Sesc SP

Playlists postado em 30/08/2020

[Playlist Selo] Música de Concerto #8

Concerto Thumb

Dois violinos, uma viola e um violoncelo. No mês de setembro a #playlistselo de Música de Concerto está inspirada num dos grupos de câmara de mais destaque na história da música clássica: o quarteto de cordas. Há quem diga que o gênero, nascido na segunda metade do século XVIII e comummente atribuído ao compositor Joseph Haydn, é comparado a uma conversa animada entre quatro pessoas inteligentes. Verdades ou mentiras à parte, fato é que a cabeça do compositor foi objeto de fascínio, mesmo após a sua morte em 1809.

E como a melhor maneira de absorver todo esse legado musical histórico sem dar furos ou alguma gafe é olhar para o que foi produzido de mais representativo no gênero, a playlist recorre aos mestres. Em cima de dois discos fundamentais do catálogo do Selo que trazem essa formação, Alberto Nepomuceno (2016) e Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez (2017), ambos do Quarteto Carlos Gomes, povoamos a seleção com compositores que consagraram o formato e criaram verdadeiras obras-primas.

Por aqui você vai ouvir peças de Luigi Boccherini (1743-1805) e Joseph Haydn (1732-1809), considerados os pais do quarteto de cordas dedicando-se a eles ao longo de toda a vida e deixando uma produção admirável em qualidade e quantidade, a primeira incursão de Mozart no gênero, o aniversariante de 250 anos Beethoven e geniais como Tchaikovsky, Schubert, Shostakovich e Villa-Lobos.

Ao longo de 27 faixas, as peças foram desmembradas e mescladas em sua estrutura mais convencional, onde o primeiro e último movimentos costumam ser rápidos, tipicamente, enquanto o segundo e o terceiro consistem de um movimento lento e outro mais dançante, com algumas exceções, para dar um panorama geral da experiência da escuta. Boa viagem!

