Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Milton Hatoum: Um solitário a espreita

Amazonense, Milton Hatoum é ficcionaista e cronista<br>Foto: Divulgação
Amazonense, Milton Hatoum é ficcionaista e cronista
Foto: Divulgação

Dia 8/agosto, no Sesc Santos, autor faz bate-papo sobre seu mais recente livro A atividade faz parte do projeto Tarrafadas

Autor dos romances Relato de um Certo Oriente, Dois Irmãos, Cinzas do Norte e Órfãos do Eldorado, que fez a abertura da FLIP (Feira Literária de Paraty, em julho/2013) falando sobre a obra de Graciliano Ramos, o ficcionista e cronista amazonense conversará com os participantes sobre seu mais recente livro, Um solitário a espreita (crônicas), e sua trajetória literária.

Em Um solitário a espreita, Hatoum reuniu 96 crônicas publicadas em jornais e revistas durante dez anos. Organizados em quatro módulos, os textos tratam da memória, da realidade, da linguagem e dos afetos de maneira melancólica e, de certa forma, pessimista.A política também é um tema recorrente.

Nascido em Manaus, em 19 de agosto de 1952, Hatoum  também é tradutor e professor, sendo considerado um dos grandes escritores vivos do Brasil. Em suas obras costuma  falar de lares desestruturados com uma leve tendência política. Nas duas últimas, Dois Irmãos e Cinzas do Norte, ele faz uma sutil crítica ao regime militar brasileiro.

Mais

No site do autor você pode conhecer mais sobre sua obra e sua biografia.

Milton Hatou, um cronista à espreita (entrevista concedida à Revista Cult sobre o livro Um solitário a espreita)

Outras programações