Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

É tempo de retomada do fazer cultural: pós-pandemia, o desafio à criatividade

Por André Locatelli e Johnny Abila*

Com as medidas de isolamento social para conter a disseminação do coronavírus no Brasil, shows, apresentações teatrais, sessões de cinema, exposições, práticas esportivas e outras atividades socioculturais, que já durante uma suposta normalidade são considerados como contrapeso ao estresse e às pressões do modo de vida contemporâneo, em tempos de pandemia foram suspensas, nos deixando à mercê de uma realidade com mais desafios do que antes. Para termos uma dimensão quantitativa, só no Estado de São Paulo quase 1,5 milhão de pessoas vivem da cultura e ainda não há uma data concreta para a retomada pena dessas atividades.

Grupo Z4. Foto: Evelson Freitas

Visto a quantidade de reportagens, entrevistas e artigos sobre o assunto, temos dados suficientes para afirmar que o setor cultural, no Brasil e no mundo, foi um dos mais atingidos pela crise. Por outro lado, podemos acreditar que esse setor terá um relevante protagonismo socioeconômico durante a retomada pós-pandemia. Mas para que isso aconteça é necessário um forte investimento na realização de políticas que reforcem os fundos públicos e, ao mesmo tempo, nas instituições que financiam as atividades culturais.

Torna-se urgente discutir como a arte, que respira junto com o povo e dele emana, vai conviver com o futuro de máscara e distanciamento social. Os efeitos da parada brusca e prolongada devem acompanhá-la ainda por muito tempo e, consequentemente, mudar a sua forma de consumo. É essa situação que nos estimula a ajudar a manter acesa a chama da cultura e da economia criativa das cidades, em um trabalho de resgate dos seus agentes e valorização da cultura local, pois de modo geral a produção independente e pequenos artistas que necessitam do ofício para sobreviver, são os mais prejudicados pela situação. Por isso, uma das diretrizes para a retomada das ações do Sesc Guarulhos é ampliar a voz desses produtores, técnicos e artistas por meio do diálogo, da troca de ideias, do desafio conjunto à criatividade.

Pegada de Gorila. Foto: Alexandre Leopoldino

O estímulo para apresentar propostas que garantam que a missão do Sesc, em seus diversos programas, seja amplificada e permita a continuidade de vínculos com os públicos prioritários e com as diversas comunidades que se beneficiam de nossas ações neste momento tão dramático, nos faz propor uma série de encontros virtuais com artistas e fazedores de cultura de Guarulhos para debater temas fundamentais do setor.

Neste sentido, o projeto GUARULHOS + CULTURA EM PAUTA se propõe a trazer à discussão de temas que serão abordados por profissionais de Guarulhos, das cidades do entorno atendidas pela Unidade, ou ainda, que digam respeito à realidade dessa região. As entrevistas, em formato de bate-papos e debates virtuais, proporcionarão aos artistas, diretores, produtores e técnicos – a toda a cadeia de produção da cultura - uma oportunidade de apresentar sua trajetória, a situação atual do seu trabalho, pontuando os desafios já existentes e as perspectivas para o futuro diante do cenário complexo causado pela pandemia, em todas as áreas. As conversas terão duração de 1h30 e contarão, como mediador, o jornalista e produtor cultural guarulhense João Perreka.

Ao todo serão 11 encontros que vão do jornalismo cultural - tema do encontro inicial - aos bastidores das ações e atividades culturais, passando pelas diferentes produções e desafios da cena local, que integram o fomento à Cultura e à economia do segundo município mais populoso do Estado de São Paulo.

Orquestra Jovem de Guarulhos. Foto: Ricardo Ferreira.

Confira o temas da nossa atividade de estreia:

1.    O Jornalismo Cultural em Tempos de Isolamento Social
Com Carla Valquiria Maio e Beatriz Mazzei Rodrigues Nogueira

Bate-papo virtual sobre os rumos e desafios do Jornalismo Cultural em tempos de isolamento social por conta da pandemia da Covid-19, pontuando os desafios existentes e as perspectivas para o futuro. Com Carla Maio, jornalista e produtora de conteúdo na Associação Cultural Rock Guarulhos e Beatriz Mazzei, jornalista e assessora de imprensa da banda As Despejadas, de Guarulhos. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural guarulhense, idealizador do festival Arrastão Cultural.
Dia 27/6, 16h às 17h30, no canal do YouTube do Sesc Guarulhos.
 

Além deste, outros temas serão desenvolvidos em nossos bate-papos. Dê uma olhada e confira em nossa página do Facebook e do Instagram a programação com datas e horários.


2.    Cultura Popular - Como Resistir em Tempos de Isolamento Social
Com Diego Manoel Dionisio e Douglas Oliveira Cruz

Bate-papo virtual sobre os rumos e desafios na preservação, difusão e manutenção dos trabalhos em cultura popular e tradicional em tempos de isolamento social, pontuando os desafios existentes e as perspectivas para o futuro. Com Douglas Cruz, do Instituto Marungo de Cultura, e Diego Dionísio, produtor de cultura popular na Tádito Produções. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
3.    Fundamentos e importância das Redes Sociais em Tempos de Pandemia e Pós Pandemia
Com Bianca de Almeida Rosa e Lidia Martiniano de Oliveira

