelo Sesc TV e que vai ao ar em 2020; um bate-papo sobre acessibilidade com a socióloga Marta Gil; um recital com o escritor Ignácio de Loyola Brandão e Rita Gullo; dança-teatro, com Denise Namura; o espetáculo Mário de Andrade Desce aos Infernos, com Pascoal da Conceição; no palco principal, o jazz dançante da Paulistânia Swing Band.

E, no último dia, interpretando poemas e canções que retratam o envelhecimento, Zezé Motta se apresentou no palco principal com a performance Reflexos do Tempo, participando, também, da abertura da Mostra Sentidos – A Longevidade na Arte, que, em celebração ao Dia Internacional da Pessoa Idosa, acontece em todas as unidades do Sesc São Paulo (clique aqui para saber mais). Durante o evento, Zezé tirou um tempinho para falar com a Revista Eonline, confira abaixo e veja em fotos tudo o que rolou.

 

 

Sesc na Longevidade Expo + Fórum

#SescnaLongevidadeExpo

Outras programações