Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Virtualizando a Produção Artística - Acompanhamento Curatorial para Artistas

"Pontos de Contato" (obra d’O Grupo Inteiro, trabalho apresentado no aarea.co, em 2019)

A partir do dia 21/9 começa o curso Virtualizando a Produção Artística - Acompanhamento Curatorial para Artistas, com Lívia Benedetti e Marcela Vieira, fundadoras da plataforma aarea.

A atividade visa situar a produção de arte contemporânea produzida na internet, estimulando e auxiliando artistas a pensarem suas produções nesse contexto. Mesmo que não tenham experiência prévia em obras digitais, os inscritos serão convidados a pensar em projetos para a internet, partindo das condições próprias desse ambiente e exercitando essa linguagem. Ao longo de oito semanas, o programa compreenderá encontros online em que os artistas possam tanto desenvolver suas pesquisas individuais com acompanhamento das curadoras, quanto se apresentar coletivamente, trazendo ao grupo questionamentos de suas produções em curso e/ou atuais pesquisas.

Serão cinco encontros coletivos, nos dias 21, 22 e 24/9, 9/10 e 13/11, das 10h às 12h30, e encontros individuais, a serem agendados ao longo da atividade. O cronograma completo será enviado aos participantes selecionados.

Também prevê aulas abertas ao vivo, no canal do Sesc Avenida Paulista no Youtube, com artistas que já participaram da criação de obras de arte em contexto digital para a plataforma aarea. Bruno Moreschi, Mayana Redin e Nuno Ramos apresentarão as obras que criaram para o aarea e discutirão como o digital e a internet influenciaram a sua produção artística.

Livia Benedetti e Marcela Vieira são cofundadoras do aarea, site de arte fundado em 2017, que comissiona e exibe trabalhos artísticos concebidos especialmente para a internet. O formato inovador do site, que não conta com qualquer forma de mediação, e exibe apenas um trabalho a cada edição, convidando artistas que não costumam produzir para o ambiente virtual, faz do aarea uma iniciativa inédita, no Brasil, de circulação de trabalhos de arte no ambiente virtual. As atividades do aarea também se estendem para além do site, em programas públicos de encontros, curadorias e parcerias com outras instituições, a partir de uma perspectiva pós-digital. O aarea já realizou projetos e parcerias com instituições como Centro de Pequisa e Formação - SescSP, CCA Wattis Institute (São Francisco - EUA), Jeu de Paume (Paris), Salão Nacional de Bogotá (Colômbia), Pivô, SP-Arte, entre outros.
 


"House of Seneb" (obra de Tabita Rezaire e Alicia Mersy, trabalho apresentado no aarea, em 2019)


INSCRIÇÕES

A atividade é voltada para artistas em início de carreira, preferencialmente aqueles que não trabalhem costumeiramente com ferramentas e plataformas digitais em sua pesquisa e fazer artísticos.

Vagas limitadas. Para inscrever-se, os interessados deverão enviar portfólio artístico em formato PDF (até 6 páginas) e carta de intenção (até uma página) para o email cursos@avenidapaulista.sescsp.org.br. Serão aceitas inscrições até o dia 15/9, às 20h. Os selecionados serão avisados por email até o dia 19/9.

AULA ABERTAS

Dia 8/10 (quinta), 19h às 21h
A Ocupação do Espaço Virtual | Com Nuno Ramos
Em 2017, Nuno Ramos apresentou "Lígia" no site de arte aarea, e, desde então, muito da sua produção artística migrou para a internet. Nesta conversa, Nuno apresenta os trabalhos que fez especificamente para a internet e observa as questões envolvidas na ocupação do espaço virtual. Mediação: aarea

Nuno Ramos é artista plástico e escritor. Sendo um artista múltiplo, sua produção vai desde a literatura até instalações, passando pela pintura, e mais recentemente, performances que pressupõem transmissão ao vivo pela internet. Artista plástico e escritor, participou de diversas exposições individuais e coletivas, incluindo a Bienal de Veneza de 1995 e a 29ª Bienal Internacional de São Paulo em 2010.


Dia 22/10 (quinta), 19h às 21h
A precarização do trabalho na internet | Com Bruno Moreschi

O artista Bruno Moreschi, que apresentou junto ao seu grupo de pesquisa GECID/USP o projeto "Exch w/ Turkers" em 2020 em www.aarea.co, apresenta ao público seu trabalho, que há anos incorpora o digital. O artista irá também se aprofundar no tema ao qual vem se dedicando: a precarização do trabalho na internet, mais especificamente relacionado ao treinamento de Inteligências Artificiais. Mediação: aarea

Bruno Moreschi é um artista multidisciplinar, PhD em Artes Visuais (Universidade Estadual de Campinas, com intercâmbio na Universidade de Artes de Helsinki), com projetos relacionados à desconstrução de sistemas e à decodificação de procedimentos e práticas sociais nestes espaços de poder. Teve projetos reconhecidos por bolsas, exposições e instituições como Van Abbemuseum, 33ª Bienal de São Paulo, Prêmio Rumos, Funarte, IDFA Festival, Capes e Fapesp. Atualmente, é pesquisador sênior do Center for Arts, Design and Social Research (CAD+SR), pesquisador do projeto Histories of AI: Genealogy of Power (Departamento de História e Filosofia da Ciência, da Universidade de Cambridge) e artista residente do Inova USP – Centro de Inovação da Universidade de São Paulo.


Dia 6/11 (sexta), 19h às 21h
A Internet e o Audiovisual | Com Mayana Redin

A partir de seu trabalho "Filme roubado", apresentado no aarea em 2018, a artista Mayana Redin fará aula aberta tocando em pontos que relacionam internet e audiovisual, tendo em mente apropriação, manipulação e representação da imagem que se encontra disponível na internet. Mediação: aareaMayana Redin vive e trabalha no Rio de Janeiro, tem Doutorado em Linguagens Visuais na EBA-UFRJ e atua como docente no curso de Artes Visuais/Escultura na mesma instituição. Mayana já participou de diversos projetos expositivos em instituições como Pivô (São Paulo), Brandts Museet (Dinamarca), Galeria Silvia Cintra + Box 4 (Rio de Janeiro), Palácio das Artes (Belo Horizonte), entre outros.
 

Outras programações