Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Barba Ensopada de Sangue

Título: Barba Ensopada de Sangue

Escritor: Daniel Galera nasceu em 1979 no Estado de São Paulo. Escritor e tradutor de literatura contemporânea de língua inglesa, morou a maior parte da vida em Porto Alegre. Foi um dos editores do selo literário Livros do Mal.

Enredo do livro: após uma conversa com seu pai, que no dia seguinte comete suicídio, o protagonista, um professor de educação física, decide ir para uma cidade isolada no litoral catarinense, Garopaba, investigar o assassinato não esclarecido de seu avô Gaudério. Parte com a cadela de seu pai e uma foto de si, para se lembrar do próprio rosto, já que sofre de um distúrbio que faz com que se esqueça da fisionomia das pessoas.

Por que ler: na obra, há a presença das principais características literárias de Daniel Galera, considerado um dos principais autores brasileiros da atualidade: qualidade da escrita, habilidade na construção de narrativa engenhosa, agilidade nos diálogos e descrições repletas de detalhes.

Preste atenção: a personagem principal do livro não possui nome e esquece o próprio rosto. Vítima dessa condição neurológica, ele identifica as pessoas por meio de associações, presta atenção a seus gestos, mãos, postura, roupas e ao lugar onde as encontra. Para ele, a identidade de homens e mulheres não tem um ponto central, está fragmentada em pedaços de corpo e vestuário e se prolonga pelos ambientes de Garopaba.

Comentários:Barba ensopada de sangue é um livro muito forte e Daniel Galera, um escritor admirável - sério, robusto, tranquilo. E este é também um livro assim, desde a primeira página. Como alguém que sai de casa sabendo exatamente para onde quer ir. Vai firme, mas não apressa o passo.” - Gonçalo M. Tavares (escritor português vencedor do Prémio José Saramago 2005).

Outros livros do escritor na Biblioteca do Sesc Pompeia: Até o Dia em que o Cão Morreu, Cordilheira, Cachalote, Mãos de Cavalo.

Outras programações