1. String Quartet in G Major, Op. 44, No. 4, G. 223, "La Tiranna": I. Presto - Luigi Boccherini, Mayumi Seiler, Silvia Walch, Diemut Poppen, Richard Lester (Boccherini, L.: Chamber Music - G.62, 223, 324, 336, 2005)
2. Quarteto de Cordas No. 1: Allegro Agitato - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno, 2016)
3. DString Quartet No. 8 in C Minor, Op. 110: II. Allegro molto - Dmitri Shostakovich, Borodin Quartet (Shostakovich 101, 2016)
4. String Quartet No. 62 in C Major, Op. 76, No. 3, Hob.III:77, "Emperor": I. Allegro - Franz Joseph Haydn, The Wilanów Quartet (Haydn: Quartets, Op. 76, Nos. 1-6, 2013)
5. String Quartet No. 19 in C Major, K. 465 "Dissonance": I. Adagio - Allegro - Extended Version - Wolfgang Amadeus Mozart, Cuarteto Casals (Mozart: String Quartet, K.465 "Dissonance", 2020)
6. String Quartet No. 1: VI. Saltando como um saci (Jumping like a jumping bean): Allegro - Heitor Villa-Lobos, Cuarteto Latinoamericano (Villa-Lobos, H.: The Complete String Quartets, 2009)
7. Quarteto No. I: Allegro Commodo - Quarteto Carlos Gomes (Gomes, Velásquez, Levy, 2017)
8. String Quartet No. 14 in C-Sharp Minor, Op. 131: 1. Adagio ma non troppo e molto espressivo - Ludwig van Beethoven, LaSalle Quartet (Beethoven: Late Quartets, 1997)
9. String Quartet No. 1 in D Major, Op. 11: I. Moderato e semplice - Pyotr Ilyich Tchaikovsky, New Haydn Quartet (Tchaikovsky: String Quartets, Vol. 1, 2000)
10. Quarteto de Cordas No. 3: Allegro Moderato - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno, 2016)
11. String Quartet in G Major, Op. 44, No. 4, G. 223, "La Tiranna": II. Tempo di minuetto - Trio - Luigi Boccherini, Mayumi Seiler, Silvia Walch, Diemut Poppen, Richard Lester (Boccherini, L.: Chamber Music - G.62, 223, 324, 336, 2005)
12. String Quartet No. 62 in C Major, Op. 76, No. 3, Hob.III:77, "Emperor": II. Poco adagio, cantabile - Franz Joseph Haydn, The Wilanów Quartet (Haydn: Quartets, Op. 76, Nos. 1-6, 2013)
13. String Quartet No.8 in C minor, Op.110 : 1. Largo - Dmitri Shostakovich, Hagen Quartett (Shostakovich 101, 2016)
14. Quarteto No. III Adagio Molto: Quasi Lento - Quarteto Carlos Gomes (Gomes, Velásquez, Levy, 2017)
15. String Quartet No. 14 in D Minor, D. 810 "Death and the Maiden": II. Andante con moto - Franz Schubert, Manhattan String Quartet, Eric Lewis, Roy Lewis, John Dexter, Judith Glyde (Schubert: String Quartet No. 14 in D Minor, D. 810 "Death and the Maiden", 2020)
16. String Quartet No. 14 in C-Sharp Minor, Op. 131: 6. Adagio quasi un poco andante - Ludwig van Beethoven, LaSalle Quartet (Beethoven: Late Quartets, 1997)
17. String Quartet No. 1 in D Major, Op. 11: III. Scherzo: Allegro non tanto e con fuoco - Pyotr Ilyich Tchaikovsky, New Haydn Quartet (Tchaikovsky: String Quartets, Vol. 1, 2000)
18. String Quartet No. 19 in C Major, K. 465 "Dissonance": III. Menuetto. Allegro. Trio - Wolfgang Amadeus Mozart, Cuarteto Casals (Mozart: String Quartet, K.465 "Dissonance", 2020)
19. String Quartet No.8 in C minor, Op.110 : 5. Largo - Dmitri Shostakovich, Simón Bolívar String Quartet (Shostakovich 101, 2016)
20. Quarteto No. II Scherzo: Allegro Assai Gracioso - Quarteto Carlos Gomes (Gomes, Velásquez, Levy, 2017)
21. Quarteto de Cordas No. 2: Scherzo (III) - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno, 2016)
22. String Quartet No. 14 in C-Sharp Minor, Op. 131: 4. Andante ma non troppo e molto cantabile - Più mosso - Andante moderato e lusinghiero - Adagio - Allegretto - Adagio, ma non troppo e semplice - Allegretto - Ludwig van Beethoven, LaSalle Quartet (Beethoven: Late Quartets, 1997)
23. DString Quartet No.8 in C minor, Op.110 : 3. Allegretto - Dmitri Shostakovich, Fitzwilliam Quartet (Shostakovich 101, 2016)
24. String Quartet No. 62 in C Major, Op. 76, No. 3, Hob.III:77, "Emperor": IV. Finale: Presto - Franz Joseph Haydn, The Wilanów Quartet (Haydn: Quartets, Op. 76, Nos. 1-6, 2013)
25. String Quartet No. 19 in C Major, K. 465 "Dissonance": IV. Allegro molto - Wolfgang Amadeus Mozart, Cuarteto Casals (Mozart: String Quartet, K.465 "Dissonance", 2020)
26. String Quartet No. 2 in F Major, Op. 22: IV. Finale: Allegro con moto - Pyotr Ilyich Tchaikovsky, New Haydn Quartet (Tchaikovsky: String Quartets, Vol. 1, 2000)
27. Quarteto No. IV: Finalle Allegro - Quarteto Carlos Gomes (Gomes, Velásquez, Levy, 2017)

 

 

 

      


O QUE FICOU PRA TRÁS....

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #7 (10/8/2020) - "Um ode à Claudio Santoro"

No mês de agosto a #playlistselo de Música de Concerto do Selo Sesc vem com uma seleção pra você tirar aquela uma hora do dia pra fechar os olhos, esquecer um pouco o noticiário e mergulhar em seus pensamentos com uma trilha sonora com grandes compositores brasileiros.

