Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Sesc Guarulhos recebe maior retrospectiva já feita sobre os 50 anos da obra de Ivald Granato

Ivald Granato nasceu em Campos dos Goytacazes (RJ) em 1949, foi pintor, gravador, desenhista e artista multimídia. Por duas vezes, recebeu o prêmio de melhor desenhista do ano pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). Suas pinturas recebiam pinceladas rápidas, contornos impressionantes, cores fortes e contrastantes de caráter fantástico e comumente autobiográfico.
 

Hector Babenco, Ivald Granato e Raquel Arnaud na performance “Mitos Vadios”, idealizada por Granato em 1978.Foto: Reprodução/Acervo Ivald Granato


A partir de 10 de novembro de 2020, o Sesc Guarulhos recebe a mostra My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou. Com curadoria de Daniel Rangel, a exposição fica em cartaz até 20 de fevereiro de 2021, reunindo mais de 500 obras e documentos, em suportes analógicos e virtuais, que mapeiam 50 anos de trajetória dedicada à arte do multifacetado artista fluminense (1949-2016).
 

Foto: Reprodução/Acervo Ivald Granato

 

O Artista

Ivald Granato começa a pintar muito cedo, inspirando-se em obras cubistas. Na década de 1970, produz obras que apresentam imagens viscerais, associadas a signos, grafites, grafismos e manchas. Produz várias séries de obras, mudando o estilo da composição a cada tema tratado. Sua obra destaca-se pela espontaneidade e vivacidade, apresentando pinceladas vibrantes e, muitas vezes, tintas escorridas. Em seu trabalho, está sempre presente o traço autobiográfico, como em Auto-Retrato no Quadro (1973). Já na tela Gata (1982), o artista se aproxima da arte pop, empregando cores muito contrastantes, como também ocorre em My Friends (1985). Granato apresenta obras que reúnem as referências ao cotidiano, o caráter fantástico e o erotismo. Desde os anos 1970, o artista realiza também várias performances, segundo a Enciclopédia Itaú Cultural.
 


Margot (1981), acrílica sobre tela, 200 x 150 cm, Coleção Maria Regina Baptista Pereira

 

A Exposição

A pintura é o eixo principal do conteúdo expositivo: são mais de 300, entre as dispostas no espaço físico e as distribuídas em galerias digitais, divididas a partir de vibrações cromáticas. Além das telas, desenhos, esculturas, arte postal, cadernos de artista, objetos, documentos e vídeos, em suportes analógicos e virtuais, dimensionam o seu legado.
 


Sem título, série head (Monalisa), s.d., reprodução fotográfica, 42 x 29.5 cm, Acervo Ivald Granato

“Ivald Granato possuía uma atitude roqueira que intervinha em quase tudo ao seu redor. Abordagens conectadas aos movimentos da história da arte, como o surrealismo, a action painting e a arte conceitual, a cultura pop e o estudo da cor. A mostra percorre a diversidade de sua trajetória, com uma narrativa delineada, sobretudo, por seu percurso como pintor”, comenta o curador Daniel Rangel.

“Aprendi com o Granato e com o (José Roberto) Aguilar o time da performance. A minha experiência de palco pela primeira vez foi com eles. Uma escola para as coisas que depois fui fazer com os Titãs e na vida”. Arnaldo Antunes 
 


Sem Título, c.1967, óleo sobre tela, 46 x 38 cm, Acervo Ivald Granato

Após uma primeira montagem no Sesc Belenzinho, onde foi vista por mais de 30 mil pessoas, a exposição – totalmente remodelada com novo projeto expográfico – terá entrada gratuita, sempre de terça a sexta, das 15h às 21h, e sábados, das 10h às 14h, mediante agendamento prévio, pelo site sescsp.org.br/guarulhos. As visitas à mostra têm duração máxima de 60 minutos e o uso de máscara facial é obrigatório para todos, durante todo o período. 

 

Montagem no Sesc Guarulhos

“Granato tinha uma compenetração que era de sua personalidade, mas, ao mesmo tempo, o relaxamento de gente da rua, do povo. O resíduo acadêmico dele era só um pequeno verniz. Sua expressividade era muito simples, popular”. Gilberto Gil

A exposição foi dividida em seis núcleos e busca revelar nuances do processo de criação e das memórias pessoais e artísticas de Granato.
 


Diogo Granato, filho de Ivald, em processo de remontagem do ateliê do artista no Sesc Guarulhos. Foto: Reprodução/Acervo Ivald Granato

Na Galeria, maior espaço da mostra, um conjunto de obras demonstra “a força do gesto, a expressividade, a cor, o movimento e a luminosidade que nortearam sua produção”, destaca o curador Daniel Rangel. “Uma linha do tempo parte de 1968 com seu estilo vinculado à pop art, passa pela ruptura do suporte e a figuração do corpo humano e encontra o abstracionismo, reunindo obras que integram acervos de instituições como a Pinacoteca do Estado de São Paulo e o MASP - Museu de Arte de São Paulo, coleções particulares e, em sua maioria, deixadas pelo artista com sua família”, detalha Rangel.

