Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

10 atividades para fazer na Semana Inclusiva

Conheça algumas atividades que fazem parte da Semana Inclusiva, programação que apresenta grande diversidade de abordagens sobre o tema. 

 

1 – Histórias para crianças na segunda língua oficial brasileira

 

Sinalização que significa A Língua Brasileira de Sinais (Libras)
Legenda: Sinalização que significa A Língua Brasileira de Sinais (Libras)

Você sabia que a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS é a segunda língua oficial do Brasil? Durante a Semana Inclusiva haverá atividades para as crianças, que poderão ser acessadas por meio da LIBRAS.

- No Sesc nterlagos, haverá narrativa em que o protagonista é uma pessoa com deficiência visual. 

- No Sesc São Carlos, teremos a história de viajantes que fogem de seu lugar de origem em busca de uma vida próspera. 

- No Sesc Santo André, os ouvintes são convidados para o universo do circo . 

- No Sesc Ipiranga, os ouvintes são convidados a viajar para China, Coréia e Oriente Médio através de contos. 

 

2 – Vivência com Paratletas

 

Atleta brasileira Terezinha Guilhermina ao lado de seu guia Guilherme Santana
Legenda: Atleta brasileira Terezinha Guilhermina ao lado de seu guia Guilherme Santana
Foto:Divulgação

O ano de 2015 foi de ouro para os atletas paraolímpicos do Brasil. A delegação encerrou sua participação no Parapan de Toronto em primeiro lugar no quadro de medalhas. Nem mesmo nos Jogos Olímpicos ou nos Jogos Panamericanos o Brasil alcançou tal feito.

- Antônio Tenório é judoca com deficiência visual e é o único atleta tetracampeão em Olimpíadas e Paraolimpíadas no esporte brasileiro. Ele participa de vivências no Sesc Itaquera e no Sesc Bom Retiro

- Teresinha Guilhermina, a corredora com deficiência visual mais rápida do mundo, estará no Sesc Campinas, compartilhando um pouco de sua história

Outros paratletas presentes na programação serão Paulo Salmin e Diego Moreira, representantes do Brasil no tênis de mesa, que estarão no Sesc Araraquara, e os medalhistas da natação Edênia Garcia Clodoaldo Silva no Sesc Vila Mariana.

 

3 – Apresentação e vivência de Basquete com rodas

 

Basquete em cadeira de rodas é uma das modalidades mais tradicionais dos Jogos Paraolímpicos. As equipe são compostas por cinco pessoas, e cada uma delas recebe uma classificação de acordo com o comprometimento físico-motor, em uma escala de 1 a 4,5. Cada equipe não pode ultrapassar 14 pontos na soma total dessa classificação.

A programação da Semana Inclusiva contará com várias atividades de apresentação e vivência do esporte:

- Em Itaquera estará presente a equipe da Associação Desportiva para Deficientes – ADD. 

- Já no Sesc Santo André estará a ADD/Magic Hands, uma das melhores equipes brasileiras da modalidade. 

- No Sesc Araraquara, com a União dos Deficientes Físicos de Araraquara - UDEFA.

- Em Campinas, o basquete estará nas mãos das crianças da GADECAMP - Basquete Sobre Rodas de Campinas.

Outras unidades que recebem apresentações do esporte: Sesc São CarlosSesc São José dos CamposSesc Santos

 

4 – Uma Exposição para experimentar

 

Exposição acessível Sentir Pra Ver no Sesc Santo André - Foto por Adauto Perin
Legenda: Exposição acessível Sentir Pra Ver no Sesc Santo André - Foto: Adauto Perin

Quem disse que para conhecer uma exposição é preciso enxergar? Há várias formas de se conhecer e adaptar as visitas, utilizando maquetes táteis, modelos em 3D, audiodescrição, entre outras possibilidade.

No Sesc em São Paulo acontecerão várias exposições durante e após a Semana, contando com diversas formas de acessibilidade. São elas: Zumbi - A Guerra do Povo NegroEu vi uma história - Arte e narrativa no acervo Sesc de Arte Brasileiravisita acessível ao acervo de obras de arte do Sesc Santana e Pagode.

 

5 – Cinema para ouvir

 

Cena do filme Blind que será exibido no Sesc Campinas - Divulgação
Legenda: Cena do filme Blind que será exibido no Sesc Campinas - Foto: Divulgação

Sabe o que combina com cinema? Audiodescrição!

