Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Literatura para todos os tatos

Equipamento de leitura acessível do Sesc Belenzinho. Foto: Renata Dantas | Sesc São Paulo
Equipamento de leitura acessível do Sesc Belenzinho. Foto: Renata Dantas | Sesc São Paulo

A disponibilização de conteúdos nas bibliotecas do Sesc São Paulo visa também contemplar pessoas com deficiência. A implantação de equipamentos de acessibilidade para este público já contempla as unidades Belenzinho, Bom Retiro, Santo Amaro e Sorocaba.

As bibliotecas e espaços de leitura do Sesc São Paulo, em constante revisão conceitual e operacional, buscam oferecer ambientes favoráveis à troca de experiências literárias, culturais e educativas, desmistificando a ideia de biblioteca como lugar austero e exclusivo para a leitura silenciosa e pesquisas. Com isso, preservam-se nichos para a realização dessas modalidades de leitura, fazendo-as conviver com a realização de atividades pontuais de programação, como encontros com escritores, narração de histórias, leituras coletivas e debates.

A gestão do acervo das bibliotecas busca atender ao compromisso da instituição em oferecer livros clássicos e contemporâneos da literatura brasileira e estrangeira, para diferentes faixas etárias, além da disponibilidade de revistas especializadas e jornais diários, ao mesmo tempo em que equilibra a oferta com expectativas e interesses do público leitor.

Estas ações fazem parte fazem parte da educação informal e permanente realizada pela instituição, com o intuito de valorizar as pessoas ao estimular a autonomia pessoal, a interação e o contato com expressões das mais diversas. A disponibilização de conteúdos nas bibliotecas do Sesc São Paulo visa também contemplar pessoas com deficiência visual. A implantação de equipamentos de acessibilidade para este público já contempla as unidades Belenzinho, Bom Retiro, Santo Amaro e Sorocaba, e possui o indicativo de ampliação para 2015. - Ana Luísa Sirota (Assistente de Literatura e Bibliotecas da Gerência de Ação Cultural do Sesc São Paulo)

 

 

Equipamentos de acessibilidade da Biblioteca SESC Belenzinho

 

 

A biblioteca do Sesc Belenzinho possui uma de área de leitura voltada especificamente para pessoas com deficiência visual e motora, onde estão disponibilizados equipamentos que permitem a leitura de livros, revistas e jornais, computadores com programas que possibilitam o acesso à internet e a leitura de documentos eletrônicos, além de um catálogo de livros falados.

A EOnline também convidou a Daniela Momozaki, bibliotecária do Sesc Belenzinho, para nos contar um pouco sobre os equipamentos disponíveis e o acesso do público ao acervo através destas ferramentas.


 

Daniela Momozaki - Foto: Renata Dantas 

 

EOnline: Você pode nos contar um pouco como funcionam os equipamentos disponíveis na biblioteca do Sesc Belenzinho?

Daniela Momozaki: Para pessoas com baixa visão, disponibilizamos o ampliador de imagens SmartView, que capta a imagem do texto do documento colocado na bandeja e amplia em uma tela semelhante a de LCD. Além disso, possibilita a mudança de contraste, insere margens e guias para orientar a leitura. Para a leitura dos livros e periódicos de forma autônoma, as pessoas cegas utilizam o scanner Poet Compact. O aparelho é conectado a uma linha eletrônica em braile que converte o texto digitalizado para o braile. Caso a pessoa não seja alfabetizada em braile, há a opção de ouvir o texto.  O aparelho possui entrada para pen-drive e CD.  Além disto, também possuímos três computadores com programas específicos que permitem que os deficientes visuais acessem a internet e façam a leitura de documentos eletrônicos. Para pessoas que possuem limitações motoras, oferecemos o folheador eletrônico (Readable II).  O aparelho é projetado para leitura de livros, revistas e jornais e o sistema é ativado por um controle remoto. Ao acionar o controle remoto, duas roldanas se movimentam e viram a página permitindo uma leitura independente.

EOnline: Como é a frequência de utilização dos equipamentos?

D. M. : Temos alguns exemplos que posso destacar. Temos uma pessoa que utiliza o equipamento uma vez por semana, ela possui baixa visão, e outros casos com frequência irregular, como um sebhor que é cego e vem de vez em quando digitalizar uma apostila para estudar em casa. Ainda temos os estudantes do EJA que fica na Radial Leste que vinham todos os dias, mas faz um tempo que não aparecem, creio que já tenham terminado seus estudos.

EOnline: O que os usuários falam sobre essa disponibilidade?

D. M. : Num primeiro momento, eles ficaram admirados ao saber da existência desses equipamentos. Geralmente utilizam esse espaço para estudar, uma vez que há poucos locais equipados para atender esse público na cidade. Estes equipamentos possibilitam ao público com deficiência consultar os títulos disponíveis em nosso acervo e acompanhar os lançamentos literários.

 

 

A inclusão não fica só no equipamento!

 

O Paulo, até os 11 anos teve baixa visão. A partir dos 12 ele ficou totalmente cego. Mas a deficiência não  impediu ele de seguir fazendo o que gosta e buscando novos objetivos. Hoje ele tem 45 anos e é professor do Senac na área de Gestão de Cursos Técnicos. 

Estudante de pós graduação em Gestão Empresarial, ele costuma frequentar o Sesc Belenzinho e utilizar os equipamentos acessíveis da biblioteca na unidade.

Utilizo os equipamentos de acessibilidade do Belenzinho há 3 anos e o mais legal é que a inclusão aqui não fica só no equipamento. Vir num lugar com a dinâmica de esporte, cultura e que ainda ofereça suporte para tua vida profissional é ótimo! Gosto muito de vir neste espaço porque é tranquilo, e uso tanto pra estudar como pra me descontrair. São poucos espaços que tem esses equipamentos. Além do equipamento gosto de vir aqui pra almoçar com a família, e agora tô até me preparando pra alguma prática esportiva ! - Paulo Cesar Bueno Venâncio

Paulo Cesar Bueno - Foto: Renata Dantas 

 

 

 

 

Literatura multisensorial


Performance Sensorial com o grupo SENSUS - Foto: Divulgação

A Semana Inclusiva, que acontece nas unidades do Sesc da Grande São Paulo e Interior de 2 a 7 de dezembro, promove diversas atividades que ampliam o contato do público com a literatura e suas diversas formas de apreensão multisensorial. Consulte a programação e participe:

Livros FaladosSesc Bom Retiro

Leitura Acessível Sesc Sorocaba 

Clube de Leitura - Especial Virada Inclusiva - Livro: O Filho Eterno, Cristovão Tezza - Sesc Carmo

Poesia em brailleSesc São Carlos 

Poesia ao pé do ouvidoSesc Bom Retiro

Performance Sensorial com o Grupo Sensus - Sesc Itaquera 

Mediação de Leitura Tátil Sesc Sorocaba 

Slam do CorpoSesc Santo Amaro

Leitura ao Pé do OuvidoSesc Osasco

 

Semana Inclusiva 2014

Outras programações