Quem puxa a playlist é o centenário do compositor amazonense Claudio Santoro, cujos frutos estãos sendo colhidos neste ano com o álbum duplo "Jardim Noturno - Canções e Obras para Piano de Claudio Santoro", que traz 11 canções jamais gravadas e parte dos ciclos de canções compostas por Santoro em parceria com o poeta Vinicius de Moraes.

Mesclamos as faixas do disco com destaques do Selo já consolidados nas plataformas digitais ao lado de discos que chegaram recentemente ao mundo do streaming, como os álbuns do Grupo ANIMA, Donzela Guerreira e Encantaria, além de Claudio Cruz e Flo Menezes interpretando a obra de Pierre Boulez e Jose Eduardo Martins interpretando a obra de Henrique Oswald. Por fim, o caldo traz uma seleção de lançamentos recentes da música de concerto, com Arthur Nestrovski e sua filha Lívia, Igor Pimenta se juntando a Toninho Ferragutti e Vinícius Gomes, o timaço com Savio Sperandio, Karin Fernandes, Luis Afonso Montanha e Emerson Monteiro e o Duo Imago Mundi interpretando canção do grande César Guerra-Peixe. Bom mergulho!

1. Nahim Marun, Paulo Szot - Canções de Amor, 2ª Série: Jardim Noturno (Jardim Noturno - Canções e Obras para Piano de Claudio Santoro, 2020)
2. Violetaluz I - Denise Milan, Eliane Aquino, Rosemeire Moreira (Ópera das Pedras: O Espetáculo da Terra, 2011)
3. Quarteto No. III Adagio Molto: Quasi Lento - Quarteto Carlos Gomes (Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez, 2017)
4. Ballo, Suíte para Cordas: Variação I - André Mehmari, Emmanuele Baldini (Música Para Cordas, 2019)
5. Songs of Ophelia: III, and Will'a Not Come Again? - Adélia Issa e Edelton Gloeden (Puertas, 2017)
6. Nahim Marun, Paulo Szot - Paulistanas No. 2: Moderato - Tempo de Catira (Jardim Noturno - Canções e Obras para Piano de Claudio Santoro, 2020)
7. Paulistanas: Paulistana No. 1 - Claudio Santoro, Arnaldo Cohen (Brasiliana: Three Centuries of Brazilian Music, 2001)
8. Symphony No. 9: III. Scherzino - Claudio Santoro, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, John Neschling (Santoro: Symphony No. 4 and 9 / Ponteio / Frevo, 2006)
9. Frevo: Allegro vivo - Claudio Santoro, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, John Neschling (Santoro: Symphony No. 4 and 9 / Ponteio / Frevo, 2006)
10. Canções de amor, Set 1: No. 4, Balada da flor da terra - Claudio Santoro, Rosana Lamosa, Marcelo Bratke (Santoro: Songs & Piano Works, 2005)
11. Improvisação Sobre Canção do Figueiral - Grupo ANIMA (Encantaria, 2017)
12. Anthèmes 1 - Claudio Cruz, Flo Menezes (Boulez +, 2015)
13. Cláudio Santoro, Nahim Marun, Paulo Szot - Fantasia Sul América (Jardim Noturno - Canções e Obras para Piano de Claudio Santoro, 2020)
14. Donzela Guerreira, Ato I: O Tempo Mítico (anima): Visão - Grupo ANIMA (Donzela Guerreira, 2009)
15. Valse, Op. 25: No. 2 - Jose Eduardo Martins (O Romantismo de Henrique Oswald, 2019)
16. Cisne - Arthur Nestrovski, Lívia Nestrovski (Cisne, 2020)
17. Brasilina, Chico e Zeize - Igor Pimenta, Toninho Ferragutti, Vinicius Gomes (Sumidouro, 2020)
18. As Canções do Mendigo IV (Ao Vivo) - Savio Sperandio, Karin Fernandesm Luis Afonso Montanha, Emerson Monteiro (Amor e Loucura - Ao Vivo, 2020)
19. Sonata No. 2: Scherzozo - César Guerra-Peixe, Duo Imago Mundi (Imagens Brasileiras, 2020)

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #6 (7/7/2020) - "Alcances Vocais"

Contralto, baixo, mezzo-soprano, barítono, soprano, tenor. Quantas notas musicais cabem dentro do seu gogó? Estimulados pelo lançamento de Mar Anterior  e os improváveis cruzamentos entre a música antiga e a tradição oral afro-brasileira, dedicamos a #playlistselo de julho este elemento tão importante da música: a voz. A seleção traz um retrato de diferentes extensões vocais em diferentes gêneros eruditos, abrindo caminho para clássicos da ópera a experimentações com a música popular.

