Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Acompanhe a programação #EmCasaComSesc

Esta semana tem mais transmissões ao vivo de Música, Teatro, Dança e Crianças no #EmCasaComSesc. As apresentações são realizadas de terça à domingo, às 19h, com exceção da programação infantil, transmitida às 15h no sábado. As lives acontecem diretamente da casa ou do estúdio de trabalho dos artistas, seguindo as medidas mais restritivas estipuladas pelo Plano São Paulo no combate à pandemia. Tudo pensado para você e os artistas continuarem curtindo e produzindo arte e cultura em segurança.

Na terça (13), dia de instrumental no Música #EmCasaComSesc, Fábio Zanon apresenta diretamente de São Paulo a live "Diário do Confinamento". O músico passeia pelo repertório para violão solo de compositores brasileiros populares, como Hélio Delmiro, Armandinho e Eraldo Pinheiro, e eruditos, como o britânico Benjamin Britten (1913-1976) e os espanhóis Joaquin Rodrigo (1901-1999) e Federico Torroba (1891-1982).  

O Teatro #EmCasaComSesc recebe na quarta (14) o espetáculo “Uma Praiazinha de Areia Bem Clara, Ali, na Beira da Sanga”, dirigido por Cássio Scapin e interpretado por Ando Camargo. Com texto de Caio Fernando Abreu (1948-1996), o solo transmitido de São Paulo traz um rapaz que escreve em seu quarto de pensão uma carta ao melhor amigo, longe há sete anos. Através de suas lembranças, ele busca encontrar uma identidade em meio à dureza e ao caos de uma grande metrópole.

Na quinta (15), o Dança #EmCasaComSesc apresenta diretamente de Campinas o espetáculo “NADA”, da artista da dança e professora Letícia Rodrigues. Acompanhada pelo compositor, violonista e cantor Gustavo Infante, ela investiga a relação da dança com a arquitetura inflável, estabelecendo um diálogo espaço-temporal entre corpo, som e habitação. A obra inédita parte do conceito de nada do filósofo francês Jean-Paul Sartre (1905-1980), onde não se pode conhecer o nada fora do ser. Através da transmutação de uma simples estrutura criada com o corpo em dança e a música ao vivo, o nada surge como possibilidade de articular questões inerentes ao corpo na contemporaneidade.

O sextou (16) fica por conta da cantora e compositora Maria Luiza Jobim. Diretamente do Rio de Janeiro, a filha de Tom Jobim (1927-1994) apresenta no Música #EmCasaComSesc uma live intimista com repertório exclusivo. Do pop à bossa nova, grandes clássicos ganham versões em sua voz suave acompanhada pelo violão de Lucas Vasconcellos. A artista foi vocalista da banda Baleia e fez parte do duo de música eletrônica Opala, com Lucas de Paiva. Em 2019, estreou seu primeiro álbum de estúdio, “Casa Branca”.

O fim de semana começa com programação para toda a família no Crianças #EmCasaComSesc. No sábado (17), a Cia Cabelo de Maria transmite de São Paulo o show “Ping Pong”, com Renata Mattar e Gustavo Finkler. Misturando vários ritmos e estilos da música regional com o realismo fantástico, o folclore brasileiro e o humor, a live trabalha a diversidade de várias maneiras. As canções falam de personagens que são “diferentes”, como uma centopeia que tem uma perna mais curta que as outras e uma menina que sabe criar ventos, ventinhos e ventanias.

A programação segue no sábado à noite com o show de Almério no Música #EmCasaComSesc. Diretamente de Recife, o cantor apresenta músicas de “Desempena Vivo”, obra lançada durante a pandemia em formato DVD e disco ao vivo, além de números solos de “Acaso Casa” e canções inéditas criadas durante o isolamento - e que farão parte do seu próximo trabalho autoral. A live conta com a participação de Juliano Holanda (guitarra), também responsável pela direção musical do show, e de Roger Victor (baixo acústico). 

No domingo (18), o espetáculo “Descartes com Lentes” sobe ao palco virtual do Teatro #EmCasaComSesc. Criado pela companhia brasileira de teatro em 2009, o solo traz à cena um conto do escritor Paulo Leminski (1944-1989) interpretado por Nadja Naira e dirigido por Marcio Abreu. Apresentada da sede do grupo, um prédio histórico do Largo da Ordem, no centro de Curitiba, a montagem ganha adaptações que a transformam em uma “performance-aula-memória”. No texto, Leminski imagina uma hipotética vinda do filósofo francês René Descartes ao Brasil a convite do conde Maurício de Nassau. Junto com sua comitiva, repleta de cientistas, naturalistas, desenhistas e pintores, Descartes tenta desvendar e descrever as excentricidades e belezas do país tropical.

Para assistir aos shows e aos espetáculos você já conhece o esquema: as lives acontecem no perfil do Instagram do Sesc Ao Vivo (@SescAoVivo) e no canal do YouTube do Sesc São Paulo (Youtube.com/sescsp), sem a necessidade de cadastro ou agendamento prévio. Você também pode acessar as playlists pelas linguagens para curtir os shows e espetáculos disponíveis no nosso acervo e continuar desfrutando de arte e cultura sem sair de casa.

 

Música #EmCasaComSesc

 

 

Teatro #EmCasaComSesc

Voltar ao topo

 

 

Dança #EmCasaComSesc

Voltar ao topo

 

Crianças #EmCasaComSesc

Voltar ao topo

 

Acompanhe os nossos canais sociais: @SescAoVivo no Instagram e na página do SescSP no Youtube (Youtube.com/sescsp). 

Iniciativa do Sesc São Paulo para ampliar a sua ação cultural, o #SescAoVivo proporciona o encontro do público com artistas das mais diversas linguagens e estilos, em ambiente digital.

+ Sesc Digital

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. Por essa razão, o Sesc apresenta o Sesc Digital, sua plataforma de conteúdo: www.sescsp.org.br/sescdigital

#EmCasaComSesc #SescAoVivo