Sesc SP

postado em 21/11/2017

Sétima arte: um culto moderno

setima-arte-dest

A fixação do conceito de cinema como espetáculo no Brasil e sua relação com as vanguardas artísticas do início do século XX são abordadas nesta edição revista e ampliada do clássico de Ismail Xavier

 

O livro Sétima arte: um culto moderno - o idealismo estético e o cinema, de Ismail Xavier, um dos mais importantes teóricos e professores de crítica e história do cinema brasileiro, desenvolve uma visão analítica do cinema baseada em um amplo conhecimento histórico, social e cultural do Brasil. Esta edição, revista e ampliada, conta com uma nova introdução do autor, além de comentários atuais à luz da evolução do cinema e da crítica, que se somam à versão integral do estudo pioneiro publicado em 1978. Nele são abordadas a consolidação do cinema como forma de arte e de que forma a estética cinematográfica se transformou em uma linguagem artística fundamentalmente moderna.

Escrito a partir da dissertação de mestrado de Ismail, o livro analisa o período em que o cinema deixou de ser compreendido como mera diversão popular e alcançou o status de “sétima arte”, apresentando um debate que ultrapassa questões técnicas e abrange uma ampla visão da história e da cultura brasileiras, bem como da história do cinema mundial. Buscando desvendar a origem da expressão “sétima arte”, Ismail apresenta um panorama das vanguardas artísticas desde 1911, quando o italiano Ricciotto Canudo escreveu o Manifesto das Sete Artes.

O caminho percorrido pelo livro inclui comentário à estética de Ricciotto Canudo como um momento expressivo que pode ser associado à primeira grande forma da cinefilia, e passa também pelos “jovens rebeldes” da crítica francesa nas décadas de 1940 e 1950, que conduziram a definição de um autor cinematográfico por meio da forma original com que ele compunha as cenas e articulava as montagens. A pesquisa histórica e o debate avançam no contexto teórico da década de 1970, época em que a primeira edição do livro foi desenvolvida.

Como o próprio Ismail Xavier explica na Nota do autor à segunda edição, “o critério assumido nesta nova edição foi o de não alterar o texto, preservar na íntegra a exposição do meu pensamento na forma como se definiu. (...) Quando julguei necessário, acrescentei notas atuais, destacadas nas margens em vermelho, que trazem breves comentários e referências mais concentradas no campo da crítica francesa e da teoria do cinema, terrenos que meus trabalhos posteriores e minha atividade docente retrabalharam ao longo dos anos”.

 

Veja também:

:: trecho do livro

 

 

*Serviços:

o que:

Lançamento do livro Sétima arte: um culto moderno - o idealismo estético e o cinema
Bate-papo entre o autor do livro, Ismail Xavier, e o professor do departamento de Cinema, Televisão e Rádio da ECA/USP, Carlos Augusto Calil, seguido de sessão de autógrafos.

onde:

Centro de Pesquisa e Formação Sesc SP | Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar – Bela Vista

quando:

01 de dezembro de 2017 - sexta-feira, às 19h30

quanto:

Grátis. Inscrição no site sescsp.org.br/cpf e nas centrais de atendimento das unidades do Sesc

o que:

Lançamento do livro Sétima arte: um culto moderno - o idealismo estético e o cinema

Sessão de autógrafos com o autor.

onde:

Livraria Martins Fontes | Avenida Paulista, 509. Estação Brigadeiro do Metrô. Convênio de estacionamento na Rua Manoel da Nóbrega, 88 ou 95.

quando:

08 de dezembro de 2017 - sexta-feira, às 19h

quanto:

Grátis. 


:: @edicoessescsp | facebook, twitter, instagram, youtube

Produtos relacionados