Em uma hora, você vai encontrar o "Pelé" da geração de tenores Enrico Caruso e seus pupilos Luciano Pavarotti, José Carreras e Plácido Domingo, ao lado de Adélia Issa representando as sopranos brasileiras; a mezzo-soprano Cecilia Arellano em Encantaria do Grupo ANIMA ao lado de Fortuna em Novos Mares; Lina Mktrchyan,  contralto russa, dedica-se ao temas sacros, ao lado do barítono Bonifacio Manduchi, além de propostas mais extremas de Gyorgy Ligeti, na trilha do  clássico "2001: Uma Odisseia do Espaço" de Stanley Kubrick e Ellen Reid, na ópera p r i s m. Boa viagem :)

1. Grupo ANIMA - Lamento do Mateus: Sòdades
2. Coro Polifonico Fabio da Bologna, Bonifacio Manduchi, Alessandra Mazzanti, Simone Alberghini - Via Crucis : II stazione (baritono e organo)
3. Anna Maria Kieffer, Giacomo Bartoloni, Gisela Nogueira, Alessandro Greccho - Saraus e Serenatas: Adormecida
4. Fortuna - Erev Shel Shoshanim
5. Grupo ANIMA - Pero Que Seja a Gente / Gramantra
6. Giacomo Puccini, Mirna Rubim, Antonello Gotta, Compagnia D'Opera Italiana - La Bohème: "Quando m’en vo"
7. Joseph Giuseppe Gioe, Enrico Caruso, Unknown Artist - I' m'arricordo 'e Napule
8. Grupo ANIMA - Donzela Guerreira, Ato II: O Sangue Fecunda a Terra (animus): Romance da Donzela Guerreira
9. Ellen Reid, Julian Wachner, The Choir of Trinity Wall Street, NOVUS NY - p r i s m / Act I: Blue’s Invitation
10. György Ligeti - Requiem For Soprano, Mezzo Soprano, Two Mixed Choirs & Orchestra
11. Denise Milan, Tiago Pinheiro, Badi Assad - Ilusão
12. Grupo ANIMA - Takará (Arma de Oxumarê - Transmutação para a Renovação): Suíte Oxumarê
13. Jocy de Oliveira - Memória
14. Lina Mktrchyan (contralto) - F.Schubert. Five songs. III
15. Wolfgang Amadeus Mozart, José van Dam, Berliner Philharmoniker, Herbert von Karajan, Chor der Deutschen Oper Berlin, 16. 16. Walter Hagen-Groll - Die Zauberflöte, K.620 / Act 2: O Isis und Osiris (Sarastro, Chor)
17. Adélia Issa e Edelton Gloeden - Seis Canciones De Federico García Lorca, Op.8: IV, Pueblo
18. Luciano Pavarotti - La bohème: Act I: Che gelida manina

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #5 (23/4/2020) - "Para manter o foco"

Notícias falsas e verdadeiras se misturam e surgem a cada minuto, causando profunda desinformação e uma sensação de pânico terrível. Tá difícil se concentrar em meio a tanto caos e informação? A #playlistselo de Música de Concerto do Selo Sesc desse mês te dá uma ajuda com músicas pra quem precisa se concentrar, seja pra estudar, seja aquela primeira (ou última) hora do seu dia ou apenas para fechar os olhos e descansar a mente.

Organizamos a lista em trios de músicas com andamentos mais rápidos, lentos e rápidos novamente, para poder relaxar sem perder o foco. Pra isso, contamos com os nomes conhecidos da casa Quarteto Carlos Gomes, Guinga, José Eduardo Martins, Quinteto Villa-Lobos e André Mehmari, os compositores clássicos Heitor Villa-Lobos, Camargo Guarnieri e Wolfgang Amadeus Mozart, além de lançamentos mais recentes de Léa Freire e Hercules Gomes.

