Sesc SP

postado em 05/03/2020

[Playlist Selo] Música Popular #3

Popular Thumb

Neste mês das mulheres, a #playlistselo sintoniza no catálogo as vozes femininas lançadas em discos recentes do Selo. Saindo do forno tem o Tio Gê - O Samba Paulista de Geraldo Filme, com mais de 20 cantoras negras interpretando canções do mestre fundante do samba paulista, dentre elas a baluarte do rádio Áurea Martins, aqui representada com duas faixas (uma delas de Espelho, lançado em 2019 pela casa), além dos igualmente recém chegados Copacabana, de Zuza Homem de Mello, com Doris Monteiro, Luciana Alves e Anna Setton e Acorda Amor, com Letrux, Liniker, Luedji Luna, Maria Gadú e Xênia França. Com samba apontando no horizonte, as guerreiras Esmeralda Ortiz e Anaí Rosa completam a seleção abraçadas por Serena Assumpção.

Do lado de fora do catálogo trouxemos nomes mais conhecidos em seus mais recentes discos: Fafá de Belém (Humana, 2019), Karina Buhr (Desmanche, 2019), Dona Onete (Festa do Tubarão, 2019) e Lia de Itamaracá (Ciranda Sem Fim, 2019), até nomes menos conhecidas, mas não menos talentosas como a Funmilayo Afrobeat Orquestra, Tássia Reis, Marina Lins e Mima. Ouça lá!

1. O X do Problema - Luciana Alves (Copacabana)
2. Voz de Samba - Áurea Martins, Cristovão Bastos (Espelho)
3. Pode Ser - Anaí Rosa (Anaí Rosa Atraca Geraldo Pereira)
4. Cansaço - Letrux, Liniker, Luedji Luna, Maria Gadú e Xênia França (Acorda Amor)
5. Sangue Frio - Karina Buhr (Desmanche)
6. Negração - Funmilayo Afrobeat Orquestra (Negração)
7. Rito de Passá - MC Tha (Rito de Passá)
8. Meu São Jorge - Lia de Itamaraca (Ciranda Sem Fim)
9. Festa do Tubarão - Dona Onete (Festa do Tubarão)
10. O Luxo da Cidade - Ellen Oléria (Tio Gê - O Samba Paulista de Geraldo Filme)
11. Ansiejazz - Tássia Reis (Próspera)
12. Mulher Preta - Mima (Mulher Preta)
13. Anúncio - Xênia França (Tio Gê - O Samba Paulista de Geraldo Filme)
14. Fracassos de Amor - Anna Setton (Copacabana)
15. Iemanjá - Serena Assumpção, Céu (Ascensão)
16. Fecho Meus Olhos… Vejo Você - Doris Monteiro (Copacabana)
17. Cravo Vermelho - Áurea Martins (Tio Gê - O Samba Paulista de Geraldo Filme)
18. Sou Guerreira - Esmeralda Ortiz (Guerreira)
19. Voz Bandeira - Marina Iris (Voz Bandeira)
20. Alinhamento Energético - Fafá de Belém (Humana)
 

 

 

      


O QUE FICOU PRA TRÁS....

Playlist Selo - Música Popular #2 [15/1/20]

"Acorda, amor!"

É tempo de despertar! Não importa se lançadas há pouco mais de 3 anos ou há mais de 40, as músicas brasileiras que vocejam sobre o amor ainda seguem vivas como nunca. Deixando as opiniões um pouco de lado para ser feliz, como Rita Lee, em 1981, ocupamos a playlist de Música Popular do Selo na onda de Acorda Amor, despertando o nosso Brasil no barulho da playlist com as cinco faixas lançadas em single, além de Gente Aberta de Erasmo Carlos, lançada em 1971, ao lado das versões "originais" que completam o repertório do disco.

1. Gente Aberta - Liniker, Xênia França, Luedji Luna, Letrux e Maria Gadú (Acorda Amor)
2. Comportamento Geral - Gonzaguinha (Luiz Gonzaga Jr.)
3. Deixa eu dizer - Xênia França (Acorda Amor)
4. Cansaço - Douglas Germano (Golpe de Vista)
5. Saúde - Letrux (Acorda Amor)
6. Sujeito de Sorte - Belchior (Álbum: Alucinação)
7. A vida em seus métodos diz calma - Di Melo (Di Melo)
8. Extra - Luedji Luna (Álbum: Acorda Amor)
9. O Quereres - Caetano Veloso (Velo)
10. Triste, Louca ou Má - Francisco El Hombre (Soltasbruxa)
11. Não Adianta - Liniker (Acorda Amor)
12. Obaluayê - Orquestra Afro Brasileira (Orquestra Afro Brasileira)
13. Nuvem Cigana - Maria Gadú (Acorda Amor)
14. Chorando pela Natureza - Beth Carvalho (Sentimento Brasileiro)
15. Cinco Bombas Atômicas - Jorge Mautner (Jorge Mautner)

 

 

Playlist Selo - Música Popular [12/12/19]

"Epahey, Oyá!"

Inspirada em Oyá, orixá regente cósmico do tempo, a playlist Música Popular revela diversas interpretações sobre o tempo no catálogo do Selo complementadas por outros afluentes na música popular brasileira. A seleção traz canções onde o tempo e seus amplos significados são protagonistas, como o tempo que encerra um ciclo: "Adeus, adeus mulher ingrata. Pretendo viver sozinho.", na voz rouca de Dona Benedita duelando com a rabeca de Seu Nelson; o tempo que inspira o movimento (dos concretos Gil Assis e Ana Friedman e também nas versões ao vivo de Siba e, em estúdio, do álbum Ascensão); a natureza (pela pesquisa etnomusical da Cia Cabelo de Maria e pela parceria de Naná Vasconcelos, Paulo Lepetit e Zeca Baleiro em Café no Bule); o envelhecimento (ou amadurecimento?) com grupo Rumo e a orquestra do maestro cantor Arthur Verocai ou mesmo saudando o próprio orixá (com a potência de Metá Metá e Tincõas) no ritmo do lançamento do single Oyá, pelo cantor, ogã e percussionista Sapopemba.

1. Alvorada Três Pancadas - Sebastiao Biano (Sebastião Biano e seu Terno Esquenta Muié)
2. Quem Tiver Dormindo Acorde - Nelson da Rabeca (Tradição Improvisada)
3. Logo Que Eu Acordo - Itamar Assumpção (Bicho de Sete Cabeças - Vol. 1)
4. Alvorecer - André Mehmari, Eliane Faria & Gordinho Do Surdo (Três no Samba)
5. Um Movimento - Gil Assis e Ana Fridman (O que há de concreto na canção?)  
6. Maldade do Tempo - RUMO (Universo)
7. Iansã - Serena Assumpção (Ascensão)  
8. Hoje Chove Amanhã Serena - Cia. Cabelo de Maria (Cantos de Trabalho II)  
9. Oyá - Sapopemba (Gbó)  
10. Deixa A Gira Girar - Os Tincoãs (Welcome To The ORISHAS HOMELAND - In The Rhythm Of Nature and Faith)
11. Todos Os Terreiros - BROOKZILL! (Throwback to The Future)  
12. Oya - Metá Metá (Sessões Selo Sesc #3: Metá Metá) 
13. Tempo - Siba (Sessões Selo Sesc #4: Siba e a Fuloresta)  
14. Ciranda da Meia-Noite - Zeca Baleiro (Café no Bule)  
15. O Tempo e o Vento - Arthur Verocai (No Voo do Urubu)

 

 

Produtos relacionados