Sesc SP

postado em 08/01/2019

Reflexão como resistência

reflexao-como-resistencia-dest-2

      


Em Reflexão como resistência: homenagem a Alfredo Bosi, cartas, artigos e testemunhos da vida e da obra desse intelectual brasileiro documentam sua contribuição para o entendimento da literatura brasileira. 

Lançamento das Edições Sesc em coedição com a Companhia das Letras, Reflexão como resistência: homenagem a Alfredo Bosi reúne cartas, artigos e testemunhos sobre a vida e a obra do intelectual brasileiro, com organização de Augusto Massi, Marcus V. Mazzari, Murilo Marcondes de Moura e Erwin Torralbo Gimenez.

São, ao todo, 52 depoimentos de colegas, discípulos e admiradores, que revelam a contribuição do pensamento de Alfredo Bosi para a história cultural brasileira, assim como suas interlocuções nos campos literário e teórico.

As cartas compiladas na obra trazem relatos de Carlos Drummond de Andrade, Darcy Ribeiro e Antonio Candido, entre outros. Também compõem o horizonte de afinidades do ensaísta, para quem a reflexão adquire sempre sentido de resistência, autores como Padre Antônio Vieira, Machado de Assis, Graciliano Ramos e Jorge de Lima, e pensadores como Vico, Croce e Gramsci.

Alfredo Bossi

Reconhecido por contribuir com a renovação do ensaísmo brasileiro, Alfredo Bosi nasceu em São Paulo em 1936 e é professor emérito de literatura na USP. É autor, entre outros títulos, de Céu, inferno (1988), Literatura e resistência (2002), Ideologia e contraideologia (2010) e Dialética da Colonização (1992), pelo qual recebeu, em 1993, os prêmios Jabuti e Casa-Grande & Senzala.
 

Produtos relacionados