1. Quarteto Nº1: Allegro Commodo - Carlos Gomes, Glauco Velásquez, Alexandre Levy, Quarteto Carlos Gomes (Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez, 2017)
2. Aria, da Suíte para Orquestra Nº3 Bwv 1068 - Antonio Meneses, André Mehmari (AM60 AM40, 2017)
3. Bluettes, XII. Violette - Jose Eduardo Martins (O Romantismo de Henrique Oswald, 2019)
4. Por Mar Ser Outro Foi - Orquestra Mundana Refugi (Sessões Selo Sesc #1: Orquestra Mundana Refugi, 2017)
5. Quarteto de Cordas Nº2: Scherzo (III) - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno, 2016)
6. Dansa Brasileira - Camargo Guarnieri, Yo-Yo Ma (Obrigado Brazil, 2003)
7. Suite Nordestina: I. Allegro moderato - Ernst Mahle, Capella Bydgostiensis, Jose Maria Florencio (Classical Music From Brazil, 2013)
8. Ellingtoniana - Guinga, Quinteto Villa-Lobos (Rasgando Seda, 2012)
9. Symphony in G Minor, SN 6.11: III. Scherzo - Intermezo - Scherzo - Alberto Nepomuceno, Minas Gerais Philarmonic Orchestra, Fabio Mechetti (Nepomuceno: Symphony in G Minor, O Garatuja Prelude % Série brasileira, 2019)
10. Gratidão - Hercules Gomes (Tia Amélia para Sempre, 2020)
11. CinePoesia: Choro na Chuva - Léa Freire (CinePoesia: Choro na Chuva, 2020)
12. Mozart / Arr Grieg: Piano Sonata Nº16 in C Major, K. 545: I. Allegro (Arr. Grieg for 2 Pianos) [Live] - Wolfgang Amadeus Mozart, Martha Argerich (Live from the Lugano Festival 2005, 2006)
13. Concerto Caboclo: II. Moda di Viola. Adagio - Paulo Bellinati, Brasil Guitar Duo, Delaware Symphony Orchestra, David Amado (Brouwer: The Book of Signs - Bellinati: Concerto Caboclo, 2018)
14. Par Constante - Guinga, Quarteto Carlos Gomes (Avenida Atlântica, 2017)
15. Suite Popular: I. Mazurka - Choro - Heitor Villa-Lobos, Quinteto Villa-Lobos (Villa-Lobos - Um Clássico Popular, 2009)
16. Trio NºIII, 1984: Alegre - Trio Puelli (Radamés Gnattali:Integral das Obras para Piano, Violino e Violoncelo, 2018)
17. Noturno, Op. 10 - Leopoldo Miguéz, Braz Velloso (Miguéz: Piano Music, 2013)
18. Ballo, Suíte para Cordas: Finale - André Mehmari, Emmanuele Baldini (Música Para Cordas, 2019)

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #4 (19/3/2020) - "Novas paisagens sonoras"

A premissa é forte, mas ao contrário do que dizem as más línguas, o mundo não está acabando, está apenas, por assim dizer, se adaptando a novas relações sociais com a pandemia de COVID-19 e as ações sanitárias extremas. É triste, porém bonito, dizer que de dentro de casa, nestes duros tempos de quarentena e distanciamento social, passamos a escutar sons até então não percebidos ou mesmo ofuscados pela massa sonora da metrópole.

É como se o barulho dos carros na rua estivesse dando lugar as conversas a janela e o som constante da máquina de lavar deixasse por um minuto de ser aquele alienígena. Estamos adentrando uma estreita porta de entrada por onde entram sensações, muitas delas preenchidas por ruídos e o que antes era estranho passa a ser comum.

