Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Inscrições prorrogadas para a 24ª edição da Mostra de Arte da Juventude

Composição I, de Neco Soares
Composição I, de Neco Soares

Considerada um dos mais importantes projetos de estímulo à produção artística do Sesc Ribeirão Preto, a mostra teve inscrições prorrogadas até 15/setembro. Além do domínio da técnica, a inquietude da juventude é considerada matéria primordial nos trabalhos selecionados

Sem Nome - Ubirajara Junior

Ubirajara Júnior trabalha em seu próprio ateliê. Formado em Artes Plásticas pela Escola Panamericana de Artes, experimentou outras áreas do conhecimento antes de tornar-se artista: é bacharel com licenciatura em Letras pela Unicamp. Em 1993, aos 30 anos, Ubirajara inscreveu-se na Mostra de Arte da Juventude. Nela, o jovem – que atuava como artista plástico há apenas quatro anos - conquistou muito mais do que confiança: seu trabalho na modalidade "desenho – técnica mista", foi premiado com uma Exposição Individual. “Ter participado da Mostra trouxe maior visibilidade no cenário artístico. O prêmio foi um grande incentivo para continuar a desenvolver minha linguagem e meu trabalho como um todo”, comenta.

Ubirajara é um dos jovens talentos que passaram pela Mostra nos seus 24 anos de história. Além de revelar artistas promissores, o projeto ajuda os iniciantes a reconhecer seu trabalho e acompanhar o trabalho de outros artistas que também estão começando. É o que Neco Soares, participante da última edição (em 2012), na modalidade fotografia, reconhece: “trocar informações com os curadores e com outros artistas em início de carreira, ver o que estão produzindo, são experiências muito válidas”. As obras de Neco ilustram o material de divulgação da Mostra em 2013, como parte da premiação e reconhecimento por sua participação em 2012. Para Felipe Góes, hoje representado pela Central Galeria de Arte em São Paulo, os frutos da participação em 2010 são muito pessoais: “conheci outros artistas que hoje são grandes amigos”.

Instalação - Fernando Dias

Questões práticas, como recursos e estrutura, também são importantes para os jovens artistas. “A Mostra viabilizou um projeto de escala enorme e difícil execução”, conta Fernando Dias, que participou da 14° edição (2003) com uma instalação. “Meu trabalho teve grande visibilidade e eu, a oportunidade de estar em contato com o público”. Fernando, que hoje é professor de arte na rede pública do estado de São Paulo, ganhou como prêmio uma exposição individual em 2004 e participou novamente da Mostra em  2006, na modalidade escultura.

Fotos da série "Butoh, de Leonardo Rodrigues

Jovens, mas não inexperientes, alguns participaram de várias edições. Leonardo Rodrigues inscreveu-se em 97, 98 e 99, mas considera sua última participação, em 2000, a mais marcante: “as fotos da série ‘Butoh’ foram bastante elogiadas por artistas e críticos”. Incentivado pelo sucesso na Mostra, Leonardo produziu, em 2001, mais fotos da série, com as quais conquistou vários prêmios e exposições nacionais e internacionais. Hoje Leonardo é professor universitário e ministra aulas de Fotografia e Repertório das Artes Visuais.

A mulher à frente da Mostra de Arte da Juventude é Janete Polo Melo. Formada em Artes Plásticas, a técnica do Sesc Ribeirão Preto ajudou a organizar, em 1989, uma Mostra de Arte dirigida especificamente a universitários da cidade, sem imaginar que aquele seria o primeiro passo de um dos mais importantes projetos de estímulo à produção artística da unidade. Com o sucesso, a Mostra ampliou seu território e de municipal tornou-se nacional. Os critérios das comissões julgadoras também aumentaram: além do domínio da técnica e da pesquisa do novo, a inquietude da juventude é considerada matéria primordial nos trabalhos selecionados. “Muitas vezes recebemos trabalhos de jovens com pouco conhecimento e quase nenhum repertório artístico, mas com muita sede de saber e criar. Incentivar esses jovens, auxiliar na montagem dos dossiês, na seleção de seus trabalhos, orientá-los da forma mais básica é muito gratificante. Abrir portas para estes talentos é também contribuir com o desenvolvimento das Artes Plásticas em nosso país”, finaliza Janete.

O prazo para as inscrições da 24ª Mostra de Arte da Juventude foi prorrogado até o dia 15 de setembro. Artistas de 15 a 30 anos podem participar nas modalidades de pintura, desenho, gravura, fotografia, escultura, objeto, arte digital, instalação, vídeo e performance. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis na Central de Atendimento do Sesc Ribeirão Preto, ou para download nos links abaixo. Os artistas premiados farão uma produção que será exposta em 2014, ano em que se comemoram os 25 anos da Mostra.

   
   Como participar?

   Leia com atenção o Regulamento e, estando de acordo com as
   condições expostas
, imprima o formulário para enviar junto com
   a sua obra!

                               REGULAMENTO                          FORMULÁRIO
                                pdf                                  pdf

      Prazo para se increver

      até 15 de setembro de 2013

      Mais informações: mostradeartedajuventude@ribeirao.sescsp.org.br

------

:: Saiba mais: Jovens artistas do Brasil mostrem sua arte!

Outras programações