Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Renomado coreógrafo japonês chega ao Brasil para apresentações

Foto: Laurent Ziegler
Foto: Laurent Ziegler

Ko Murobushi é um dos nomes mais importantes do Butô contemporâneo. Na década de 60 estudou com Tatsumi Hijikata (o lendário inventor do Butô), do qual é considerado por muitos como herdeiro legítimo. Em 1974, Murobushi fundou a revista Hageshii Kisetsu [temporada violenta] sobre Butô e a companhia feminina de Butô Ariadone, com Carlotta Ikeda. Dois anos mais tarde fundou o grupo masculino Sebi. Foi com a coprodução entre estes dois grupos, nomeada Le Dernier Eden, estreada em 1978, em Paris, que Ko despertou o interesse dos europeus para o Butô. Desde então o seu trabalho prosseguiu aliando a vontade de aprofundar a ligação às raízes japonesas com a abertura para as influências de todo o mundo.

O Butô é estilo de teatro japonês, que engloba ainda diversas técnicas de dança e movimento. Surgiu em meados da década de 1950, criado por Tatsumi Hijikata e Kazuo Ohno, que buscaram inspiração nas vanguardas europeias, como o expressionismo, cubismo e o surrealismo.

Nos dias 5 e 7 de junho Ko Murobushi apresentará o espetáculo 'Enthusiastic Dance on the Grave' (Dança Entusiástica sobre o Túmulo) no Sesc Ipiranga. Nele, três homens extremamente belos estão mortos. A pele de cada um reflete um certo brilho prata-metálico enquanto desmontam sobre o chão, continuamente, ao som de Bailero, música francesa folclórica. Aqui, Ko revela não só uma fascinante atmosfera e imagens do corpo através desse trio de dançarinos. Esta dança ocorre ao revés, pouco a pouco um idoso se transforma e explode numa energia juvenil insondável. É aqui que Murobushi atinge o âmago do Butô, ou, em outras palavras, o inefável, o inominável, a experiência impossível.

E no dia 6 de junho, Ko Murobushi apresenta o solo 'Faux Pas' (deslize), cuja estreia aconteceu em agosto passado no Impulstanz Vienna International Dance Festival ODEON Theater. Aqui, o artista, provocador e filósofo da arte da dança, anda, rasteja e despenca nas profundezas insondáveis de seu próprio corpo. Lá, confrontado consigo mesmo, com o vazio e com a indecisão, ele encontra o “faux pas”: o passo em falso como um acidente iminente. 


 

 

o que: Ko Murobushi;a
quando:

5, 6 e 7 de junho, às 21h e 18h - única apresentação

onde:

Sesc Ipiranga | Rua Bom Pastor, 822 | 11 3340-2000

ingressos:

Venda em nosso portal e nas bilheterias das unidades Sesc

 

Outras programações