Sesc SP

postado em 09/12/2020

A pirâmide do Piques

piramide-piques-dest

      


Um obelisco localizado no Largo da Memória, na região central de São Paulo, é o ponto de partida de uma história que narra as profundas transformações ocorridas na cidade desde o fim do século XIX

A live de lançamento acontece no dia 25 de janeiro, no Sesc Pq. D Pedro II*

 

“A maior parte das coisas nos desaponta. Até olharmos para elas mais profundamente”. Dita assim fora de contexto, a frase do escritor britânico Graham Greene pode só parecer mais um aforismo, mas quando lida na última página de A pirâmide do Piques: São Paulo narrada pelo Largo da Memória, toda a força dessa expressão vem à tona. Em seu mais recente trabalho, Gustavo Piqueira conta a história das transformações ocorridas na região central da capital paulista a partir do ponto em que foi edificado seu primeiro monumento: um obelisco localizado no mais importante entreposto comercial de uma acanhada cidade do começo século XIX, hoje uma área esquecida em meio ao vertiginoso ritmo de vida de uma das maiores metrópoles do século XXI.

Gustavo é autor de mais de 30 livros, todos marcados pela livre mistura entre texto, imagem, ficção, não ficção, design e história. Fiel à sua poética, Piqueira (que também assina o projeto gráfico do livro, junto à designer Samia Jacintho) mescla diversas linguagens visuais em sua narrativa – fotos, ilustrações, anúncios de jornal, cartões-postais etc – e por meio delas costura os três eixos da obra: a história do Largo da Memória e suas adjacências; as transformações sofridas pela cidade de São Paulo testemunhadas pelo Largo; e as histórias cotidianas ocorridas na região desde o fim do século XIX, retiradas de jornais e publicações da época.

 


Trecho do livro

 

Desenhado por Victor Dubugras em 1919, o projeto do Largo atravessou o último século como um ícone de resistência. Hoje quem desembarca apressado na estação Anhangabaú do Metrô passa despercebido por esse marco histórico, sem fazer ideia das profundas mudanças ocorridas naquela paisagem e o que isso pode representar para o debate contemporâneo sobre memória: os critérios de valorização e desvalorização patrimonial, as dificuldades enfrentadas pelos órgãos de proteção, a pluralidade de vozes que investigam determinado objeto histórico e o jogo entre as funções de monumento e documento que um bem cultural assume. Apesar da abundância de material sobre a história da cidade, não existe registro de um volume focado especificamente no Largo da Memória, um dos raríssimos locais da São Paulo anterior à era do café que ainda resistem à ocupação urbana. Com A pirâmide do Piques: São Paulo narrada pelo Largo da Memória, Gustavo Piqueira chega para preencher esta lacuna. 

 

*Serviços:

Live de lançamento do livro A pirâmide do Piques: São Paulo narrada pelo Largo da Memória
Gustavo Piqueira conduz uma visita virtual pelos principais pontos abordados na obra. Mediação: Francis Manzoni.
Dia 25 de janeiro de 2021, às 11h
Assista em:
youtube.com/sescparquedompedroII
facebook.com/sescpqdompedro

Produtos relacionados