Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

SescTV estreia filmes da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

A Terra da Lua Partida. Foto: Divulgação
A Terra da Lua Partida. Foto: Divulgação

As produções abordam temas como consumo, água, energia e mudanças climáticas, e serão exibidas de 10 a 15/11, sempre às 20h

Em um momento em que se discute como salvar o planeta do aquecimento global, o consumo consciente de água e os impactos que o homem causou no planeta ao longo dos séculos, o SescTV traz seis documentários da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental que abordam temas como o consumo, água, energia e mudanças climáticas.

A programação recebe produções de diversos países e todas serão exibidos este mês, pela primeira vez, no SescTV, com curadoria de Chico Guariba. Os filmes foram produzidos na Alemanha, França, Argentina, Dinamarca, Estados Unidos e Brasil, e vão ao ar de 10 a 15/11, sempre às 20h.

A Mostra começa no dia 10 com "Quem Controla a Água?" (França/Alemanha, 2010), dirigida por Leslie Franke e Herdolor Lorenz: O documentário conscientiza o público sobre o controle da água, a partir de uma pesquisa que está sendo realizada com as empresas francesas Veolia e Suez, que estão entre as maiores no mercado mundial de abastecimento de água e marcam presença nos cinco continentes.

Dia 11, terça, o documentário premiado "A Terra da Lua Partida" (Brasil, 2010) acompanha o dia-a-dia de Sonam, um velho nômade que vive no Vale de Spanshang, no Himalaia, com sua família e seu povo; Devido às alterações climáticas, a paisagem da região vem se transformando, os rios quase não têm água e os vales estão ficando desertos. Prevendo o que pode acontecer e sem querer deixar o lugar onde viveram seus ancestrais, Sonan luta pela sobrevivência e tenta encontrar soluções para a sua vida e a de sua tribo.

Já no dia 12, quarta, o longa "Blood in the Mobile" (Dinamarca, 2010), dirigido por Frank Piasecki Poulsen, faz um retrato do lado nebuloso e sangrento da produção de celulares, que envolve a extração ilegal de minerais para a confecção dos aparelhos e, indiretamente, financia a guerra civil na República Democrática do Congo.

"Deserto Verde" (Argentina, 2013), dirigido por Ulises de la Orden, é a atração do dia 13 e fala sobre o uso de produtos químicos na produção agrícola, muitas vezes de forma abusiva e escondendo os efeitos prejudiciais à saúde. O fato vem ocorrendo há mais de um século, intervindo  na produção de uma infinidade de hectares de alimentos, como plantações de soja e de milho da região de Córdoba, na Argentina, que chegam à mesa do consumidor com o veneno.

Sexta o canal exibe a produção "Bag It" (EUA, 2010), dirigida por Suzan Beraza, em que um homem parte em uma turnê global para investigar os impactos ambientais do uso do plástico. O filme aborda o uso das sacolas de plástico e os danos que o produto pode causar para o meio ambiente, como poluição dos oceanos, ameaçando a fauna marinha, e problemas para a saúde das pessoas.

Fechando o ciclo, no dia 15, o documentário "Crude" (EUA, 2009), dirigido por Joe Berlinger, investiga o caso Amazon Chernobyl, um tragédia ambiental com a petrolífera norte-americana Texaco, posteriormente adquirida pela Chevron, que aconteceu na Floresta Amazônica, do lado equatoriano. O ocorrido envolveu 27 bilhões de dólares e uma longa ação judicial requerida por cerca de 30 mil equatorianos em 1993, que tiveram suas terras e água contaminadas com resíduos químicos provenientes da extração do petróleo.

O festival existe desde 2012 e tem como objetivo chamar a atenção para questões sócio-ambientais e de sustentabilidade, por meio de uma seleção de filmes de ficção e documentais e está acontecendo em várias cidades do Estado de São Paulo, nas unidades do Sesc, de 18 de outubro a 14 de novembro.

O SescTV pode ser sintonizado no canal 138 da OiTV em todo o Brasil e, pela internet, no endereço www.sesctv.org.br/aovivo.

Outras programações