Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Os ilustradores de Lobato

Ilustração de Nino
Ilustração de Nino

Quem nunca se aventurou nos territórios fantásticos do Reino das Águas Claras? Ou se encantou com o jeitinho teimoso da boneca Emília? 

Mesmo quem ainda não leu um dos livros de Monteiro Lobato (1882-1948) já ouviu falar de seus personagens, seja pela Literatura, TV ou até mesmo Teatro. As histórias do Sítio do Pica-pau Amarelo já correram o mundo!

A importância de Monteiro Lobato na formação cultural das crianças de sua época é constatada até os dias de hoje com todo o encantamento de suas histórias, que falam de brinquedos que ganham vida, magias, assombrações e falam de regionalismos com poesia e graça.

O Sesc São José dos Campos propõe um olhar diferente para este universo de conhecimento: através dos ilustradores das diversas edições dos livros de Lobato.

Ao todo, são apresentados dez profissionais que ajudaram a criar a fantasia, tornando o sonho visível. São eles: Vitolino, Wiese, Villin, J. U. Campos, Belmonte, Nino, Rodolpho, Lamo, Le Blanc e Avgvstvs. Todos os artistas foram escolhidos pelo próprio Lobato. Como era também editor de suas obras, ele tinha uma preocupação especial com o corpo do livro.

Os livros expostos são do artista gráfico e pesquisador Magno Silveira, que vem formando sua coleção há quase 20 anos, vasculhando sebos, antiquários e leilões.

As contribuições de cada um para encantar os olhos de adultos e crianças estarão dispostas no Sesc São José dos Campos a partir do dia 12 de outubro, aproveitando para comemorar o Dia das Crianças. A exposição fica até o dia 27 de dezembro de 2015, então dá tempo de fazer essa nova visita aos contos de Monteiro Lobato.

 

Ilustrações de J. U. Campos

 

Sobre os Ilustradores

VOLTOLINO – ilustrador brasileiro. O trabalho de Voltolino foi nitidamente influenciado pelo estilo art-nouveau, muito em voga no Brasil no início do século XX.

KURT WIESE – ilustrador nascido na Alemanha; viveu durante três anos no Brasil. Kurt Wiese foi um exímio ilustrador, de vários recursos técnicos. Podemos notar em sua obra algumas citações às gags das histórias em quadrinhos.

NINO – Ilustrador nascido em São Paulo. Estudou desenho com o Benjamin Constant Mello e teve sua carreira artística influenciada por Walt Disney. Com traço vivo e nervoso, ilustrou três livros de Lobato: Aventuras do Príncipe, a Cara de Coruja e o Gato Félix.

JEAN GABRIEL VILLIN – ilustrador nascido na França e naturalizado brasileiro. Em 1925, aos 19 anos, Villin desembarcava em Porto Ferreira, SP, para trabalhar como desenhista numa fábrica de louças. Mudou-se para a capital paulista, onde se dedicou também à publicidade.

BELMONTE – codinome de Benedito de Barros Barreto. Caricaturista de estilo art déco, desenhista, pintor, jornalista e historiador paulista, Belmonte colaborou em diversas revistas e periódicos da primeira metade do século XX, além de publicar livros de autoria própria.

J.U. CAMPOS – Jurandyr Ubirajara Campos. Desenhista, ilustrador e pintor paulista. Em 1928 embarca para os Estados Unidos, onde trabalha como desenhista e propagandista do The New York Times. É possível notar nas ilustrações de J.U. Campos a influência deste período. O ilustrador era genro de Monteiro Lobato e deu-lhe a neta Joyce.

RAPHAEL DE LAMO – Apenas um livro foi ilustrado por ele, justamente aquele em que Lobato resgata várias histórias do imaginário popular, por meio da Tia Nastácia. O estilo das ilustrações é irregular; ora vemos castelo pontilhado a bico-de-pena, ora grandes manchas negras à base de pincel.

RODOLPHO – De toda obra lobateana, apenas um livro foi ilustrado inteiramente por Rodolpho. Também nesse artista encontramos a presença art déco, ainda que sem a estruturação do mestre Belmonte.

ANDRÉ LE BLANC – nascido no Haiti, Le Blanc era desenhista, pintor e ilustrador. Deixou uma vasta obra no Brasil, abrangendo inclusive ilustrações dos clássicos de nossa literatura em quadrinhos. André Le Blanc teve o privilégio e a oportunidade única de ser o ilustrador contratado pela Brasiliense para ilustrar as obras completas de Monteiro Lobato.

AUGUSTUS – nascido em Santos, SP, estudou desenho e pintura. Trabalhou muitos anos executando retratos, sendo premiado diversas vezes. Seu forte era a representação da figura humana. Curioso é que Augustus assinava, classicamente, AVGVSTVS.

 

Sobre Carlos Magno

Carlos Magno da Silveira é designer e artista plástico.  Na década de 1980, estudou desenho na FUMA – Fundação Mineira de Arte e Pintura e na Fundação Escola Guignard, ambas em Belo Horizonte. 

 

Sobre Monteiro Lobato

Nascido ali do lado de São José dos Campos, em Taubaté, José Bento Renato Monteiro Lobato era filho de professor e morou em um sítio em sua infância. Adorava ler e devorou os livros da biblioteca do avô, Visconde de Tremembé.

Gostava também de escrever, e já na escola se arriscava nos jornaizinhos "Pátria", "H2S" e "O Guarany" com os pseudônimos Josben e Nhô Dito. Além do dom para a literatura, Monteiro Lobato também era bom desenhista e queria cursar a Faculdade de Belas Artes, em São Paulo. Mas por desejo de seu avô estudou Direito. Ou seja, além de escritor e desenhista também era advogado.

Casou-se com Purezinha, Maria Pureza da Natividade de Souza e Castro, e trabalhou ainda com as ferrovias, enquanto continuava escrevendo para jornais e fazia traduções.

Quando seu avô morreu, em 1911, mudou-se para a fazenda dele que herdara, Vila de Buquira (hoje é o município Monteiro Lobato), e dessa vez se dedicou à vida rural. E então ele começou a se dedicar e fazer sucesso com a carreira literária. Nessa época ainda comprou e editou a Revista do Brasil.

Em 1927, muda-se para Nova Iorque e organiza uma empresa no Brasil para produzir aço para as grandes montadoras de carro. Empreendedor, quando volta para o Brasil abre diversas empresas de perfuração de petróleo. Por um bom tempo seus negócios perduraram, e ele se dedicava também aos livros, que o manteve bem até sua morte, em 1948.

Escritor, desenhista, advogado, tradutor, fazendeiro, editor e empreendedor. José Bento inspira até hoje milhares de crianças, jovens e adultos do Brasil com sua história e suas histórias!

 

 

o que:

Ilustradores de Lobato

quando:

12/out a 27/dez de 2015 | Terça a sexta, das 13h às 21h30, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30

onde: Sesc São José dos Campos
Avenida Adhemar de Barros, 999  | Tel (11) 3904-2000
ingressos:

Grátis

 

Outras programações