Performances traz fotos, vídeos originais e algumas peças de roupa e acessórios utilizados por Granato em ações performáticas que se tornaram icônicas, como Mitos Vadios (1978). Exibidas ao lado do vídeo-documentário experimental Ivald Granato in Performance, de Tadeu Jungle e Walter Silveira, compõem, na visão do curador, “um resumo divertido e escrachado de um artista que também sabia como atuar”.

Núcleo central da exposição, Ateliê é dedicada ao processo criativo do artista, apresentando centenas de objetos utilizados em suas pinturas e colagens. “São trenas, espelhos de tomadas, revistas, catálogos, luminárias e até vasos de cerâmica realizados por sua companheira, Lais Machado Granato, que recriam o espaço lembrado como um dos principais pontos de encontro da vanguarda paulistana da época”, conta o curador.

Outro segmento da exposição que dá a dimensão da importância da obra de Ivald Granato é a exibição de mais de 30 vídeo-entrevistas, dirigidas por Alice Granato, reunindo nomes como Gilberto Gil, Jorge Mautner, Claudio Tozzi, José Roberto Aguilar, Arnaldo Antunes, Barbara Gancia, Fernão Mesquita, entre outros. O conjunto responde à pergunta-chave da exposição: Quem é Ivald Granato?

“Ao fazer as vídeo-entrevistas, descobri mais e mais sobre ele. Sigo me surpreendendo com o que ouço, um presente. Sobre cada passo galgado, sobre como ele conduziu sua trajetória. Vi as peças se encaixarem e isso deu um sentido ainda mais amplo para sua existência e sua obra”, reflete Alice Granato.
 

Foto: Reprodução/Acervo Ivald Granato

 

ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA PARA VISITANTES

O Sesc São Paulo retoma, de maneira gradual e somente por agendamento prévio online, a visitação gratuita e presencial a exposições em suas unidades na capital, na Grande São Paulo, no interior e no litoral. Para tanto, foram estabelecidos protocolos de atendimento em acordo com as recomendações de segurança do governo estadual e da prefeitura municipal.

Para diminuição do risco de contágio e propagação do novo coronavírus, conforme as orientações do poder público, foram estabelecidos rígidos processos de higienização dos ambientes e adotados suportes com álcool em gel nas entradas e saídas dos espaços. A capacidade de atendimento das exposições foi reduzida para até 5 pessoas para cada 100 m², com uma distância mínima de 2 metros entre os visitantes e sinalizações com orientações de segurança foram distribuídas pelo local.

A entrada na unidade será permitida apenas após confirmação do agendamento feito no portal do Sesc São Paulo. A utilização de máscara cobrindo boca e nariz durante toda a visita, assim como a medição de temperatura dos visitantes na entrada da unidade serão obrigatórias. Não será permitida a entrada de acompanhantes sem agendamento. Seguindo os protocolos das autoridades sanitárias, os fraldários das unidades seguem fechados nesse momento e, portanto, indisponíveis aos visitantes.

ATENÇÃO

De acordo com o Decreto Municipal 37.178, Artigo 4, Item XII, de 03 de Setembro de 2020. "Por não se tratar de atividades essenciais e visando garantir a integridade física e a saúde das mesmas, fica proibida a presença de pessoas pertencentes ao grupo de risco ou com mais de 60 (sessenta) anos.”


Ficha Técnica

My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Curadoria: Daniel Rangel
Coordenação do educativo: Felipe Tenório
Projeto Expográfico: Marcus Vinícius Rocha
Design Gráfico: Guilherme Falcão
Produção Executiva: arte3 | Ana Helena Curti e Fernando Lion
Pesquisa Iconográfica e Coordenação Editorial: Alice Granato

Visitação

Até 20 de fevereiro de 2021
Terça a sexta, das 15h às 21h
Sábados, das 10h às 14h

Local
Espaço Expositivo - Térreo
Livre para todos os públicos

Para acesso a exposição é necessário emitir o ingresso aqui, a partir de 5/11, às 14h.

 

E online

My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
27/11/2020 a 27/11/2020
Sexta, 15h
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
27/11/2020 a 27/11/2020
Sexta, 16h30
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
27/11/2020 a 27/11/2020
Sexta, 18h
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
27/11/2020 a 27/11/2020
Sexta, 19h30
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
28/11/2020 a 28/11/2020
Sábado, 10h
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
28/11/2020 a 28/11/2020
Sábado, 11h30
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
O que:
My Name Is IVALD GRANATO Eu Sou
Quando:
28/11/2020 a 28/11/2020
Sábado, 13h
Onde:
SESC Guarulhos
Rua Guilherme Lino dos Santos, 1.200, Jardim Flor do Campo - tel.: (11)2475-5550
Quanto:
  • Grátis
Ver programação

Outras programações

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais

Artes Visuais

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

FARSA. Língua, fratura, ficção: Brasil-Portugal

SESC Pompeia

à venda na unidade a partir de
18/11

Saiba mais