Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Quadrinhos pra gente grande

Trecho do quadrinho
Trecho do quadrinho "Meus Presentes - Homem da Casa", de L. M. Melite.

Qual a melhor forma de conversar com um quadrinista, se não for em quadrinhos? Entrevistamos L. M. Melite, responsável pela seleção de HQ’s que compõem o Quadrinhando, no período de fevereiro a maio de 2016, no Sesc Vila Mariana.


O Quadrinhando existe desde janeiro de 2006, oferecendo ao público um espaço especialmente voltado para as histórias em quadrinhos e suas diversas variações. Tem por finalidade a aproximação da linguagem da literatura com a linguagem da imagem. A cada trimestre, um quadrinista apresenta uma seleção de HQ's e sugestões de leitura, a partir de um recorte temático para compor esse acervo, além de ministrar uma oficina e participar de um bate-papo.

Nesta edição, o quadrinista L.M. Melite fez uma seleção de novelas gráficas que estão expostas na Sala de Leitura de fevereiro a maio. Ele escolheu novelas gráficas que influenciaram o seu trabalho ou que considera significativas na produção da narrativa longa em quadrinhos.

L.M. Melite nasceu em São Paulo e já publicou pequenas histórias nas antologias Front, Subversos e Café Espacial. Desistência do Azul foi seu primeiro romance gráfico, lançado em 2012 pela Zarabatana Books. Em 2015 lançou Dupin, baseado na obra de Edgar Allan Poe, também pela Zarabatana.

A EOnline conversou com o artista, e as respostas não poderiam vir de forma mais coerente: em quadrinhos!

EOnline: Quais são suas influências?

 

EOnline: Preto e Branco ou Colorido?

 

EOnline: Felicidade é...

 

4. Melhor artista morto?

 

5. Melhor artista vivo?

 

6. Do que você tem medo?

 

o que: Quadrinhando - Novelas Gráficas
quando:

De 2/2 a 1/5, terça a sexta, 9h às 21h30, sábados, domingos e feriados, 9h às 18h30

onde:

Sesc Vila Mariana | Rua Pelotas, 141 | 11 5080-3000

inscrições:

Grátis


O que já rolou...



No dia 18 de fevereiro, Melite bateu um papo com o público do Vila Mariana, contando sobre o processo de criação dos HQs baseados em grandes romances. De fevereiro a março, ministrou o curso “Criação de Roteiros para Quadrinhos”, no qual investigou a construção do tema dentro do romance gráfico, como guia fundamental no processo criativo e no desenvolvimento de seu estilo. Foram abordados e discutidos os elementos que compõe a produção, como: arco narrativo, composição de personagem, uso do diálogo, texto literário, unidade da página, imagem e efeito na conclusão da obra.

 

Outras programações