Pessoas com deficiência visual poderão assistir filmes como  Empoderadas, Ramatha, Blind, Diário de Uma Busca, além da Mostra de Animação, entre outros.

 

6 – Jogar Goalball

 

O Goalball, também conhecido como Golbol, foi criado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorezen e o alemão Sepp Reindle. O esporte tinha como objetivo reabilitar os veteranos da Segunda Guerra Mundial que ficaram cegos. O esporte é exclusivamente paraolímpico e jogado por trios de pessoas com deficiência visual. A bola possui guizos internos e a platéia participa em silêncio, acompanhando as partidas, que são jogadas em dois tempos de dez minutos cada. Na Semana Inclusiva a atividade estará presente nas unidades do Sesc em Presidente Prudente, Santos e Santo Amaro.

 

7 – Música na ponta da "LIBRAS"

 

Sara Bentes (foto) se apresentará com Social Samba Fino - Foto: Fabiana Calino
Legenda: Sara Bentes (foto) se apresentará com Social Samba Fino - Foto: Fabiana Calino

Sabia que mesmo sem ouvir é possível apreciar música? Em Santo Amaro o swing fica por conta do Social Samba Fino com a participação da Sara Bentes. Agora para quem prefere um som regional, o Sesc Vila Mariana  recebe O Sertão na Canção com Jean e Joana Garfunkel.

 

8 – Teatro em outros sentidos

 

Peça Macbeth com Giulia Gam e Thiago Lacerda - Foto Adriano Fagundes
Legenda: Peça Macbeth com Giulia Gam e Thiago Lacerda - Foto Adriano Fagundes

Assim como a música e o cinema, o teatro também pode empregar LIBRAS e audiodescrição para possibilitar a acessibilidade. Na programação para adultos os espetáculos teatrais que contarão com esses tipós de acessibilidade são Macbeth e Medida por Medida, do dramaturgo inglês Willian Shakespeare, nos dias 3 e 5 de dezembro. O público infantil também poderá acessar a obra A Famosa Invasão dos Ursos na Sicília, de Dino Buzzati, que será encenada com acessibilidade nos dias 5 e 6 de dezembro. 

 

9 – Sustentabilidade na palma da mão

 

 Orquídeas (foto) é o tema de uma das atividades no Sesc Sorocaba - Foto: Indiara Duarte/Sesc
Legenda: Orquídeas (foto) é o tema de uma das atividades no Sesc Sorocaba
Foto: Indiara Duarte/Sesc Sorocaba

Nas últimas décadas a questão ambiental tem sido um dos grandes temas para humanidade. Utilização equilibrada de recursos naturais, poluição, clima, arborização, água, entre outros assuntos compõem esta pauta. Para democratizar a discussão, o Sesc em São Paulo preparou várias atividades com acessibilidade do conteúdo.  

- No Sesc Vila Mariana havéra oficinas que ensinam a construir cisternas domésticas, contando com tradução em Libras. 

- Em São Carlos, uma trilha dos sentidos percorrerá as áreas verdes, essa atividade acolhe pessoas com mobilidade reduzida, em cadeira de rodas e com limitações visuais e auditivas.

Para quem gosta de orquídeas, no Sesc Sorocabahaverá atividades multissensoriais sobre esta espécie de flor

- Já para quem gosta de horta, no Sesc Taubaté acontecerá visitação à horta acessível, de 1 a 4 de dezembro. 

 

10 – Degustação no escuro

 

Imagem ilustrativa sobre Gastronomia - Foto por Condesign/pixabay.com
Imagem ilustrativa sobre Gastronomia - Foto: Condesign/pixabay.com

Já pensou em participar de uma degustação sem sabe qual é o prato?

Essa é a proposta do chef César Rodrigues com a atividade Degustação às Cegas. Ele propõe aguçar diversas sensações através dos sentidos, tudo isso de olhos vendados.

 

Gostou? Essa é só uma parte da programação. Você pode acessar a programação completa aqui (download do PDF da programação) ou aqui (programação digital).

 

o que: Semana Inclusiva 2015 
quando:

01 a 06 de dezembro

onde:

Em vária unidades do Sesc SP

ingressos:

Consultar na programação

Outras programações