Sesc SP

postado em 05/09/2017

Arte africana

arte-africana-dest

Considerada referência mundial sobre o tema desde 1971, obra de Frank Willett ganha primeira edição brasileira apoiada na última revisão do autor

 

Considerado pela crítica especializada mundial autor da melhor introdução geral à arte africana, Frank Willett (1925 – 2006) sentia-se insatisfeito com os títulos disponíveis quando começou a ministrar suas aulas sobre o tema, em 1966. Desde o seu lançamento em 1971, o livro Arte africana vem sendo revisto e aprimorado em sucessivas edições publicadas por editoras do Reino Unido, dos Estados Unidos, da Catalunha, da Alemanha, da França e da Itália. Agora, pela primeira vez, as Edições Sesc São Paulo e a Imprensa Oficial lançam uma edição em língua portuguesa apoiada na última revisão do autor, incorporando suas pesquisas mais recentes assim como novas ilustrações, acompanhadas de extensas referências bibliográficas.

Utilizando uma linguagem acessível, Willett desmistifica velhos estereótipos e estimula o leitor a se aprofundar no conhecimento da África por meio de sua produção artística, apresentando uma visão ilustrada por fartas imagens nas áreas da pintura, escultura e arquitetura. Na apresentação da obra, o historiador Alberto da Costa e Silva (autor de oito livros sobre a África e sua história, entre os quais se destacam A enxada e a lança: a África antes dos portugueses e Um rio chamado Atlântico) afirma que poderia parecer uma luta perdida armar uma teoria ou compor uma história da escultura africana diante de tão numerosas obras. “Felizmente, Frank Willett não pensava assim e pôs à nossa disposição, neste livro, um grande número de perguntas, hipóteses e exemplos para ajudar nossa imaginação a entender como os artistas africanos tentaram pagar com a beleza por eles criada a beleza do mundo”, observa.

Direcionado principalmente a artistas, estudantes, pesquisadores e profissionais das ciências humanas, Arte Africana também deve cativar leitores interessados num continente composto de povos e culturas tão distintos entre si. O livro coloca à disposição do público brasileiro um estudo específico sobre o tema, já que no contexto brasileiro a maior parte dos estudos sobre a produção artística desses povos se concentra na herança deixada em nosso país, estabelecendo relações entre etnias daquele continente e as identidades que compõem o Brasil.

 

Veja também:

:: Trecho do livro

 

 

 

*Serviços:

o que:

Lançamento do livro Arte Africana

Palestra com Juliana Bevilacqua - historiadora, mestre e doutora em História Social pela USP.

onde:

Livraria Martins Fontes | Av. Paulista 509 - Estação Brigadeiro (11) 2167-9900

quando:

19 de setembro de 2017 - terça-feira, às 19h

quanto:

Grátis. 

 

:: @edicoessescsp | facebook, twitter, instagram, youtube

Galeria

Produtos relacionados