Redes Sociais não servem apenas para interagir com amigos, se informar ou ser um depositório de fake news. Atualmente são plataformas de negócios e palco para artistas e produtores divulgarem seus trabalhos. Nesse bate-papo virtual, Bianca Rosa e Bárbara Mascarenhas falam sobre o cenário atual, os desafios e perspectivas dessas plataformas no cenário de pandemia. Com Bianca Rosa, social media da Rapper Bivolt, e Bárbara Mascarenhas, comunicadora na Rádio Geek. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
4.    Os desafios e soluções dos artistas do Alto Tietê nos tempos de Covid – 19.
Com Alex Aparecido Barbosa, Maria Izabel Jaccoud da Silva Santos e Robson de Freitas Cavalcanti

Artistas e produtores debatem sobre as dificuldades e soluções encontradas sob um cenário de adversidade. Com o isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, artistas de todas as áreas têm buscado soluções para enfrentar esse momento conturbado, que, com a paralisação das atividades, reforça as dificuldades históricas da área, como a falta de incentivo e de ações a longo prazo. Robson Freitas é produtor do Reliquia Dub Sistema de Som de Itaquaquecetuba - SP, Alex Man é Rapper da cidade de Arujá e Maria Izabel Jaccoud é integrante do Sarau Galeria e dançarina da cidade de Suzano , Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural.
 
5.    Percepções Sobre o Teatro e o Cinema Durante a Quarentena
Com Rodrigo Pignatari e Janaina de Oliveira Reis

Teatros e cinemas foram dois dos espaços mais afetados pelas normas de isolamento social impostas pela pandemia. Os profissionais desse setor estão passando por um momento difícil, mas de muita reflexão e necessidade de reinvenção. Neste bate-papo virtual, Janaina Reis e Rodrigo Pignatari debatem sobre esse setor. Com Rodrigo Pignatari, do grupo de teatro Glacê, e Janaina Reis, da Cia Bueiro Aberto. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
6.    Reflexões Fotográficas em Tempos de COVID-19
Com Daniela Eugênio Tavares de Souza e Moacir Tadeu Barbosa Junior

A fotografia sempre teve um papel importante em registrar os instantâneos de uma época, congelar o tempo através do olhar do fotógrafo. Neste bate-papo virtual, Ana Joanah e Moah Bufallo debatem sobre as questões envolvidas na produção e exposição da fotografia em tempo de pandemia.
Com Ana Joanah, fotógrafa e idealizados do Projeto Essência, e Moah Bufallo, fotógrafo do Coletivo Manifeste. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
7.    O Grafite e seus Desafios na Quarentena.
Com Marcos Paulo Feliciano e Ricardo Célio Silva de Santana

O grafite como uma linguagem artística surgida e exercida nas ruas vem sofrendo, como poucas linguagens, os efeitos da pandemia e do isolamento social. Neste bate-papo os grafiteiros Marcos Paulo “Pato” e Ricardo “Célio” conversam sobre o tema, o cenário do grafite em Guarulhos, os desafios e perspectivas dessa forma de expressão e como a pandemia apresenta desafios para os artistas locais. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 

8.    Backstage - O Trabalho dos Técnicos e Produtores Musicais Durante a Pandemia
Com Rafael Segovia e Silva e Rafael da Silva

Bate-papo virtual sobre os rumos e desafios dos profissionais do backstage, que trabalham atrás dos bastidores, como roadies, técnicos de som e produtores, em tempos de isolamento social por conta da pandemia da Covid-19, pontuando os desafios existentes e as perspectivas para o futuro. Rafael Segovia é técnico de som das bandas Carbônica, os Alambiques e Banda Bicho;  Rafael Moikano é produtor musical no estúdio Take on Trago. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
9.    Produzindo Música Em Casa. Criação de Música e Clipes
Com Victor de Carvalho Lima e Bruno Berkeras (Dj Bb Jupteriano)

Bate-papo virtual sobre como a pandemia e o isolamento social afetou o trabalho de produtores musicais e como as alternativas de produção de conteúdo, tendo a casa como estúdio e a internet como palco, se tornaram o novo normal. Bb Jupteriano é DJ, produtor musical e integrante do Baquira Sistema de Som; e Victor Cali, produtor de videos e clipes e idealizador do canal Peixe Barrigudo. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
10.  Produção de Shows Online
Com Leandro Varnauskas dos Santos e Tatiana Macedo de Medeiros

Lives, ou apresentações ao vivo online, explodiram após as medidas de isolamento social implementadas devido à pandemia causada pelo coronavírus, causador da Covid-19. Neste bate-papo virtual, Leandro Varnauskas e Tata Medeiros conversam sobre as limitações do formato, a cena guarulhense na internet e como o modelo pode ser incorporado pelos artistas no pós-pandemia. Varnauskas é produtor musical no Estúdio Magetronic e Tata Medeiros é cantora. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.
 
 
11.  A Importância da Literatura e da Poesia em Tempos de Covid -19.
Com Rosângela Morais de Souza  e Luciene Vignoli Muller

Todas as formas de arte têm tido um papel fundamental nessa época de isolamento social e um aumento compulsório do tempo livre, entre elas a literatura. Neste bate-papo virtual, Rosinha Morais e Luciene Muller debatem sobre isso sob a perspectiva de quem produz literatura e vivencia os desafios da linguagem na cidade. Rosinha Morais, poeta e fundadora do Slam do Prego, e Luciene Muller, escritora. Mediação de João Perreka, jornalista e produtor cultural. Todos da cidade de Guarulhos.

*André Locatelli é Supervisor do Núcleo Artístico no Sesc Guarulhos e Johnny Abila é coordenador de programação também do Sesc Guarulhos.