Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Sesc em São Paulo assina o Código Mundial de Ética do Turismo

Representantes de instituições signatárias do Código Mundial de Ética no Turismo
Representantes de instituições signatárias do Código Mundial de Ética no Turismo

No último dia 22 de outubro, o Sesc em São Paulo deu um importante passo na consolidação de seu trabalho em Turismo Social. A convite da Organização Mundial de Turismo (OMT) - agência especializada da Organização das Nações Unidas - a Coordenadora de Turismo Social do Sesc, Flávia Roberta Costa, assinou o termo de comprometimento do setor privado com o Código Mundial de Ética do Turismo. O documento, aprovado pela Assembleia Geral da OMT em 1999, é atualmente uma importante referência para o turismo responsável e sustentável em todo o mundo.

A assinatura ocorreu durante o Fórum Europeu de Turismo para Todos, em Albufeira, Portugal. Na mesma ocasião, a Organização Internacional de Turismo Social (OITS), instituição do qual o Sesc é membro, também assinou o documento.

O Código é um conjunto de princípios que norteiam governos, comunidades, turistas e prestadores de serviço no turismo para uma atividade que busque a minimização dos impactos negativos no meio ambiente, no patrimônio cultural e nas sociedades. Questões como direitos humanos, inclusão social, equidade de gênero, acessibilidade e proteção a grupos vulneráveis e a comunidades anfitriãs são especialmente caras ao Código.

Para Taleb Rifai, secretário geral da OMT, “a instituição é guiada pela convicção que o turismo pode prover uma significativa contribuição com a vida das pessoas e do planeta. Essa convicção está na essência do Código Mundial de Ética do Turismo, um mapa para o desenvolvimento do turismo. Eu conclamo todos a ler, circular e adotar o Código, em benefício dos turistas, dos operadores turísticos, das comunidades anfitriãs e de seus ambientes em todo o mundo”.

No Brasil, o Sesc é a única instituição que integra o grupo de organizações que se comprometeram oficialmente com a implementação desses princípios. Em todo o mundo, são 422 organizações privadas signatárias. Sua assinatura implica no compromisso da instituição em empenhar-se para a implementação dos princípios expressos no Código, bem como em reportar ao Comitê Mundial de Ética do Turismo as ações realizadas ou eventuais litígios para implementação desses princípios.

Para ler o documento na íntegra, clique aqui.

Outras programações