Vale retroceder no tempo. Não dá pra negar que a fonografia, ou seja, a invenção de aparelhos que puderam captar o som e depois reproduzí-lo (lá em 1877 por Thomas Edson), mudou completamente nossa relação com a música. Em tempos de fake-news, por exemplo, uma palavra dita de maneira impensada num momento de fúria pode tornar-se avassaladora quando gravada e repetida fora de seu contexto original. Da mesma forma, podemos não se ligar numa nota esbarrada por um músico durante um concerto ao vivo, mas ao ouvir a gravação repetidas vezes, estamos lá amplificando e percebendo o "erro".

Poder gravar um som levou a gente a não só a colecionar músicas pra ouvir aonde quiser, mas também a construir paisagens sonoras, associar sons a espaços, dar sentido aquilo que vemos e ouvimos e também, mesmo em áreas mais experimentais da música, expandir os sons já conhecidos pela memória e pela teoria musical mais tradicional, expandindo por assim dizer o conceito da própria música. O que nasceu a partir daí também entrou na história e passamos a conviver com novas formas de produzir e escutar sons.

A #playlistselo de quarentena de Música de Concerto deu uma investida na vertente contemporânea do catálogo do Selo pra trazer justamente isso, uma variedade de experimentos, timbres, técnicas e possibilidades sonoras propiciadas pela fonografia e que também nos fazem mergulhar em diversas associações e sensações. Usamos Denise Milan para ouvir uma versão ressignificada da tradicional ópera, Camerata Aberta e Claudio Cruz, Flo Menezes partindo para reproduções de autores da música contemporânea, improvisações com música de câmara através do duo A Arte do Instante (Eduardo Contreras e Dimos Gaudarolis), uma versão expandida de flauta transversal por Cássia Carrascoza, a luthieria experimental dos Construtores de Sons e outros sons mais ou menos instigantes, perturbadores, serenos, que vão despertar, no mínimo, a sua curiosidade.

1. Terna, Eterna - Denise Milan (Ópera das Pedras: O Espetáculo da Terra)
2. Antiphonas - Camerata Aberta (Sobreluz)
3. Quaestio - Claudio Cruz e Flo Menezes (Boulez +)
4. Improvisação 9 - A Arte do Instante (Diálogos Interiores)
5. Briga das Rabecas - Nelson da Rabeca, Thomas Rohrer e Panda Gianfratti (Tradição Improvisada)
6. Torre - Emerson Boy e Livio Tragtenberg (Construtores de Sons)
7. Bestiário II: Salamandra para Flauta e Sons Eletrônicos - Cássia Carrascoza (Tempo Transversal: Flauta Expandida)
8. Tre Espressioni - Maury Buchala (Portrait)
9. Feche a Porta da Direita Com Muito Cuidado - Premê (Alegria dos Homens)
10. Seis Canciones De Federico García Lorca, Op.8: IV, Pueblo - Adélia Issa e Edelton Gloeden (Puertas)
11. Yice 2 - Hurtmold & Paulo Santos (Curado)
12. Trio Nº I, 1933: Calmo - Trio Puelli (Radamés Gnattali: Integral das obras para piano, violino e violoncelo)
13. Aurora Nasceu - Antonio Meneses (AM60 AM40)

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #3 (20/2/2020) - "Fazendo a erudita"

Abrimos alas para as compositoras, cantoras e instrumentistas de nosso catálogo e das musicistas que constroem a música de concerto no mundo. Na comissão de frente, a obra original da compositora Valéria Bonafé “A Terceira Margem do Rio”, que compõe o segundo álbum da Camerata Aberta pelo Selo Sesc, “Sobreluz”. Acompanhamos o clássico com a soprano Maria Callas no embalo da ópera Carmen. O cordão continua com as brazucas Guiomar Novaes (Ponteio no. 30), Jocy de Oliveira (A morte de Desdêmona de “As Malibrans”) e Cassia Carrascoza (Mineral, de Tempo Transversal, lançado em 2017 pelo Selo Sesc). Na ala das letradas, poemas de Hilda Hilst e Gabriela Mistral na interpretação de Adélia Issa e, no recuo da bateria, as paisagens sonoras da capital paulista revistas por Anna Maria Kieffer, seguida do Trio Puelli, fechando o bloco, numa homenagem ao mestre Radamés Gnatalli. Ô Balancê!

