Sesc SP

Matérias do mês

Postado em

Fim de Jogo

Ensaio da peça, com o cenário em construção, realizado no Sesc Vila Mariana.<br>Foto: Julia Parpulov
Ensaio da peça, com o cenário em construção, realizado no Sesc Vila Mariana.
Foto: Julia Parpulov

Renato Borghi e Élcio Nogueira Seixas encenam, de maio a junho no Sesc Vila Mariana, releitura contemporânea de “Fim de Jogo” do dramaturgo Samuel Beckett. O cenário da montagem foi produzido em um curso realizado na unidade.
 

O velho Hamm (Renato Borghi) está cego e paralítico. Seu parceiro Clov (Élcio Nogueira Seixas) tem uma estranha enfermidade que o impede de sentar-se. Junto deles habitam outros dois mutilados, Nagg e Nell, pais de Hamm, que vivem dentro de latas de lixo. Os quatro personagens dividem um abrigo, refugiados de uma terra devastada, que Clov espia com uma luneta através de pequenas escotilhas. Não há pistas sobre que espécie de apocalipse criou tamanha desolação. No jogo da sobrevivência, Hamm dá as ordens, enquanto Clov cuida da cozinha e outras questões de ordem prática. A peça começa quando o jogo se aproxima do fim.

No dia 12 de maio, o Sesc Vila Mariana apresenta a estreia da temporada de Fim de Jogo, com texto de Samuel Beckett, direção de Isabel Teixeira e interpretação de Renato Borghi e Élcio Nogueira Seixas. A atual montagem congrega elementos artísticos, estéticos e pessoais de seus integrantes e teve na obra de Beckett (com a trilogia de romances Murphy, Malone Morre e O Inominável) seu ponto inicial e fio condutor. Ela é resultado dos mais de 15 anos de pesquisa realizada pela Cia. Teatro Promíscuo.

Contrariando a orientação vigente em toda a segunda metade do século XX nas montagens de Fim de Jogo, esta nova adaptação resgata o caráter humano dos personagens, não os transformando em seres exóticos, pertencentes a um mundo distante. Pelo contrário, a montagem traz Hamm e Clov para o cotidiano da metrópole. O espetáculo tem como cenário uma réplica do apartamento onde Borghi e Seixas residem há décadas, construída no Curso de Direção de Arte e Cenotécnica oferecido na unidade e ministrado pela diretora do espetáculo, Isabel Teixeira e pela diretora de arte dessa montagem, Karla Girotto, entre março e abril. Voltado à estudantes e profissionais de artes plásticas, arquitetura e cenografia, o curso abordou noções de direção de arte e cenotécnica, passando por itens como pesquisa e conceituação, escolha de materiais e texturas, croquis, sketches, desenvolvimento de projeto e por último, acompanhamento da cenotecnia. A equipe de criação levou em consideração a arquitetura do ambiente do apartamento, assim como toda a história vivida no local. História essa que tem relações diretas com um extenso período do teatro brasileiro, uma vez que os 57 anos de carreira do ator, de algum modo, foram também vividos ali.

A diretora Isabel Teixeira formou-se pela Escola de Arte Dramática - USP e, em sua carreira como atriz e diretora, já trabalhou com nomes como Iacov Hillel, Roberto Lage e Cibele Forjaz, em textos de Nelson Rodrigues, Tchecov, Tennessee Williams, Shakespeare, Marguerite Duras e Bertold Brecht.

A diretora de arte Karlla Girotto é estilista por formação, artista e pesquisadora nas áreas de artes visuais, moda e design.

Renato  Borghi tem quase 60 anos de carreira no teatro brasileiro, constituindo-se em um dos nomes mais importantes do panorama cultural do país, nas últimas décadas. Estreou nos palcos ao lado de Sergio Cardoso, é fundador, ao lado de Zé Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina e, com Esther Góes, do Teatro Vivo. Já envolveu-se em projetos ao lado de Gianfrancesco Guarnieri, Augusto Boal, Paulo José, Chico Buarque e Daniela Thomas.

Élcio Nogueira Seixas iniciou sua carreira teatral com trabalhos sob a direção de Zé Celso Martinez Corrêa e Antunes Filho. Ao lado de Renato Borghi, em 1993 funda a Cia. Teatro Promíscuo. Já trabalhou com Elias Andreato, Tônia Carrero, Beth Goulart e Cibele Forjaz.


Veja a seguir algumas fotos do ensaio da peça e da montagem do cenário, no Curso de Direção de Arte e Cenotécnica:

o que: Fim de Jogo
quando:

De 12/5 a 17/6, quintas e sextas, 20h (exceto dia 26/5, 17h)

onde:

Sesc Vila Mariana | Rua Pelotas, 141 | 11 5080-3000

inscrições:

R$20 (Inteira) | R$10 (meia) | R$6 (Credencial Plena)

 

Outras programações