1. Cantares de Hilda I: Que Este Amor Não Me Cegue Nem me siga - Adélia Issa (Puertas)
2. A Cidade: Maria Cachucha - Anna Maria Kieffer (São Paulo: Paisagens Sonoras)
3. As Malibrans - Jocy de Oliveira (A morte de Desdêmona)
4. Mineral - Cassia Carrascoza (Tempo Transversal)
5. Cello Concerto: Movement II - Unsuk Chin (Unsuk Chin: 3 Concertos)
6. Os Levy: Chiquita - Anna Maria Kieffer (São Paulo: Paisagens Sonoras)
7. Puertas (Gabriela Mistral) - Adélia Issa (Puertas)
8. Bizet: Carmen, Act 1 “L’amour est un oiseau rebelle” - Maria Callas (Carmen, Chorus)
9. Ponteio No. 30 - Guiomar Novaes (Guiomar Novaes, 1974)
10. Trio miniatura, 1940: Alegre - Trio Puelli (Radamés Gnatalli: integral das obras para piano, violino e violoncelo)
11. A Terceira Margem do Rio (Valéria Bonafé) - Camerata Aberta (Sobreluz)
12. The Last Song - Clarice Assad e Connie Sheu (A Tide of Living Water)

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #2 (16/1/2020) - "São Paulo: Música de Concerto S/A"

Só quem é da babilônia! O estado cujo repertório de música de concerto evoluiu na mesma toada dos arranha-céus de sua capital inspira essa playlist formada apenas por expoentes dessa terra. Aproveitamos o aniversário de 466 da cidade de São Paulo para trazer à tona nomes paulistas no catálogo do Selo ao lado de confrades conterrâneos no gênero. Formam o time a paulistana Anna Maria Kieffer, com o sons da cidade do meio do século XIX, passando pela família Levy (Alexandre Levy e Luiz Levy), pioneira na fabricação de pianos no Brasil, Camerata Aberta (formada na EMESP - Escola de Música do Estado de São Paulo), os intérpretes paulistanos da gema Cassia Carrascoza, Claudio Cruz, Francisco Mignone, Flo Menezes, Eudoxia de Barros, Adelia Issa (interpretando a jauense Hilda Hilst) e, por fim, os compositores nascidos no estado: Guiomar Novaes (São João da Boa Vista), Camargo Guarnieri (Tietê), Carlos Gomes (Campinas) e Maury Buchala (São José do Rio Preto).

1. A Cidade: Hino Credelis Herodes - Anna Maria Kieffer (São Paulo: Paisagens Sonoras - 1830-1880)
2. Sonata para Cordas No. III: Largo - Quarteto Carlos Gomes (Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez)
3. Constelações - Denise Milan (Ópera das Pedras: O Espetáculo das Pedras)
4. Cartas Celestes No. 10 "The Constellations of the Mystical Animals" - Almeida Prado (Prado: Cartas Celestes, Vol.3)
5. Partita - Maury Buchala (Portrait)
6. Telluris: Desert Rose II (Blossoming) - Camerata Aberta (Sobreluz)
7. Mineral - Cássia Carrascoza (Tempo Transversal: Flauta Expandida)
8. Quaestio - Claudio Cruz e Flo Menezes (Boulez+)
9. Cantares De Hilda: I. Que Este Amor Não Me Cegue Nem Me Siga - Adélia Issa e Edelton Gloeden (Puertas)
10. Miscellanea, Op. 16: IV. Nocturne in B-Flat Major - Guiomar Novaes (Masters of The Roll: Guiomar Novaes)
11. Valsa brilhante, Op. 30 - Eudóxia De Barros (A obra pianística de Luiz Levy)
12. Estudio Sobre "Ulysses em Copacabana" - Beatriz Alessio (Beatriz Alessio Plays Gilberto Mendes)
13. Dansa brasileira - Yo-Yo-Ma, Camargo Guarnieri (Obrigado Brazil - Remastered)
14. Quarteto No. IV: Finalle Allegro - Quarteto Carlos Gomes (Carlos Gomes, Alexandre Levy e Glauco Velásquez)
15. Maracatu de chico rei: IV. Dance of the Three Macotas (Allegro moderato) - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Mignone: Festa Das Igrejas/Sinfonia Tropical/Maracatu de Chico Rei)

 

[Playlist Selo] Música de Concerto #1 (12/12/2019) - "Pra se afogar no violino"

A Música de Concerto apresenta uma infinidade de possibilidades, formas e interpretações. Nessa mar de escolhas, às vezes é difícil achar o fio da meada e embarcar sem medo rumo às novas descobertas. Assim, porque não começar pelo instrumento que é quase sinônimo de música de concerto? Violino! No catálogo do Selo Sesc, o instrumento aparece de diversas maneiras: num balé composto por André Mehmari, presente no disco Música Para Cordas (2019), nas formas radicais de Maury Buchala (Portrait, 2016), Flo Menezes (Boulez+, 2015) e da Camerata Aberta (Sobreluz, 2019). E não para por aí: a música do Quarteto Carlos Gomes apresenta formas e andamentos consagrados por eras como a sonata, o adagio, o andante e o allegro, e o Trio Puelli nos mostra o repertório de Radamés Gnatalli, um dos maiores maestros da nossa música, no álbum "Integral das Obras para Piano, Violino e Violoncelo" (2018). Intérpretes que construíram a percepção do som do violino no século XX aparecem ao longo da playlist para aguçar sua curiosidade: Jascha Heifetz, Bronislaw Huberman, Ida Haendel e Gidon Kremer representam a excelência no trato do arco e das 4 cordas, além de apresentarem biografias fantásticas no amor à música e ao instrumento. Boa viagem!

1. Ballo, Suíte para Cordas: Variação V - André Mehmari e Emmanuele Baldini (Música para Cordas)
2. Trio NºIII, 1984: Allegro Moderato - Trio Pueli (Radamés Gnattali: Integral das Obras para Piano, Violino e Violoncelo)
3. Belshazzar's Feast, Op.51: Nocturne - Jean Sibelius e Jascha Heifetz (Saint-Säens: Sonata No. 1, Op. 75, in D minor, Sibellius Wieniawski, Rachmaninoff, de Falla)
4. Sonata para Cordas No. IV: Vivace - Quarteto Carlos Gomes (Carlos Gomes, Glauco Velásquez e Alexandre Levy)
5. Telluris: Desert Rose - Camerata Aberta (Sobreluz)
6. 7 Canciones populares Españolas, No. 5: Nana - Manuel de Falla, Jascha Heifetz (Saint-Säens: Sonata No. 1, Op. 75, in D minor, Sibellius Wieniawski, Rachmaninoff, de Falla)
7. Quarteto de Cordas No. 2: Andante Expressivo (II) - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno)
8. Tre Espressioni - Maury Buchala (Portrait)
9. Violin Concerto in D Major, Op. 35: III. Finale: Allegro vivacissimo - Pyotr Ilyich Tchaikovsky, Bronislaw Huberman (Brahms, J./Tchaikovsky, P.I.: Violin Concertos(Huberman, Philarmonic Symphony, Rodzinski, Ormandy)(1944, 1946)
10. Lenda Nº II, 1937 - Trio Puelli (Radamés Gnattali: Integral das Obras para Piano, Violino e Violoncelo
11. Transscriptio - Claudio Cruz e Flo Menezes (Boulez+)
12. Violin Concerto in D Minor: III. Allegro vivace - Aram Khachaturian, Ida Haendel e Stuttgart Radio Symphony Orchestra (Ida Haendel plays Khachaturian and Bartok)
13. Quarteto No. III Adagio Molto: Quasi Lento - Carlos Gomes (Carlos Gomes, Glauco Velásquez e Alexandre Levy)
14. Quarteto de Cordas No. 2: Allegro Con Fuocco (I) - Quarteto Carlos Gomes (Alberto Nepomuceno)
15. Prelude and Fugue in D minor from The Well-Tempered Clavier, BWV 851 - Alexander Raskatov (The Art of Instrumentation: Homage to Glen Gould)